Acidente próximo à Uruaçu tirou a vida de uma pessoa de Palmeirópolis neste final de semana

Valdeci Pires era de uma família tradicional em Palmeirópolis.

Um acidente na noite do último domingo, 26, na BR-153, próximo à Uruaçu, tirou a vida de Valdeci Pires de 54 anos.De acordo com informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), a vítima dirigia uma Toyota Hilux quando colidiu contra a lateral de um caminhão. Ainda segundo a polícia a colisão aconteceu durante uma ultrapassagem proibida.

O condutor durante a ultrapassagem teria percebido um veículo na pista contrária, tentou frear para retornar para a sua ‘mão’, mas acabou colidindo.

Após a colisão, a caminhonete de Valdeci perdeu o controle e bateu contra uma árvore, ele morreu na hora, estava sozinho no veículo.

A PRF ainda informou que o último final de semana foi violento nas rodovias federais que cortam o estado de Goiás. O balanço da instituição destacou 16 acidentes entre os dias 24 e 26 de novembro, com 17 feridos e 4 mortes. Todas as mortes aconteceram em acidentes provocados por ultrapassagens em locais proibidos.

Para o inspetor da PRF Newton Morais, agora com o aumento de volume das chuvas, o motorista tem que redobrar a atenção, principalmente em rodovias de faixa simples. “Chama atenção nestes casos que muitos condutores acabam realizando ultrapassagens em lugares proibidos e, para retornar com certa pressa para a sua faixa, acabam acelerando e, com a pista molhada, é um fator positivo para a perda de controle dos veículos”.

Newton ainda ressalta que nos acidentes com feridos, muitas das vítimas estavam em motocicletas e o abuso da velocidade também contribuiu para as ocorrências.

Valdeci Pires era irmão do ex-vereador de Palmeirópolis José Adão. Era um homem trabalhador e tinha muitos amigos.

A cidade de Palmeirópolis sentiu muito pela morte de Valdeci Pires. Um homem batalhador e de um coração gigante na hora de ajudar as pessoas. 

Toda família está de luto e choram pela partida inesperada dele.

No mês de maio Valdeci perdeu seu filho Lindomar Pires, também vítima de acidente de transito próximo a Palmeirópolis, seis (6) meses depois foi vez dele. Muita tristeza para a família.

Quando os bombeiros chegaram Valdeci já estava sem vida. Foto divulgação PRF.

Da redação com informações de vallenews

 

Botafogo elimina o Fluminense e encara Vasco na final da Taça Rio

Agora, o Botafogo encara o Vasco na final do segundo turno do Campeonato Carioca.

Botafogo e Fluminense usaram times reservas na semifinal da Taça Rio. Melhor para o Alvinegro, que não tomou conhecimento do rival e ganhou por 3 a 1 neste sábado, no Estádio Nilton Santos (Engenhão). Igor Rabelo, Dudu Cearense e Sassá marcaram para os donos da casa. Destaque para a comemoração do camisa 9, que contou com a famosa ‘sarrada no ar’. Richarlison descontou para o Tricolor.

Agora, o Botafogo encara o Vasco na final da Taça Rio. Na decisão, não há qualquer vantagem e, em caso de empate, a decisão será definida nas cobranças de pênaltis. Antes, o Alvinegro encara partida importante pela Libertadores, na quarta-feira (12), contra o Atlético Nacional-COL, em Medelín.

JOGO

O placar do duelo entre Botafogo e Fluminense foi aberto logo no primeiro minuto do primeiro tempo com o zagueiro Igor Rabelo, que bateu continência na comemoração. O gesto foi criado no ano passado, quando ganhou o apelido de ‘general’ ao ser emprestado ao Náutico.

Dudu Cearense que viveu status de capitão por um dia, ampliou para o Botafogo com um gol aos 26 minutos do primeiro tempo. O problema é que o jogador estava em posição de impedimento com outros três companheiros. Gol ilegal ignorado pelo trio de arbitragem.

Com 2 a 0 no placar, o Botafogo voltou no segundo tempo com vontade de vencer a partida e Sassá praticamente definiu a classificação ao marcar o terceiro gol, com muita qualidade. O atacante girou em cima de Frazan e chutou forte no canto para estufar a rede.

Técnico do Fluminense Abel Braga lançou alguns titulares ao campo para tentar reverter o placar de 3 a 0. Richarlison entrou e teve boa atuação. O jogador foi derrubado por Fernandes dentro da área e efetuou a cobrança. Apesar do gol, foi muito tarde para uma reação.

BOTAFOGO

Gatito; Fernandes, Renan Fonseca, Igor Rabelo e Gilson; Dudu Cearense, Lindoso (Matheus Fernandes), João Paulo e Camilo; Guilherme (Pachu) e Sassá (Vinicius Tanque)

T.: Jair Ventura

FLUMINENSE

Diego Cavalieri; Luiz Fernando (Richarlison), Frazan, Reginaldo e Marquinhos Calazans; Douglas (Sornoza), Orejuela, Marquinho; Lucas Fernandes, Marcos Jr (Osvaldo) e Pedro

T.: Abel Braga

Com informações da Folhapress.

Noticias ao Minuto