quinta-feira, maio 19, 2022
spot_img

Últimas Notícias

Inmet eleva para vermelho nível de alerta para alagamentos e deslizamentos no sul do Tocantins

Em todo o Tocantins há alerta para tempestades, mas a situação é mais grave na região sul por causa do excesso de chuva acumulado.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) elevou para vermelho o nível de alerta para transbordamentos de rios, alagamentos e deslizamentos na região sul do Tocantins.

Esta é a cor que indica maior perigo na escala usada pelo instituto. Todo o estado está sob risco de tempestades, mas a situação é mais grave na região sul por causa da quantidade de chuva já acumulada.

Ao todo, 10 cidades tocantinenses estão na área do alerta. Veja a lista:

  1. Aliança do Tocantins
  2. Almas
  3. Alvorada
  4. Araguaçu
  5. Arraias
  6. Aurora do Tocantins
  7. Brejinho de Nazaré
  8. Cariri do Tocantins
  9. Chapada da Natividade
  10. Combinado

Além disso, o mesmo alerta vale para municípios em partes de Mato Grosso, Goiás, Bahia e Minas Gerais.

Nas partes central e norte do Tocantins há outros alerta, de níveis laranja e amarelo, para chuvas intensas.

A capital registra pancadas de chuva desde a noite de quarta-feira (22), mas nesta sexta-feira (24), após uma manhã chuvosa, o tempo melhorou.

O alerta vermelho vai permanecer em vigor durante toda a véspera de Natal e pelo menos até o fim da manhã do dia 25, quando o nível de alerta será reavaliado.

Nestas áreas sob o alerta vermelho são esperadas chuvas com volumes de até 100 milímetros por dia. As orientações do Inmet são as seguintes:

  • Desligue aparelhos elétricos, quadro geral de energia.
  • Observe alteração nas encostas.
  • Permaneça em local abrigado.
  • Em caso de situação de inundação, ou similar, proteja seus pertences da água envoltos em sacos plásticos.
  • Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).
  • g1 Tocantins.

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.