O Tocantins há dois dias se mantém com sete casos confirmados, todos em Palmas. Na última quarta-feira, 25, todos os testes feitos (24) deram negativo.

secretário de Saúde do TocantinsEdgar Tollini afirmou em entrevista ao site nesta quinta-feira, 26, que o isolamento social e todas as medidas tomadas de prevenção ao coronavírus são os responsáveis pela paralisação de novos casos.

“Absolutamente 100%, o isolamento é a maior proteção que tem”, disse. O Tocantins há dois dias se mantém com sete casos confirmados, todos em Palmas. Na última quarta-feira, 25, todos os testes feitos (24) deram negativo.

Médico do HGP evitou contágio

O secretário deu como exemplo um dos segue casos: um médico do HGP que testou positivo para o coronavírus. Ele chegou de um evento da área da Saúde no Rio de Janeiro e mesmo sem saber se estava com a doença pediu imediatamente para tirar os pais do ambiente que eles moravam (eles residem na mesma casa). Ele chegou do evento por volta do dia 16 e desde então está isolado.

“Teve sintoma moderado, testou positivo e está em casa até hoje e vai sair só depois do dia 31. Ele não tem contato com ninguém e desde que chegou Teve contato com zero pessoas, ele se isolou antes de sentir os sintomas “, confirmou o secretário á Gazeta.

Já a caso número 1, da advogada que veio de um evento de outro estado não sabia que estava com o Covid-19 e se isolou apenas após os sintomas. A advogada não sentia sintomas inicialmente e assim que teve a suspeita se isolou imediatamente.

O secretário explicou que o Tocantins segue as determinações do Ministério da Saúde e do governador Mauro Carlesse mantendo assim todas as medidas.

Tollini confirmou ainda que os primeiros exames mandados para laboratório em São Paulo não tiveram os resultados até hoje.

Gazeta do cerrado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here