Após acordo, Estado tem 30 dias para levar proposta a fornecedores de medicamentos

Conforme a Justiça Federal, a intenção é concluir, de forma amigável, a Ação Civil Pública que trata do fornecimento de medicamentos contra o câncer para a Secretaria Estadual de Saúde.

Durante audiência de conciliação realizada na tarde desta quinta-feira, 22, na Justiça Federal, em Palmas, representantes de nove dos principais laboratórios de medicamentos do país e o Governo do Tocantins fizeram acordo para que, no prazo de até 30 dias, o Estado apresente uma proposta com as principais necessidades da Rede Estadual de Saúde.

Conforme a Justiça Federal, a intenção é concluir, de forma amigável, a Ação Civil Pública que trata do fornecimento de medicamentos contra o câncer para a Secretaria Estadual de Saúde.

O acordo foi homologado pelo juiz federal Adelmar Aires Pimenta, titular da 2ª Vara Federal de Palmas.

“Estamos pedindo que vocês entrem nas nossas licitações”, disse o superintendente de compras da Secretaria, Afonso Piva. Os advogados dos laboratórios cobraram uma proposta por parte do Governo do Tocantins, mas nenhuma foi apresentada. Por tal motivo, concordaram em suspender o processo no período de 30 dias para que o Estado tenha tempo de apresentar uma proposta para ser apreciada pelos fornecedores de medicamentos.

Em maio de 2017, a Justiça Federal determinou, por meio de decisão liminar, que 16 laboratórios, de renome internacional, fornecessem medicamentos contra o câncer para o Governo do Tocantins com preços indicados pela tabela CMED – lista elaborada pelo Ministério da Saúde que, em alguns casos, contém valores inferiores aos praticados pelas grandes empresas.

Na ocasião, o juiz federal Adelmar Aires Pimenta fixou multa diária no valor de R$ 50 mil em caso de descumprimento da determinação. Desde então, a Ação Civil Pública tramita na Justiça Federal.

O processo foi movido pelo Governo do Tocantins e Ministério Público Federal que alegaram que desde julho de 2016 a Secretaria de Saúde enfrentava dificuldades para abastecer seus hospitais com medicamentos destinados ao tratamento do câncer, pois, de acordo com a ação, nenhum laboratório, dos 42 que participaram da licitação de compra de medicamentos, se prontificou a atender o Poder Público.

(Com informações da Ascom SJTO/Seção Judiciária do Tocantins) e T1noticias

Faustão é internado em São Paulo para fazer cirurgia no coração

A assessoria do apresentador não confirmou o caso.

Fausto Silva foi internado na noite desta quarta-feira (7), no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde foi submetido a uma angioplastia para desobstruição de uma artéria, segundo informa o Notícias da TV.

A cirurgia foi tranquila e o apresentador da Globo passa bem. A previsão de alta será nesta quinta-feira (8).

Faustão foi ao hospital para exames de rotina e um deles detectou a obstrução da artéria.

A assessoria do apresentador não confirmou o caso e representantes do hospital não confirmaram a internação.

Noticias ao Minuto

Estudo responde: afinal, celular pode ou não causar câncer?

Novos testes foram feitos nos EUA para provar possíveis riscos provindos dos aparelhos.

Dois estudos divulgados na sexta-feira (2) sugerem que o risco do uso de celular causar câncer, se houver algum risco, é pequeno.

Segundo o site VivaBem, do UOL, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA testou os possíveis riscos provindos dos aparelhos durante 10 anos e analisou 3 mil camundongos expostos à radiação dos telefones.

De acordo com o site, em ratos machos, os pesquisadores encontraram relação entre o aparecimento de tumores no coração e a alta exposição à radiação dos celulares. Entretanto, o mesmo não ocorreu em ratos fêmeas.

John Bucher, cientista sênior do Programa de Toxicologia Nacional, disse, em uma entrevista ao “New York Times”, que uma possibilidade é que os machos são maiores e absorvem mais radiação.

Noticias ao Minuto

Afinal, beber água morna com limão em jejum faz bem para a saúde?

Especialista destaca quais são os benefícios de incluir o limão na alimentação diariamente

Épossível adotar uma alimentação nutritiva e balanceada sem gastar fortunas no supermercado toda semana. Entre os alimentos mais ricos em nutrientes e disponível em abundância está o limão, que possui um poderoso conjunto de benefícios para a saúde.

Rico em vitamina C e antioxidantes, o limão ajuda na perda de peso, aumento da imunidade, ajuda na absorção de ferro, atua na prevenção de cálculos renais, melhora a saúde do coração e até mesmo pode ser um importante aliado no combate ao desenvolvimento de câncer.

“O limão é uma das frutas mais ricas em vitaminas e minerais, além disso, tem potentes antioxidantes que favorecem o bom funcionamento do organismo. Outro ponto muito importante é que é uma fruta acessível e fácil de encontrar, portanto, é bastante fácil inclui-la na alimentação”, explica Dr Rocha, médico pesquisador na área de nutrição e Presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (INEODOC), autor do livro “Diabetes Controlada: o programa para controlar a diabetes e voltar a viver bem”.

Para o médico, entre as melhores maneiras de consumo está a ingestão de água com limão em jejum, diariamente. Segundo ele, essa maneira de consumo potencializa a absorção de vitamina C e demais compostos da fruta pelo organismo. Outra maneira de colher os benefícios da fruta, segundo Rocha, é utilizá-la como tempero em saladas, ou até mesmo em acompanhamentos de carnes, uma vez que sua presença potencializa a absorção de ferro pelo organismo.

Confira aqui os benefícios mais incríveis que o consumo diário de limão pode trazer para a sua saúde:

  1. Colabora com a perda de peso: O limão realmente pode ajudar no emagrecimento. Rica em minerais e antioxidantes, a fruta possui em sua composição os chamados polifenóis, um tipo de substância que é capaz de diminuir a resistência à insulina de pessoas eutroficas, ou que estejam em sobrepeso, obesidade ou que sejam portadores de diabetes. Essa diminuição de resistência à insulina, faz com que o hormônio seja menos liberado na corrente sanguínea, o que faz com que o organismo use mais gordura como fonte energética, o que consequentemente pode colaborar com o emagrecimento. Além disso, a fruta é rica em fibra e pectina, o que proporciona saciedade e reduz a vontade ingerir qualquer outro tipo de alimento. Porém aqui vai um alerta do Dr Rocha, uma dieta a base unicamente de limão pode ser perigosa. O consumo excessivo pode causar uma série de complicações e até mesmo ser tóxico para o organismo.

2. Aumento da Imunidade: Os limões são uma excelente fonte de vitamina C. Consumir um limão por dia pode eliminar quase um terço das necessidades diárias de vitamina C. Obter quantidade suficiente de vitamina C através da alimentação é importante para muitos aspectos da saúde, entre eles a imunidade. Além de rico da vitamina C, o limão contém altas doses de potássio que estimula células cerebrais e nervosas. O ácido ascórbico presente no interior do fruto ainda possui efeitos anti-inflamatórios benéfico para todo o organismo, alie isso a potencialização da absorção de ferro e temos como resultado um fortalecimento total do sistema imunológico, por isso é comum, quem ingere limão ter poucos episódios de gripes, resfriados e demais doenças.

3. Melhora absorção de ferro: Casos de anemia por deficiência de ferro é bastante comum e ocorre geralmente pela ingestão insuficiente de ferro através da alimentação. A vitamina C e o ácido cítrico presente no fruto potencializa a absorção de ferro de alimentos ingeridos posteriormente à sua ingestão, sendo de suma importância na prevenção e tratamento da anemia ferropriva.

4. É bom para a saúde do coração: As complicações cardíacas são um problema de saúde de ordem mundial. Estudos recentes mostram que comer frutas como o limão e hortaliças pode ajudar a reduzir os fatores de risco de doença cardíaca. Os compostos presentes na fruta, agem diretamente nos neurotransmissores funcionando como antidepressivo natural, o que reduz a ansiedade e melhora o humor.

5. Reduz Risco de Desenvolvimento de Câncer: Assim como as demais frutas cítricas, o limão contém altos níveis de flavonas, que são compostos antioxidantes. Esses compostos, agem exatamente como protetores que dificultam a errônea multiplicação de células o que diminui drasticamente as chances de desenvolvimento de alguns tipos de cânceres.

6. Ajuda na Digestão: O sumo presente no limão auxilia o organismo a eliminar toxinas e sua composição é semelhante à da saliva e outros fluídos digestivos, tais como enzimas. O fruto estimula o fígado a produzir bile, um ácido essencial para a digestão. Além disso, a vitamina C presente no fruto potencializa a absorção de ferro de alimentos ingeridos posteriormente à sua ingestão, sendo de suma importância na prevenção e tratamento da anemia ferropriva.

Noticias ao Minuto

Colírios e anti-inflamatórios podem agravar conjuntivite

Medidas simples como lavar as mãos com frequência, evitar compartilhar objetos e coçar os olhos podem evitar a proliferação da doença.

A conjuntivite é uma doença infecciosa nos olhos que é comum nessa época do ano. A inflamação pode ser por vírus ou bactéria. Por causa dos sintomas, a transmissão acaba sendo rápida. O contato é feito por uma pessoa infectada ou objetos contaminados.

O Otto Prado Negreiro, de 8 anos, foi diagnosticado com conjuntivite. Depois da criança, a família toda pegou a doença. “A minha irmã pegou em seguida. Após cinco dias eu e o meu pai tivemos e depois minha tia”, conta a enfermeira Vanessa Lima Prado.

A conjuntivite é uma infecção considerada benigna, de menor gravidade e que pode sozinha regredir, mas existem alguns casos em que isso não acontece, o que pode ocasionar graves complicações.

Medidas simples como lavar as mãos com frequência, evitar compartilhar objetos e coçar os olhos podem evitar a proliferação da doença. A automedicação também não é indicada em caso de irritação nos olhos.

O médico oftalmologista Carlos Jun explica o que pode ocorrer se a pessoa usar sem indicação determinados medicamentos. “O uso de colírios e medicamentos que contém anti-inflamatórios, chamado corticoide pode levar ao glaucoma e em alguns casos agravar lesões que existem em função da infecção e até ocasionar a úlcera de córnea.”

Segundo a farmacêutica Molisa de Sousa Cordeiro que trabalha em uma farmácia muita gente tem ido ao local em busca de colírios. “Existem colírios que podem ser indicados na farmácia, que são lubrificantes e antialérgicos e vão aliviar os sintomas. Nós sempre orientamos o paciente a buscar um médico para que seja prescrito um tratamento correto.”

G1 Tocantins

Parque Cesamar em Palmas sedia 6ª edição da “Caminhada Passos que Salvam” do Hospital do Câncer de Barretos

Em Palmas (TO), a caminhada será domingo, dia 26, às 8horas. 

Levar a conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil é a principal missão da “Caminhada Passos que Salvam”, a maior mobilização promovida pelo Hospital de Câncer de Barretos, simultaneamente, em centenas de cidades de todo o país.

Todos os anos, durante o último domingo do mês de novembro, a ação é realizada. A escolha da data está relacionada à proximidade com o “Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil”, celebrado no dia 23 de Novembro. Em 2017, a Caminhada acontecerá no dia 26/11 e a previsão é de que cerca de 650 cidades, em 19 estados do país (neste ano, incluindo os estados do Maranhão, Roraima e Rio de Janeiro) se unam em favor dessa causa.

Entre os sinais e sintomas mais comuns da doença, estão manchas roxas pelo corpo, dores de cabeça, vômito, perda de peso, fraqueza e dores nos ossos, sintomas que parecem comuns da infância e podem ser confundidos com doenças que acometem crianças e adolescentes, mas também podem ser o primeiro sinal de que há algo errado acontecendo.

De acordo com o diretor médico do Hospital de Câncer Infantojuvenil, Luiz Fernando Lopes, a unidade infantojuvenil do HCB tem todas as condições de tratar as crianças com a mesma qualidade dos países com alto nível de desenvolvimento (especialistas experientes, medicamentos adequados e uma excelente estrutura), mas nada disso impacta na vida das crianças se elas não chegarem precocemente para o tratamento. “Ainda há uma quantidade significativa de crianças chegando tardiamente em nossa instituição. O que falta é a conscientização de médicos, enfermeiros e familiares, e essa campanha é uma das melhores formas que encontramos para sensibilizar essas pessoas. Nós só alcançaremos níveis internacionais de cura se tivermos esse cenário favorável”, afirma.

Para a coordenadora da ação, Naima Kathib, o intuito da Caminhada é trazer à discussão essa conscientização de maneira lúdica, envolvendo toda a sociedade para permitir que aconteçam mais diagnósticos precoces e as chances de cura possam ser ampliadas para até 95%.

Em 2012, primeiro ano em que ocorreu a mobilização, 19 municípios do Estado de São Paulo e dois de Rondônia caminharam, levando a população, empresas e entidades para participar do evento. Já no ano seguinte, o número mais que quadruplicou: 80 municípios participaram da caminhada em oito estados. A terceira edição foi ainda melhor: 201 cidades em 11 estados brasileiros caminharam juntas, no mesmo dia e horário, levando mais de 150 mil pessoas às ruas. Em 2015, foram 306 cidades de 12 estados que caminharam, comprometidos na luta contra o câncer infantojuvenil. No ano passado, a “Passos que Salvam” mobilizou 300 mil pessoas em cerca de 500 cidades de todo o Brasil.

 Captação de Recursos

Além de disseminar essas importantes informações, a “Caminhada Passos que Salvam” também possui uma ação para arrecadar fundos para o tratamento dos pacientes no Hospital de Câncer Infantojuvenil. Ao adquirir um kit com camiseta, boné e ‘sacochila’, cada participante estará contribuindo com o valor de R$ 35,00, que será direcionado à instituição.

Em Palmas (TO), o local definido para a Caminhada é o Parque Cesamar, às 08h. Para obter mais informações e saber onde adquirir os kits, entre em contato  com a coordenadora do Hospital de Câncer de Barretos em Palmas, Ana Paula Bichuette, através do número (63)99944-8420 ou  acesse facebook.com/PalmasParaVida.

Sobre o Hospital de Câncer de Barrets

Excelência em oncologia, o Hospital registra 6.000 atendimentos/dia, 100% gratuitos. Acolhe pacientes de todo o Brasil, com profissionalismo e humanização, o grande diferencial da instituição.

Com 55 anos de história, o Hospital de Câncer de Barretos possui diversas unidades de tratamento e prevenção. Nas cidades de Barretos (SP), Jales (SP) e Porto Velho, encontram-se os hospitais que oferecem tratamento para as pessoas que já possuem o câncer.

Já os Institutos de Prevenção, que realizam exames de diagnóstico precoce, estão presentes nas seguintes cidades: Barretos (SP), Fernandópolis (SP), Porto Velho (RO), Ji-Paraná (RO), Campo Grande (MS), Nova Andradina (MS), Juazeiro (BA), Lagarto (SE) e Campinas (SP) – já em funcionamento. Macapá (AP) – projetos em andamento.

Novas parcerias estão sendo fechadas em Rio Branco (AC) e com o estado de Mato Grosso para a construção de um Centro de Prevenção. Já em Palmas (TO), estuda-se a construção de um Hospital de Câncer para tratamento da doença.

Nossos números de 2016:

Realizados 829.081 atendimentos a 151.883 pacientes, vindos de 2032 municípios e distritos de todos os estados brasileiros. Desse total, 10.194 atendimentos foram para 428 pacientes do Tocantins.

Cristiano Machado

Morte de ex-vocalista do Dominó alerta sobre perigos de infecções na boca

O cantor Ricardo Bueno morreu na última quinta-feira (16) por conta de uma infecção dentária que se generalizou para o corpo; entenda o caso e saiba como se prevenir.

A morte do ex-vocalista da banda Dominó Ricardo Bueno, aos 40 anos, na última quinta-feira (16), após uma infecção generalizada causada por um problema odontológico faz um alerta para o problema: apesar de mais raro em casos de doenças bucais, a infecção em qualquer parte do corpo que não for bem tratada pode evoluir e se espalhar pelo corpo por meio da corrente sanguínea, a chamada sepse.

E a condição para ela ocorrer nem precisa ser grave: um simples corte na pele ou uma queimadura, se negligenciadas, podem causar a infecção, que surge principalmente quando há um desequilíbrio das bactérias que “vivem” dentro do nosso corpo (como a baixa imunidade, por exemplo).

Segundo o infectologista do Hospital Marcelino Champagnat,  Bernando de Almeida, é rara a condição de uma infecção bucal evoluir para uma sepse. “Ela pode ter como origem qualquer infecção localizada no corpo, mas as mais comuns são as provenientes da pneumonia e de infecções urinárias. ”

Mesmo com chances pequenas, o médico pontua alguns sinais de alerta que representam indícios de que a infecção localizada está evoluindo para a sepse: confusão mental, respiração acelerada, condições de cansaço e febre. E a atenção é redobrada para pessoas que se enquadram no grupo de risco — recém-nascidos, idosos, diabéticos, asmáticos, pessoas com doenças cardíacas ou que que sofreram traumas ( como cortes na pele, queimaduras, operações cirúrgicas e internamento hospitalar).

Problemas nos dentes 

Quando se trata de infecções bucais, os principais métodos de prevenção são o acompanhamento frequente com dentistas e a higienização adequada da boca, principalmente após procedimentos como implantação ou remoção de dentes. Também é preciso estar atento aos sintomas de infecções, que vão desde dores no dente ao aumento de volume da região bucal (inchaço), acumulo de pus e febre. Se isso acontecer, procure o quanto antes um médico para que seja feito o devido tratamento.

Sepse: tão perigosa quanto um infarto 

O infectologista ressalta ainda a importância da popularização do conceito da sepse. “Ela é tão perigosa quando um infarto no miocárdio ou o próprio câncer. É necessário que haja um maior conhecimento da população sobre essa condição para que haja uma maior prevenção e diagnóstico prévio, ” alerta.

A infecção generalizada é uma das principais causas de morte em pacientes internados nas UTIs brasileiras: de acordo com pesquisa do Instituto Latino Americano de Sepse, 58,94% dos pacientes com sepse que estavam nas UTIs brasileiras acabaram falecendo. A alta porcentagem de mortalidade, de acordo com o estudo, teve motivos como gravidade dos pacientes, o fato deles terem adquirido sua infecção quando já estavam internados na UTI (infecção hospitalar) e a inadequação do tratamento, principalmente o atraso para administração da primeira dose de antibióticos. Além disso, a pesquisa mostra que instituições com menor disponibilidade de recursos tiveram maior mortalidade.

Fonte:gazetadopovo

Governo troca comando da PM no Tocantins durante crise entre polícias Civil e Militar

Ex-comandante Glauber de Oliveira Santos foi para a Secretaria de Cidadania e Justiça. Coronel Edvan de Jesus Silva assume PM com déficit de 5,4 mil policiais.

O coronel Edvan de Jesus Silva assumiu na tarde desta segunda-feira (6) o comando da Polícia Militar do Tocantins. Durante entrevista, o novo comandante disse que as relações entre PM e Polícia Civil devem ser fortalecidas. O discurso faz referência ao delegado baleado por militares durante uma abordagem em Guaraí, região central do estado. Durante entrevista, ele disse que o caso está sendo investigado e será superado.

“Somos parceiros e amigos da Polícia Civil. Não vejo nenhum tipo de problema e o que vamos fazer é estreitar cada vez os nossos laços porque as nossas missões são comuns e juntos seremos mais fortes. Creio que não há necessidade de colocar lenha da fogueira. É algo que está sendo investigado e o importante é que o relacionamento entre as instituições deve ser fortalecido”, disse o novo comandante.

A troca de comando ocorreu no quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas. O coronel Glauber de Oliveira Santos deixou o cargo, após 2 anos e 10 meses, para ser efetivado na Secretaria de Cidadania e Justiça.

A mudança foi anunciada após falas polêmicas do ex-comandante sobre o delegado que foi confundido com um criminoso e baleado. Em entrevista, Santos disse que “a abordagem foi realizada dentro dos padrões do procedimento operacional padrão de um veículo identificado como suspeito.”

Nesta segunda-feira (6), ele agradeceu o tempo que passou no comando. “Eu completo 30 anos na corporação e o que a gente sempre procurou fazer foi trabalhar da melhor forma possível”, afirmou.

O governo não confirmou oficialmente o motivo da mudança no comando. “O que nós queremos são resultados, a sociedade nos cobra resultados e nós temos procurado dar esses resultados. Eu acredito que pela experiência do coronel Edvan, o coronel Glauber, que assume a Cidadania e Justiça, e os demais companheiros, vocês vão ver todos trabalhando bem para a sociedade”, disse o governador Marcelo Miranda (PMDB), durante transferência de comando.Coronel Edvan de Jesus Silva assumiu comando da PM (Foto: João Guilherme Lobaz/G1)

Aumento da criminalidade

O novo comandante assume a Polícia Militar em período de críticas e relatos de aumento na criminalidade em todo o estado. Além disso, um levantamento feito pelo Ministério Público Estadual aponta que o número de policiais está bem abaixo do ideal.

A PM do Tocantins tem atualmente há 3.660 militares para uma população de mais de 1,5 milhão de habitantes. O número representa apenas 40% do que seria necessário. O déficit é de 5,4 mil PMs.

Delegado baleado

O delegado da Polícia Civil Marivan da Silva Souza foi baleado durante uma ação de policiais militares em Guaraí, na região central do estado, no dia 28 de outubro. Os policiais estavam descaracterizados procurando suspeitos do assalto a um carro forte no dia anterior.

Souza levou três tiros, um na mão, um na orelha e outro de raspão na cabeça. Ele perdeu parte da orelha. Os policiais militares que participaram da abordagem estão presos no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas e entregaram as armas e a viatura usadas na ação.

G1/Tocantins

Campanha de Multivacinação para crianças e adolescentes termina hoje

Público alvo têm até às 17h30 para procurar os postos de saúde e atualizar os cartões de vacina. Estão disponíveis as vacinas contra hepatite A e B, tríplice viral, febre amarela, pentavalente, entre outras.

Campanha Nacional de Multivacinação encerra nesta sexta-feira (22) em todo o Tocantins. Mas em Palmeiróplis continua toda semana que vem nos postos de saúde. As crianças e adolescentes de até 14 anos que ainda não se vacinaram têm até às 17h30 para procurar um posto de saúde. A campanha começou no dia 11 deste mês.

O movimento nos postos foi tranquilo nesta semana, mas o último dia deve ser mais movimentado. “No último dia há uma procura maior aos postos de saúde e a gente reforça com os pais que é importante procurar unidade de saúde para verificar situação vacinal do seu filho”, disse a enfermeira técnica da Central de Vacinas de Palmas, Juliana Araújo,

Na capital, são 32 salas de vacinação abertas para atender o público alvo e o objetivo é atualizar os cartões de vacinas. Estão disponíveis as vacinas contra hepatite A e B, tríplice viral, febre amarela, pentavalente, tetravalente, DTP, rotavírus, meningite, pneumocócica 10 valente, poliomielite oral e inativada e HPV.

“A campanha é para fazer o resgate dos faltosos, crianças e adolescentes até 14 anos que, como rotina, não procuram as salas de vacina. É importante, porque essas doenças imunopreveníveis que não ouvimos mais falar, como caxumba, coqueluche, estão voltando, devido a baixa cobertura”, argumentou a enfermeira da gerência estadual de imunização da Secretaria Estadual da Saúde, Greicy Rivello.

Para receber as doses, os pais ou responsáveis devem levar um documento com foto e o cartão de vacinação da criança ou adolescente. Quem não tiver o cartão precisa procurar uma unidade básica de saúde para resgatar o histórico de vacinas.

G1/TO

Sacos de lixo empilhados em hospital chegam até o teto de depósito

Serviço de coleta não é feito há dias, segundo funcionários do Hospital Regional de Araguaína. Secretaria da Saúde disse que lixo tinha sido retirado, mas os resíduos seguem acumulados.

 O problema da coleta de lixo no Hospital Regional de Araguaína, norte do Tocantins, não foi resolvido. O Estado anunciou que o serviço tinha sido retomado, mas funcionários disseram que ainda há centenas de sacos de lixo acumuladas no local. O lugar onde os sacos são armazenados já não comporta tantos resíduos. Basta dar uma volta pelo local, para ser surpreendido com pilhas de lixo colocadas até no teto do depósito.

Nesta quinta-feira (22), a Secretaria Estadual da Saúde informou que uma parte do lixo foi retirada e que uma segunda coleta estava sendo realizada. Mas um funcionário que preferiu não se identificar disse que o problema continua.

“Recolheram um pouco do lixo e o restante colocaram em barris para poder camuflar o lixo e continuaram jogando mais lixo no local. Não foi resolvido o problema, o lixo não foi recolhido totalmente”.

A reportagem da TV Anhanguera encontrou funcionários da empresa responsável pelo serviço fazendo a retirada de alguns tambores de lixo, mas muito ainda foi deixado para trás. Por telefone, a representante da empresa Luciana Rodrigues disse que a paralisação é motivada pela falta de pagamento e que a coleta deveria ser feita todos os dias.

Enquanto isso, funcionários e pacientes precisam conviver com o mau cheiro. “É muito grande o volume de lixo que está lá. Tem mais de 50, 100 sacos de lixo. É muito lixo. O mau cheiro está grande dentro do hospital. Acredito que até a própria direção não está se sentindo bem com a situação”, disse uma funcionária que não quis se identificar.

A Secretaria Estadual da Saúde informou que nesta quinta-feira foi realizada uma coleta de lixo no hospital e que uma nova está prevista para esta sexta-feira.

Lixo no corredor

O lixo está acumulado há dias no hospital. Na última terça-feira (20), um vídeo feito por um acompanhante de uma paciente mostrou pessoas em macas nos corredores do hospital. Nas imagens, também era possível ver sacos de lixo perto dos pacientes internados.

Pacientes internados em corredor dividem espaço com lixo acumulado em hospital (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Pacientes internados em corredor dividem espaço com lixo acumulado em hospital (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

G1/TO