quinta-feira, agosto 18, 2022

Últimas Notícias

Denúncia de suposto estupro na UFG causa mobilização e revolta nas redes sociais

Jovem teria sido dopada, estuprada e deixada no estacionamento do FIC; hashtag #UFGSePosicione está nos Trending Topics do Twitter em Goiânia e no Brasil 

Um suposto estupro na Universidade Federal de Goiás (UFG) foi denunciado na internet na noite desta terça-feira (14). A história ainda causou mobilização e revolta nas redes sociais, onde a hashtag #UFGSePosicione está nos Trending Topics do Twitter em Goiânia e no Brasil.

Segundo o estudante de Relações Públicas Daniel Bezerra, de 21 anos, a jovem teria sido deixada pelo suposto estuprador no estacionamento próximo ao bloco da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), no Campus Samambaia. 

“Era 19h30 e eu estava no carro esperando um amigo quando vi outro carro se aproximando, um homem descendo e puxando a menina para fora do carro. Achei que ela estava bêbada por estar cambaleando, mas, quando percebi, ela estava chorando, com o cabelo e as roupas desarrumadas. Percebi o que tinha acontecido e a segui até o banheiro masculino da FIC, onde ela estava chorando, muito nervosa e sem parte da roupa. Tentei chamar algum guarda para ajudar, mas não tinha ninguém por perto”, contou. 

Ainda de acordo com Daniel, por estar muito nervosa, a garota não quis ajuda e saiu correndo do bloco. “Tentei prendê-la no banheiro para ver se conseguíamos alguma ajuda, mas ela desapareceu. A UFG é muito perigosa à noite, o estacionamento é muito escuro e não há guardas por perto”, afirmou. 

Por telefone, o reitor da universidade, Orlando Afonso Valle do Amaral, informou ao POPULAR que o chefe de segurança do campus foi ao local para conseguir mais informações sobre o caso ocorrido na noite desta terça-feira. A equipe está fazendo rondas para localizar a garota e apurar a história e os envolvidos. 

ATO PELA SEGURANÇA FEMININA

Após a denúncia do suposto estupro ocorrido no Câmpus Samambaia, da Universidade Federal de Goiás, na noite desta terça-feira (14), uma manifestação intitulada “Ato em Solidariedade à Vítima de Estupro no Câmpus 2 UFG” foi programada para às 8h desta quarta-feira (15).

Um evento criado no Facebook contabilizava, até o começo desta madrugada, mais de 900 pessoas confirmadas para a realização do ato.

De acordo com a página do evento, a concentração para o protesto será na Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), local onde a garota teria sido deixada. Os manifestantes seguirão caminhando até a reitoria da instituição, que também fica no câmpus.

Confira a cronologia das postagens do jovem que denunciou o caso:

uma menina acabou de ser dopada e possivelmente estuprada e não tem nenhum guarda por perto e ninguém pra me ajudar

GENTE, tentei fazer o que pude. Vou contar aqui o que aconteceu.

Eu tava no estacionamento da FIC parado no carro esperando um amigo sair da aula, aí chegou um gol, preto com um cara, deu a volta e puxou

a menina pra fora do carro. Aí ela tava cambaleando, pensei q tivesse bêbada e fiquei na minha

Qndo ela passou por mim tava tda desarrumada e chorando, aí liguei o farol pra tentar olhar o q tava rolando no carro e ele ACELEROU E VAZOU

na hora q isso aconteceu eu já entendi tudo e corri atrás da menina que tava no banheiro sem a parte de baixo lavando na torneira e cjorando

daí eu fui até ela e ela começou a pedir socorro e me bater, como se eu fosse fazer algo com ela tb, tava em pânico demais

gritei ajuda e não tinha uma alma viva no campus

fiquei gritando por horas e nada, e ela tava com mto medo que eu fizesse algo com ela

aí eu fui correndo gritar ajuda no centro de aulas e ela foi embora e eu a perdi de vista

liguei p polícia e eles vão procurá-la pelo campus não consegui segurar e prender no banheiro pq ela tva desesperada, n consegui fazer nd

Reprodução/Twitter

A hashtag #UFGSePosicione está nos Trending Topics do Twitter em Goiânia e no Brasil

(fonte:o popular)

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.