domingo, agosto 14, 2022

Últimas Notícias

Jovem que teve HIV injetado pelo pai quando era bebê supera trauma

“Ele não apenas tentou me matar, mas mudou minha vida para sempre. Mas quero viver a minha vida”, disse Brryan Jackson, de 25 anos

Brryan Jackson, de 25 anos, é soropositivo. O jovem norte-americano se tornou portador do HIV ainda quando bebê, sendo infectado propositalmente pelo próprio pai, que estava se separando da mãe do menino e temia o pagamento de pensão.

O então bebê de 11 meses teve febre alta, problemas no fígado e fungos sob as unhas, ficando internado em um hospital nos EUA, com alto risco de morte, levando os médicos a fazerem um exame mais profundo para entender melhor o que acontecia com aquela criança.

“Minha mãe tinha um filho de um relacionamento anterior quando conheceu meu pai e ambos decidiram ter uma nova criança. Mas quando ele voltou da Primeira Guerra do Golfo (em 1991, quando serviu como soldado), suas atitudes em relação a mim tinham mudado completamente. Ele começou a dizer que eu não era seu filho”, contou o jovem, conforme publicado pela BBC Brasil.

A infecção do vírus foi feita durante uma internação causada pela asma. O pai do rapaz, um técnico em hematologia, aproveitou a saída da mãe do quarto para injetar o HIV no menino, sem ao menos usar o mesmo tipo sanguíneo do bebê, causando reação imediata.

Os médicos deram apenas cinco meses de vida a Jackson, que resistiu e está firme e forte hoje. Brryan superou os traumas da infância, como o preconceito na época do colégio, além de surdez e problemas na fala, e se tornou palestrante motivacional, criando ainda a ONG Vivendo com Esperança, que promove maior compreensão sobre a doença e estimula mais solidariedade com portadores do vírus.

O pai do rapaz, Brian Stewart, foi condenado à prisão perpétua, em 1998. “Ele não apenas tentou me matar, mas mudou minha vida para sempre. Mas quero viver a minha vida”, disse o jovem.

No entanto, Stewart luta por liberdade e, ainda este ano, deve conseguir uma audiência para tratar da condicional. Mas o filho pretende ler um comunicado no qual recomenda que o pai siga preso.(fonte:noticias ao minuto)

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.