terça-feira, agosto 16, 2022

Últimas Notícias

Polícia interdita supermercado após achar ratos mortos e fezes de animais

Extra do Setor Serrinha, em Goiânia, ficará fechado por tempo indeterminado.
Assessoria informou que ‘fato não corresponde ao padrão da companhia’.

A Polícia Civil interditou, nesta segunda-feira (6), o Supermercado Extra, localizado no Setor Serrinha, em Goiânia. De acordo com a corporação, em operação realizada no local, foram encontrados alimentos acomodados de forma incorreta, além de fezes de animais e até ratos mortos no depósito.

Em nota enviada a TV Anhanguera, a assessoria de imprensa do Extra disse que os problemas encontrados não correspondem aos padrões exigidos pela companhia e que vai corrigir as irregularidades.

A ação ocorreu em conjunto com a Vigilância Sanitária e o Procon-Goiás. Segundo o delegado Webert Leonardo Lopes Santos, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), a interdição é por tempo indeterminado.

Além das questões de higiene, outro problema encontrado foi encontrado na forma equivocada de manter produtos congelados. Santos explicou que o estabelecimento realizava uma manobra para economizar energia sem se preocupar com a qualidade dos alimentos.

“Constatamos que eles desligavam o refrigerador durante a madrugada, provavelmente para gastar menos energia. Os potes de sorvete, por exemplo, estavam todos derretidos”, revelou ao G1.

O supermercado é reincidente, uma vez que em novembro do ano passado, o local já havia sido interditado por comercializar produtos vencidos. Na ocasião, o gerente chegou a ser preso.

Os responsáveis podem responder por crime contra as relações de consumo. Em caso de condenação, a pena varia de 2 a 5 anos.(fonte:g1/go)

Gerente do supermercado Extra é preso em Goiânia, Goiás (Foto: Sílvio Túlio/G1)
Supermercado Extra foi interditado por tempo indeterminado, em Goiânia (Foto: Sílvio Túlio/G1)

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.