sábado, agosto 13, 2022

Últimas Notícias

PM em moto foi autor de tiro que matou menino de 10 anos em SP

Perícia analisou as armas usadas por policiais durante perseguição no último dia 2

Um laudo recebido pelo Departamento de Homicídos e Proteção à Pessoa (DHPP) conclui que umpolicial militar que estava de moto foi o responsável pela morte do menino Ítalo, de 10 anos, durante perseguição policial no último dia 2 em São Paulo. O garoto foi morto com um único tiro de pistola calibre.40, que atingiu a região próxima a seu olho esquerdo. As informações são do G1.

Afastados, os seis policiais envolvidos no caso têm de se apresentar na Corregedoria da corporação às 8h para fazer serviços administrativos desde a segunda-feira (13). Antes, os agentes já tinham sido retirados das ruas, mas não precisavam comparecer ao órgão.Todos entraram há pouco tempo na polícia, sendo que a maioria trabalha no policiamento de rua há seis meses.

A Corregedoria da PM investiga se eles cometeram irregularidades na abordagem ao menino. A Polícia Civil apura se os agentes agiram em legítima defesa, como dizem, ou se executaram a criança. O DHPP deve fazer uma reconstituição da cena ainda nesta semana.

Para o advogado Marcos Manteiga, que representa os policiais, a prisão é “velada e ilegal” porque nenhum deles foi indiciado pela morte da criança. Na sexta, Manteiga mudou a versão apresentada sobre a ação dos policiais, dizendo que o tiro foi dado enquanto o carro furtado pela vítima e por um amigo de 11 anos estava em movimento.

Na opinão de Júlio César Fernandes Neves e de Walter Foster Junior, ouvidores da polícia de São Paulo, o caso exige atenção especial porque a perícia apontou que no local onde o menino foi morto foi alterado pelos PMs. Os policiais alegaram que tiveram de fazer buscas no veículo à procura de mais armas, já que o menino teria atirado com um revólver calibre 38.(fonte:notícias ao minuto)

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.