Prefeito de Palmeirópolis Fabio Vaz, representou o presidente da ATM na reunião que discutiram o sistema no transporte Escolar Rural

Programa desenvolvido pela universidade permite às prefeituras determinarem rotas menos onerosas para o transporte de alunos da Zona Rural.

Nesta segunda feira (6), Prefeitos, secretários e diretores de Transporte dos Municípios tocantinenses tiveram a oportunidade de conhecerem o sistema de informação geográfica denominado Transcolar Rural, que permite às prefeituras determinarem rotas menos onerosas para o transporte de alunos da Zona Rural.

O programa foi apresentado pelos professores da Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), PHD Nilson Tadeu Ramos Nunes, coordenador geral do projeto, e doutor Marcelo Franco Porto, coordenador técnico. Ambos foram convidados pela Associação Tocantinense de Municípios (ATM).

A reunião de trabalho sobre o Transcolar Rural foi aberta com a palavra do prefeito de Palmeirópolis, Fábio Vaz, que representou o presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano.

“O encontro permitiu discutirmos os principais problemas enfrentados pela gestão na execução do Transporte Escolar. Vai ser definido novas rotas, novos trajetos buscando economia de tempo e financeira, o aluno vai ficar menos tempo nas estradas e também. O novo programa vai emitir um relatório de custos, todas as rotas feitas no GPS, uma ferramenta de controle que veio para agregar. Além de buscarmos soluções para reduzirmos os custos operacionais do programa, precisamos discutir o quantitativo e os atrasos de repasses mensais, as exigências cobradas no processo de vistoria, entre outros pontos. Eu estar representando, conduzindo todo encontro, ou seja, mediando à ATM neste momento tão significativo para todos os municípios foi uma honra”, disse Fábio Vaz confiante.

Prefeito da cidade de Palmeirópolis, Fabio pereira Vaz.

O secretário de educação de Palmeirópolis professor Bartolomeu Moura Junior, que é presidente da (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), no Tocantins, representando a região norte do Brasil, juntamente com a Undime e Associação Tocantinenses de Municípios (ATM), foram até o Espirito Santo conheceram o programa e trouxeram para o Tocantins. Mais uma grande conquista.

Secretário de educação de Palmeirópolis professor Bartolomeu Moura Junior, presidente da Undime no Tocantins.

Além dos gestores, participaram membros do Ministério Público Estadual e secretarias de Estado da Educação e Fazenda.

Sistema

Em sua explicação, o professor e doutor Marcelo Franco Porto, afirmou que a ferramenta permite cruzar dados relacionados ao aluno, a unidade escolar e malha viária. “O sistema reúne mapas das estradas existentes, seja por imagens aéreas ou trabalhos de campo, e o cadastro de alunos e escolas fornecidos pelas secretarias de educação. As informações são cruzadas e o sistema gera rotas mais eficientes e baratas”, disse.

Em outro momento, o PHD Nilson Tadeu Ramos Nunes destacou a falta de parâmetros para avaliação de eficiência e custos. “Alguns estados usam como critério para definição dos valores a densidade demográfica do município. Mas numa cidade com área muito extensa e poucos habitantes, o repasse acaba sendo insuficiente para rotas longas”.

Rio Sono

Prefeito do quinto maior município em termos de extensão territorial, o chefe do executivo de Rio Sono, Joãozinei Rocha, disse que no município há 18 rotas do transporte escolar e comenta dificuldades na gestão do programa. Rocha revela que umas das rotas do seu Município, a que liga ao Povoado Novo Horizonte, possui 256 quilômetros de extensão. 

“Tivemos que terceirizar 14 rotas, pois não temos ônibus suficiente para todos os trajetos. A situação se agrava ainda diante dos atrasos e da falta de repasses cometidos pelos governos Estadual e Federal, pois prejudica a manutenção da frota e a aquisição de combustível. Contudo, o Transcolar Rural é algo positivo, pois trará economia e informações importantes a serem utilizadas em outras áreas, como agricultura familiar e infraestrutura rural”, disse.

 Transcolar Rural

O Sistema Transcolar Rural – desenvolvido sob coordenação do Departamento de Transportes e Geotecnia (ETG) da Escola de Engenharia – permite otimizar rotas e reduzir custos do transporte escolar rural. A aplicação do sistema começou pelos municípios mineiros, mas o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) interrompeu repasses, e o governo do Espírito Santo financiou a conclusão do projeto. O Transcolar Rural funciona hoje em 76 dos 78 municípios capixabas. Em Minas, as cidades de Bom Despacho, Pará de Minas e Esmeraldas garantiram adesão, e há estudos adiantados para outros 147 municípios.

Após o encontro, prefeitos, professores da UFMG e servidores municipais apresentaram a ferramenta aos dirigentes da Secretaria de Estado da Educação para que a pasta possa implantar o sistema no Tocantins e redesenhar as rotas nos Municípios.

Associação Tocantinense de Municípios – ATM/Rozineide Gonçalves

 

 

 

O evento “Vai ter Capoeira Nagô” aconteceu neste final de semana em Palmeirópolis e foi um sucesso

A capoeira é feita ao som de música, que segue um ritmo semelhante ao do movimento corporal.

No último final de semana Palmeirópolis foi palco do I Encontro de “Vai ter Capoeira Nagô”, onde reuniu mestres capoeiristas de diversas regiões do Tocantins e de outros estados, onde reuniu mais de 50 capoeiristas de várias localidades, além de familiares de aluno.

O evento foi aberto ao público e realizado entre nos dias (27 e 28), na escola Carolina Maciel Barbosa e também no Centro de Convivência do Idoso. A prefeitura de Palmeirópolis cedeu o local para a equipe fazer o evento. 

De acordo com os organizadores, o convite foi estendido em nível nacional pelas redes sociais. Esta foi a 1ª edição do Encontro, a primeira, de maior porte, como explicou o graduado Valdeçon Nascimento (Baiano), um dos responsáveis pela organização do evento. “Este encontro, que visou, além de qualificar atletas, promover o esporte no município e região”, explicou. 

Segundo o graduado Baiano que foi o anfitrião do evento, o I Encontro de Capoeira Nagô em Palmeirópolis, teve ainda o objetivo de zelar pelo cultura de um povo.

Professor Jacarandá Nagô e graduado Baiano.

”Professor Jacarandá ressaltou que há quase dois anos é realizado o trabalho de capoeira em Palmeirópolis e precisava de um evento a altura para apresentar a comunidade, “nossa cultura é nosso maior patrimônio, o objetivo principal deste evento foi mostrar a comunidade a nossa cultura, inclusão social e incentivar a prática do esporte. Agregar os valores culturais que a capoeira traz junto à sociedade”, finalizou.

Os capoeiristas aproveitaram a ocasião para discutir novos rumos da capoeira no Tocantins e formas de aperfeiçoamento das técnicas da prática cultural.

O encerramento do encontro ficou por conta do batizado de capoeira, onde vinte (20) alunos receberam a primeira corda.

Participaram mais de quinze (15) convidados capoeiristas e aproximadamente mais de (15) convidados especiais como mestres, contramestres, professores, formados, graduados e instrutores. Com a presença de mestres pioneiros do Estado, entre eles, mestre Gamela e Contramestre Penugem (Grupo Raízes) e do Contramestre Chorão (Grupo Candeias), além da presença de grandes profissionais da capoeira de nove (9) cidades do Tocantins e do Brasil. 

A capoeira é uma expressão cultural brasileira que combina artes marciais, música, acrobacias e dança na realização golpes e movimentos rápidos, complexos e únicos, que requer uma grande quantidade de força e flexibilidade corporal.

Esteve presente também no evento a professora e pesquisadora Noeci Carvalho Messias, da Universidade Federal do Tocantins que está realizando uma pesquisa do mapeamento da capoeira no Tocantins, com o objetivo de documentar, proteger e promover novas ações de incentivo a este importante patrimônio cultural brasileiro. A pesquisa está sendo realizada em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Tocantins (Iphan-TO).

A realização e organização foi do graduado Baiano que ministra aulas há mais de um ano em São Salvador e Palmeirópolis. Na coordenação professor Jacarandá de Palmas. Supervisão contramestre Assis.

Da redação

 

Audiência debate aumento de tarifas de energia elétrica nesta terça-feira

Conta de luz poderá ficar ainda mais cara, revela Ministro de Energia.

A Assembleia Legislativa do Tocantins, por intermédio do deputado Osires Damaso (PSC), realiza nesta terça-feira, dia 31, audiência pública para discutir o aumento das tarifas de energia elétrica no Estado. A sessão começa às 8 horas, no plenarinho da Casa.

O deputado quer mais esclarecimentos sobre as razões que levam a população do Tocantins a pagar uma das tarifas de energia mais altas do país. Também estão na pauta de discussão os últimos aumentos de tarifas repassados aos consumidores e a qualidade dos serviços prestados pela concessionária de energia no Estado, a Energisa.

A sessão será aberta à participação da população e vai contar com representantes do Procon, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-TO), Defensoria Pública, Ministério Público Estadual,  Fieto, entidades classistas e representantes da sociedade civil.

Coordenadoria Imprensa e Divulgacao
Penaforte Diaz.
Foto: Isis Oliveira

 

Festa de aniversário de 80 anos de dona Madalena reuniu família e amigos em um momento inesquecível

Uma mulher forte, guerreira, que sempre teve como característica a humildade, uma exemplo de vida, que estar sendo seguido por sua geração de filhos, neto e bisnetos.

Uma linda festa marcou os 80 anos de dona Madalena Borges, carinhosamente rodeada e amada por todos. Ela disse estar feliz pelo momento em que estava vivendo, todos juntos comemorando seu aniversário. Falou também da honra de ter uma família abençoada e grandes amigos onde reuniu todos para lhe desejar um feliz aniversário.

Com a participação dos seus parentes, filhos, noras, genros, netos e bisnetos, amigos, todos viveram momentos de rara emoção e felicidade, na noite deste domingo 28, na Fazenda Bela Vista, que fica aproximadamente cerca de 10km de Palmeirópolis Tocantins. 

Uma mulher, forte, guerreira, exemplo de vida, natural de Anápolis Goiás e que se mudou para o município de Palmeirópolis no ano 1956.

Casou-se com Gil Ferreira Ramos em novembro de 1958 e desta união tiveram nove (9) filhos, sendo cinco (5) mulheres e quatro (4) homens. Dos filhos nasceram 25 netos e 20 bisnetos, ela contou a nossa equipe toda orgulhosa.            Os filhos, fruto de um grande amor

Foi um evento onde o respeito, admiração e a receptividade esteve em primeiro lugar, acompanhado de muita comida boa.

Em um reencontro, entre a família e amigos, o ambiente tornou-se com um clima onde o amor imperava pelo majestoso momento.

O aniversário de 80 anos é, sem dúvida, um marco na vida de uma pessoa, afinal, depois de viverem tanto assim, quantas experiências e sabedorias essa pessoa já carrega consigo, histórias vividas, acontecimentos passados.

De fato, viver tanto assim é um privilégio para poucos. Por isso mesmo, quando esta data chega é de primordial importância que comemoremos junto com a família e amigos, mostrando que a experiência adquirida com os anos só nos faz crescer. Ficou claro que a família demonstrou isso.

Dona Madalena é exemplo de superação, uma mulher guerreira. O tempo a fez entender a bela canção…´´ o mundo pode até fazer você chorar, mais Deus te quer sorrindo“ Deus não nos abandona nunca. 

A festa foi linda, a equipe do jornal Mapa da Notícia, também esteve lá para dar um abraço na mulher que junto com sua família muito faz pela cidade de Palmeirópolis.

Dona Madalena o seu carisma, simpatia e energia positiva nos motiva cada vez mais a produzir matérias como essa, feita com muito carinho para todos os nossos internautas. Desejamos saúde, paz, harmonia e muitas felicidades.

Na oportunidade, os convidados puderam dá um abraço e os parabéns bem como se confraternizarem. Ela agradeceu a presença de todos.

Veja a galeria de fotos

Da redação

Em reunião com o governador, Carlesse discute soluções para ‘curva da morte’

No local há uma curva em declive, considerada muito perigosa. Os boletins dos últimos anos registram 51 acidentes no local, que já provocaram 9 mortes.

Como havia garantido a líderes políticos e moradores de Palmeirópolis, Paranã, São Salvador e Jaú, o presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse (PHS), reuniu-se nesta quinta-feira, 19, com o governador Marcelo Miranda (PMDB) para discutir possíveis soluções ao trecho da TO-387, conhecido como “curva da morte”.  A rodovia liga o Tocantins ao município goiano de Montevidiu e Gurupi.

O encontro aconteceu no Palácio Araguaia e durou cerca de uma hora. Na ocasião, o representante do Legislativo estadual relatou que o trecho em questão é conhecido pelos inúmeros acidentes já registrados, que resultaram na morte de nove pessoas.

O governador garantiu que vai determinar aos técnicos da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) a realização de estudos no local, no sentido de encontrar uma solução para o problema.

Requerimento

Antes da reunião com o chefe do Executivo, Carlesse apresentou no plenário um requerimento, em regime de urgência, no qual solicita ao Governo intervenções emergenciais no trecho, no prazo de 60 dias. Em sua justificativa, o parlamentar anexou ofícios das Câmaras Municipais das quatro cidades, além de vários boletins de ocorrência que atestam os acidentes.

Visita

A reunião aconteceu oito dias após Carlesse receber em seu gabinete prefeitos, vereadores, fazendeiros e lideranças comunitárias dos quatro municípios em busca de soluções para a chamada “curva da morte”.

Lideranças da região sul e sudeste em reunião com o presidente Carlesse.

Na última segunda-feira, 16, ele foi conhecer in loco a curva, também conhecida como “apertado da hora”, e se comprometeu a buscar uma solução junto ao Governo. “Vou me reunir o quanto antes com o governador Marcelo Miranda e o secretário [de Infraestrutura] Sérgio Leão, para ver o que o Estado pode fazer a fim de resolver a questão”, disse.

Rubens Gonçalves
Foto: Silvio Santos

Prefeito de Palmeirópolis junto com lideranças políticas visitaram pessoalmente o trecho da “curva da morte”

O caso é de urgência para impedir acidentes frequentes no trecho da rodovia TO-387, próximo a Palmeirópolis.

Também conhecida como “apertado da hora”, a famosa “curva da morte” liga a cidade de Palmeirópolis ao município goiano de Montevidiu e também a Gurupi TO.

No local há uma curva em declive, considerada muito perigosa. Os boletins dos últimos anos registram 51 acidentes no local, que já provocaram 9 mortes.

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Mauro Carlesse (PHS), se comprometeu a buscar uma solução definitiva para o trecho da rodovia TO-387, a garantia foi confirmada novamente nesta segunda-feira 16, a prefeitos, vereadores, líderes políticos e moradores de Palmeirópolis, Paranã, São Salvador e Jaú do Tocantins durante visita para conhecer o local.

“Vou me reunir o quanto antes com o governador Marcelo Miranda (PMDB) e com o secretário [de Infraestrutura], Sérgio Leão, para ver o que o Estado pode fazer a fim de solucionar o problema”, explicou Carlesse.

Na semana passada, representantes dos municípios da região reuniram-se com Carlesse e o deputado Ricardo Ayres (PSB) na sala da Presidência da Casa, para entregar ofícios, relatórios e abaixo-assinados informando sobre as reais condições do local.

Entre as medidas defendidas para solucionar o problema estão o corte das curvas da serra, a duplicação da rodovia e mais sinalização.

Dessa forma, pediram a destinação de emendas parlamentares, em caráter de urgência, para esse fim.

Ao receber os líderes da região na semana passada, Carlesse garantiu que cobraria do Governo do Estado uma solução para o problema. Antes, porém, quis conhecer in loco o trecho da rodovia que tanto preocupa quem trafega pelo local.

Para o prefeito de Palmeirópolis, Fábio Vaz (PSD), a ida do presidente do Legislativo ao local já demonstra, por si só, a sensibilidade e a preocupação quanto ao problema. “Apresentamos nosso pleito ao Carlesse na terça-feira da semana passada, e hoje [segunda-feira, 16] ele já veio aqui para conhecer de perto o problema. O feed back, portanto, foi muito rápido. A visita dele para nós foi importantíssima, sobretudo pela sensibilidade com a nossa causa”, comentou.

Além dos acidentes fatais e dos riscos permanentes a que está exposto quem passa pelo local, os constantes sinistros causam também inúmeros danos ambientais, uma vez que os caminhões que tombam na “curva da morte” derramam produtos químicos, como calcário, cimento, argamassa, fertilizantes e defensivos agrícolas, em um córrego às margens da rodovia.

Para Carlesse, caso nada seja feito, poderá acontecer algum desastre ambiental ainda mais grave, a exemplo de cargas como combustíveis fósseis. “De uma forma ou de outra, tanto as pessoas que passam por aqui, quanto as que vivem na região, estão expostas”, concluiu.Visitando o trecho principal da curva

O mapa da noticia falou hoje terça-feira 17 pelo telefone, com Elmar Batista Borges, conhecido popularmente como Cenourão, secretário extraordinário de Integração Governamental sobre assunto, ele nos garantiu uma nota de esclarecimento explicando se o prazo garantido vai ser cumprido. Até o fechamento desta matéria não obtivemos resposta. Tentamos falar com o secretário [de Infraestrutura], Sérgio Leão, para ver o que o Estado pode fazer a fim de solucionar o problema, não conseguimos localiza-lo. 

A comitiva percorreram todo trecho apé até o local da curva, com a cobertura da polícia militar na pessoa do comandante, tenente Rosa Neto.  Além do deputado Carlesse, participaram da caminhada o prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz, ex-prefeito Enoque Souza e Jonas Macedo, prefeito de São Salvador André Borba, ex-prefeito Charles Evilacio, vereadores de Palmeirópolis na pessoa do presidente William Marques, secretários, dentre eles o de educação de Palmeirópolis Bartolomeu Moura Junior, vereadores de São Salvador na pessoa do presidente da Câmara Edvan Francisco, Dr. Mércio Viana, empresários e fazendeiros.

Rubens Gonçalves e Rozineide Gonçalves/MN

Prefeitura de Palmeirópolis inaugura nova Unidade Básica de Saúde na cidade

Comunidade prestigia inauguração da terceira Unidade Básica de Saúde na cidade.

O prefeito Fábio Vaz, a vice-prefeita Josemir Bastos, secretários municipais, vereadores e a população de Palmeirópolis, inauguraram nesta segunda-feira 16, a Unidade Básica de Saúde – UBS – Dr Mário José Romão, no Setor União.

Unidade Básica de Saúde toda equipada.

Em conjunto com a Câmara Municipal, ficou definido que o nome seria do médico Mario Romão, falecido há alguns anos. A viúva Dorinha Romão emocionada recebeu as homenagens acompanhada de familiares.

Foi passado um vídeo contando a história e a trajetória do Dr. Mário e também depoimentos emocionantes. Um homem que tinha zelo pela cidade de Palmeirópolis.

O prefeito disse da satisfação em estar inaugurando mais uma Unidade de Saúde para atender a população de Palmeirópolis. E ter colocado o nome do Dr. Mario na unidade. “Um prazer para nós, porque foi um médico que nunca deixou de trabalhar pelo povo da nossa região, uma honra homenageá-lo”, disse emocionado.

Presente no evento de inauguração, Irajá Abreu ressaltou a qualidade da UBS e a importância de um investimento amplo em saúde. “Entregamos uma unidade de saúde que atenderá a comunidade do maior bairro de Palmeirópolis, Setor União. É um mine-hospital, completo, moderno e completamente equipado, inclusive com uma clínica odontológica. Já destinei quase um milhão em recursos para a saúde de Palmeirópolis, porque priorizamos o atendimento mais humano para nossa gente”, reforça Irajá Abreu.A UBS foi construída com emenda individual do deputado Irajá Abreu, no valor de R$ 408 mil reais. Um ano aproximadamente até concluir a obra. Toda montada, já funcionando, com verba de 260 mil também do deputado Irajá Abreu para equipamentos tais como: Cadeiras, ar condicionados, computadores, fogão, geladeira consultório odontológico, Tvs, aparelhos de pressão, dentre outros. Todas as três UBS com dentista atendendo a comunidade.

O parlamentar falou também sobre os recursos que destinou para asfalto, trator e ônibus escolar, os quais já foram entregues, e o asfalto está em fase de conclusão. Os setores Bom Tempo e o setor Jardim das Palmeiras estão sendo pavimentados.

Irajá Abreu destacou ainda, a construção da feira do produtor, recurso de sua autoria, no valor de R$500 mil reais, concretizará a realização de um sonho.

O prefeito Fábio Vaz reconheceu a ajuda do deputado na área da saúde e outros seguimentos da sociedade. “Somente o deputado Irajá Abreu já entregou mais de R$2,5 milhões em obras na cidade de Palmeirópolis. Seja para a construção de asfalto, equipamentos hospitalares, odontológicos e maquinários. O deputado Irajá Abreu é um parceiro de primeira hora nas demandas da nossa cidade”, lembrou o prefeito.

Além do deputado Irajá Abreu, estiveram presentes no evento o presidente da Assembléia Legislativa do Tocantins, o deputado Mauro Carlesse, o deputado estadual Ricardo Aires, o prefeito de São Salvador  André Borba, ex-prefeitos Charles Evilácio e Osvaldo de Souza Lima,  ex-prefeito de Palmeirópolis Jonas Macedo, câmara de vereadores, vereadores de cidades vizinhas, secretário de saúde Nélio que falou da importância da UBS para atender o setor União e também o município.

Durante o evento teve palestras sobre câncer de mama, “outubro rosa”, apresentação da Rede do Bem, e também dos idosos.

O prefeito finalizou dizendo da satisfação de poder concluir as três unidades básicas com toda estrutura montada e em funcionamento. “Concluímos as obras em meio a crises, um sonho realizado, obras com toda estrutura, agora vamos começar a reforma no hospital, só estávamos aguardando esta inauguração para começarmos, tudo isso com o apoio da Câmara de Palmeirópolis. Vamos continuar trabalhando em prol do município”, argumentou.

Os moradores acompanharam a inauguração da UBS, e após o descerramento da placa, visitaram as dependências da Unidade, que está totalmente equipada e pronta para uso.

Da redação   

 

Vereadora Hildene Macedo faz homenagem a todos os professores de Palmeirópolis

Neste dia 15 de outubro, dia dedicado a esta classe de profissionais que é o sustentáculo de um povo.

Lembrando a proximidade do Dia do Professor, comemorado em 15 de outubro, a vereadora e professora Hildene Tokio de Macedo, utilizou as redes sócias para fazer uma homenagem a todos os profissionais que colaboram na aprendizagem e na formação de caráter de crianças, jovens e adultos do município de Palmeirópolis.

Vereadora e professora Hildene Macedo.

Ela disse que nem sempre os profissionais são reconhecidos e homenageados como merecem. Muitas vezes o seu trabalho é quase invisível. “Concordamos que poucas coisas são tão nobres e importantes quanto o trabalho de um professor”.

No dia 15 de outubro, sendo o dia deles, que possamos refletir sobre a importância de tão fundamental e necessária profissão.

“Pois, quem se entrega a tão distinto e honrado ofício; quem se cultiva para depois cultivar nos outros; quem compartilha todo o seu conhecimento com os outros, tem que ser alguém que merece toda a nossa admiração, confiança e respeito”.

“Ser professor é a arte de aprender todos os dias com quem você achou que iria ensinar. É dedicar-se a outro para o ver brilhando mais do que você. É sentir ansiedade a cada dia, pensando “Qual será a diversão de amanhã? Ser professor e arte de fazer arte”.

Quem repassa conhecimento merece os parabéns todos os dias. Através dos professores é que surgem: médicos, advogados, cientistas, historiadores, jornalistas, mais professores e tantas outras profissões.

Infelizmente no nosso pais os administradores (políticos) não dão o valor devido que tanto vocês merecem.

“São tantas mensagens lindas escritas à estes heróis que fica difícil reescreve-las”.

Aos professores de Verdade da nossa querida Palmeirópolis, em nome das professoras da escola Elda Silva Barros: Lilian Garcia, Lucidalia, Neuzeri, Rosirene e Ana Luiza os meus sinceros parabéns, o meu respeito e admiração, e o meu eterno muito obrigada a vocês e todos os demais professores”.Liliam Garcia, Lucidalia, Rosirene, Neuzeri e Ana Luiza os meus sinceros parabéns. 

Da redação

 

 

Deputado Gaguim recebe vereadores de Palmeirópolis para tratar da “Curva da Morte”

Os vereadores foram a Brasilia em busca de uma solução urgente.

O Deputado Federal, Carlos Henrique Gaguim, Podemos-TO, recebeu, hoje, 5, no seu gabinete parlamentar, em Brasília, os vereadores da cidade de Palmeirópolis, em audiência para tratar de diversos temas de interesse do município.

Os vereadores vieram solicitar várias demandas, dentre elas: providencias no sentido de se criar alguma alternativa viável de engenharia, transformando a “curva da morte” em um trecho seguro para os motoristas da Rodovia TO-387.

Trecho, este, bem próximo à cidade de Palmeirópolis, que tem levado muitas pessoas a óbito. O trecho, localizado a 5 km do centro da cidade, é conhecido como “Apertado da Hora”.

Atualmente já se contabilizam 51 vítimas nessa curva, sendo 9 vítimas fatais. O trecho é antigo e conhecido por vários acidentes em série. Há muitos anos a população vem fazendo abaixo assinado, buscando uma reforma nessa curva.

“Vou pessoalmente no Ministro dos Transportes, na tentativa de conseguir uma solução urgente para reformamos essa “curva da morte”. Temos que levar técnicos nesse local para solucionarmos definitivamente este problema.” Finalizou o ex-governador, Gaguim.

O último acidente foi na semana passada, na sexta-feira 29, levando a morte do pastor Marcos Antônio de Oliveira Freitas, de 52 anos, líder da Igreja Cristã Evangélica em Gurupi, vítima de acidente de trânsito na curva “Apertado da Hora”, município de Palmeirópolis – Tocantins. 

O pastor estava dirigindo um caminhão e perdeu o controle, descendo em seguida em uma ribanceira da curva perigosa na TO-387 e capotou. Ele estava acompanhado do seu funcionário Carlos Eduardo de Paulo e Silva, que foi conduzido para o Hospital Regional de Gurupi.

A curva fica no pé de uma serra com ribanceira e tem sido alvo de reclamações de moradores devido o perigo e os constantes acidentes. Em maio de 2016 os moradores  de Palmeirópolis chegaram a interditar a rodovia em busca de alternativas de segurança e até agora nada foi resolvido. 

Gaguim explicou: Recebi hoje os vereadores de Palmeirópolis Wiliam de Souza Marques, Presidente da Câmara Municipal, Divino Isidorio Pereira, Fábio Gonçalves Silva Santos, Hildene Tokio de Macedo, Jamilton Guedes Milhomem, Nilson Rodrigues do Nascimento, Raimundo N. Ribeiro da Silva, Sinomar Cassemiro, que vieram à Brasília para tratar das demandas de suas cidades e solicitar emendas parlamentares.

“Cidadãos de Palmeirópolis saibam que o Gaguim esta trabalhando todos os dias para angariar recursos para os municípios tocantinenses. Já conseguimos liberar R$ 254.000,00 para a saúde, de minhas emendas impopsitivas, para Palmeirópolis e nas minhas idas aos ministérios, aqui, em Brasília, sempre, incluo Palmeirópolis nos programas de saneamento básico, educação e equipamentos agrícolas entre outras ações em prol desta cidade.” Finalizou Gaguim.

Ascom/Deputado Gaguim/Rozineide Gonçalves

Colégio estadual de Palmeirópolis festeja recebimento de material do ENEM

Os alunos afirmaram que ficaram entusiasmados com o material que foi muito bem confeccionado.

Os alunos do Grêmio Estudantil do Colégio Estadual Professora Oneides Rosa de Moura de Palmeirópolis, receberam o material com atividades alusivas ao ENEM (Exame Nacional de Ensino Médio) e ficaram muito felizes, pois esse material poderá ajuda-los nos estudos para a prova.

Eles receberam um caderno com questões das várias matérias que já caíram no ENEM e outro caderno de redação; segundo o aluno da 3ª série Pedro Henrique Vinhal Barros expressou alegria, “primeiramente gostaria de parabenizar a Secretaria de Educação do Estado do Tocantins, na pessoa da professora Wanessa Zavarese pela excelente iniciativa de contribuir com o nosso preparo para a prova do ENEM, através da distribuição das apostilas totalmente gratuitas. O material é de excelente qualidade e nos dá a oportunidade de termos êxito no ENEM”, festejou.Pedro ainda disse que o material recebido corresponde as expectativas “porque o material é auto-explicativo, é como se estivéssemos em um cursinho aprendendo e praticando os conteúdos que possivelmente serão cobrados pelo ENEM”, ressaltou.

 A aluna da 3ª série, Laura Martins de Faria, também elogiou o material que recebeu e notou que é importante ter acesso a esse material porque a maioria deles estão buscando uma vaga nas universidades, uma vez que as provas do ENEM exigem grande preparo. Laura argumentou que “preparar para as provas do ENEM é fundamental, ainda mais para aqueles que não possuem condições financeiras para pagar uma faculdade. O ENEM é uma das melhores opções para ingressar no ensino superior e cursar o tão sonhado curso, fazer a prova consciente dos conteúdos e aliviado por saber que estudou e que teve o devido material para isso, é tranquilizador”, ponderou.

Os alunos afirmaram que ficaram entusiasmados com o material que foi muito bem confeccionado, notaram ainda que a Secretaria de Educação está olhando com outros olhos para eles e encaminharam o material na hora certa, pois os alunos estão na reta final do ensino médio.

Segundo a Coordenadora Pedagógica da Unidade Escolar Ueslene Coelho de Sousa Ramos o material vem sendo utilizado em paralelo com os conteúdos do referencial curricular e os professores estão aproveitando o material principalmente os de fixação dos conteúdos referentes ao ENEM.

A maioria dos alunos alegraram com a chegada das apostilas, já que alguns deles não possuem meios para estudar na internet. Ueslene afirmou que os alunos “viram o material como mais uma oportunidade de auxílio para o ingresso nas universidades. É algo que além de acessório o aluno, também colabora com os professores que possuem pouco tempo para pesquisas de questões na internet. Com o material em mãos com certeza o tempo de planejamento e de aulas será mais proveitoso. Consequentemente os resultados serão ainda melhores. Muito obrigada pelo apoio” finalizou.

Grêmio Estudantil da Unidade Escolar

O Grêmio Estudantil teve uma grande participação na divulgação do Material e ao questionar a Vice-presidente do grêmio estudantil Carla Cristina Santos Lobeu, aluna da 2ª série do ensino médio qual a importância do Grêmio Estudantil, ela nos relatou que é “expor e trazer a opinião dos alunos junto à direção da unidade escolar, os alunos têm direito a voz, para fazer a diferença e o grêmio estudantil é uma iniciativa. O grêmio ajuda a escola através de rifas, já conseguiu colocar espelhos nos banheiros, promoveu evento junto com a direção escolar no dia dos namorados e no dia do estudante e outros eventos”.

O Presidente do Grêmio Estudantil da Unidade Escolar Euclides Marciano de Melo Neto, relata que espera que a escola “convide o grêmio para participar mais nas decisões da unidade escolar. Tomar providência juntamente com o gerente de projetos Gustavo Gama, para providenciar mais rapidamente a reforma ou a compra do terreno para a quadra da escola”, finalizou.

Leila Novais/Assessora de Comunicação da DRE – Regional Gurupi