sábado, agosto 13, 2022

Últimas Notícias

Polícia diz que estudante recebeu R$ 6,5 mil para fazer vestibular no lugar de outro em Gurupi; servidor da federal do CE será investigado

Está preso na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Gurupi, na região sul do Tocantins, o jovem suspeito de se passar por outro durante o vestibular do Centro Universitário Unirg, ocorrido neste domingo, 05. Tiago de Almeida Cavalcante, 26 anos, vai responder por falsidade ideológica e uso de documento falso.

De acordo com a Polícia Civil (PC), uma equipe de papiloscopistas do Núcleo de Identificação de Gurupi realizava a coleta de digitais dos vestibulandos do curso de Medicina, quando constatou que as impressões de um dos candidatos não batiam com aquelas contidas nos documentos apresentados pelo estudante. 

Mesmo após perceber a fraude, a polícia optou por deixar que o candidato concluísse a prova. Ao deixar a Unirg, Tiago, que se apresentou, inicialmente, como Ruan Mathias Sousa Dias, foi conduzido até a Central de Flagrantes da cidade. Os agentes descobriram a identidade verdadeira do jovem depois que fazer buscas no hotel onde ele estava hospedado.

Segundo a polícia, Tiago estava acompanhado de um funcionário de carreira da Universidade Federal do Ceará. O servidor será investigado, uma vez que ele teria bancado a viagem de Tiago. Além de pagar as passagens aéreas do suspeito de Fortaleza (CE) para Palmas, o homem alugou um veículo para o jovem na capital tocantinense e arcou com as despesas de hospedagem do rapaz no hotel de Gurupi. 

Conforme apurado, Tiago mora na capital cearense e cursa o 5º Período de Medicina da universidade federal do estado. Ele receberia R$ 6,5 mil para fazer a prova por outro candidato. O valor já tinha sido depositado na conta do estudante. (fonte:rede.to)

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.