terça-feira, janeiro 18, 2022

Últimas Notícias

Paranã do Tocantins é afetado pelas chuvas e enfrenta surtos de dengue e rotavírus; ‘hospital lotado’

Município é castigado há dias pelas fortes chuvas.

Além das enchentes provocadas pelas fortes chuvas, o município de Paranã, no sudeste do Tocantins, agora enfrenta surtos de dengue e rotavírus. A informação foi divulgada pelo prefeito Fábio da Farmácia em vídeo postado nas redes sociais nesta terça-feira (04).

Na gravação, o prefeito afirma que houve chuvas acima da média, cita estragos causados pela água e destaca ações de socorro aos afetados.

Ele também disse que a prefeitura vai trabalhar agora na recuperação do que foi estragado e “tentar amenizar o problema dos atolamentos nas estradas vicinais, porque a chuva está sendo muito intensa no ano de 2021 e agora no início de 2022″.

Na parte final do vídeo, Fábio da Farmácia pede ajuda dos moradores de Paranã na luta contra a dengue. “Também quero pedir a você, cidadão de Paranã, que nos ajude a manter os quintais limpos, sem criadouros para o mosquito da dengue, porque passamos hoje por um surto de dengue e rotavírus na nossa cidade. Nosso hospital está totalmente lotado […]”, afirma.

Veja o vídeo 

Rotavírus

Conforme a Fiocrus, o rotavírus é uma doença causada por sete tipos diferentes de sorotipos que são antigêncios diferentes, mas da mesma espécie microbiana. Porém, apenas três infectam o ser humano.

Os principais sintomas são diarreia – que pode levar a desidratação -, vômitos e febre, além de problemas respiratórios, como coriza e tosse.

A transmissão pode ser fecal-oral ou seja, o vírus é eliminado nas fezes do paciente, contamina a água ou alimentos, e pode entrar em contato com a pessoa através das mãos.

Dengue

A dengue é uma doença febril aguda, sistêmica e dinâmica, variando desde casos assintomáticos a quadros graves, inclusive óbitos. Nos casos sintomáticos, pode apresentar três fases clínicas: febril, crítica e de recuperação.

A dengue é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegypti infectada com o vírus. A principal medida é eliminar os criadouros do mosquito.

AF Notícias.

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.