Incidente aconteceu em uma casa no setor Sol Nascente, em Gurupi. A suspeita é de que o homem tenha morrido asfixiado.

Um homem de 37 anos morreu após colhões pegarem fogo dentro de uma casa no setor Sol Nascente, em Gurupi, sul do estado, na madrugada desta quarta-feira (16). O Corpo de Bombeiros foi chamado para abrir o local, mas encontrou Rangelclay Gomes da Silva caído no chão sem vida. A suspeita é que ele tenha morrido asfixiado.

Um irmão da vítima contou que foi um dos primeiros a perceber o incêndio. “A primeira coisa que reparei foi a janela que tinha pegado fogo e deparei com a minha mãe no desespero. Liguei para o Corpo de Bombeiros. Eles vieram, conseguiram abrir a janela e pularam para abrir a porta. Nós vimos o corpo dele já no chão”, contou Rafael Porfilho à reportagem da TV Anhanguera.

Os bombeiros informaram que foram chamados por volta de 6h30 e quando chegaram ao local não havia mais fogo. Porém, havia marca de fumaça nas portas e janelas. Os bombeiros precisaram arrombar a porta para ter acesso ao interior do quarto, onde encontraram um colchão queimado nos fundos do cômodo.

O corpo da vítima estava caído ao lado de outra cama e a suspeita é que ele tenha morrido asfixiado pela fumaça inalada. O homem também apresentava lesões pelo corpo. Apesar disso, apenas a perícia vai confirmar as causas da morte e o que provocou o incêndio.

O irmão afirmou que havia um carregador de celular em uma tomada do quarto. “Tinha uns dois ou três colchões no fundo [do quarto] que pegaram fogo. Aparentemente foi a parte que pegou fogo porque estava mais queimado. Tinha um carregador [na tomada] sem o celular. Deve ter sido algum curto, mas só a perícia para saber”, disse o irmão.

G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here