quinta-feira, maio 19, 2022
spot_img

Últimas Notícias

Na tribuna, Kátia chama desembargador do TJTO de ‘criminoso’ e ‘chefe de quadrilha’

Magistrado está afastado das funções desde abril de 2020.

A senadora Kátia Abreu (PP) teceu críticas ferrenhas ao desembargador Ronaldo Eurípedes de Souza, do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO).

Ele está afastado do cargo desde abril de 2020, após ter sido acusado de corrupção e lavagem de dinheiro em esquema de venda de sentenças.

A parlamentar defendeu, nesta terça-feira (10/5), que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendam o pagamento dos salários do desembargador.

Segundo Kátia Abreu, trata-se de uma “afronta” e um “acinte” que Ronaldo Eurípedes continue recebendo salário normalmente, mesmo diante do afastamento por suspeita de conduta ilícita. Kátia Abreu chamou o desembargador de “chefe de quadrilha”.

“Ele para mim não é doutor, ele para mim não é juiz, é um criminoso, que está sendo acusado fortemente por venda de sentença”, disse a congressista em plenário.

A senadora disse que Ronaldo Eurípedes “não pode continuar em casa descansando, assistindo à Netflix, comendo do bom e do melhor e recebendo seu salário todo mês”.

“Venho pedir encarecidamente que nós possamos encaminhar ao CNJ ao presidente [do STF, Luiz] Fux por direito e consideração do povo brasileiro que o salário deste cidadão seja suspenso imediatamente”, cobrou, referindo-se ao desembargador como “maçã podre”.

AFNotícias.

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.