sábado, agosto 13, 2022

Últimas Notícias

Conta de água vai ficar mais cara a partir de julho em Goiás

O reajuste anual é previsto em lei e foi calculado com base nos custos da Saneago entre janeiro e dezembro de 2015

A partir de julho, o goiano terá que se esforçar mais para economizar água e, assim, não ver o peso da conta no bolso. No mês que vem, toda fatura medida virá com reajuste médio de 9,16%, conforme calculado e aprovado pela Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR).

O reajuste anual é previsto em lei e foi calculado com base nos custos da Saneago entre janeiro e dezembro de 2015, mas é diferente do processo ocorrido no ano passado, quando se fez a revisão tarifária. Neste caso, foi levado em conta todas as perdas pela empresa nos últimos cinco anos.

Para o reajuste deste ano, o que mais pesou foi o Índice de Preço do Consumidor Amplo e o índice de investimentos da empresa no ano passado. O superintendente de comunicação da Saneago, Luiz Novo, explica que é importante ressaltar o investimento, pois garante uma situação confortável no abastecimento. “Entendemos a situação do consumidor, mas é o impacto inflacionário chegou a isso”, diz.

Susto

A aposentada Antônia Brito de Almeida, de 67 anos, ficou assustada quando soube do novo aumento na tarifa de água. “Mas já vai aumentar de novo? A água está muito cara”, diz.

Vice-presidente da Associação das Donas de Casa de Goiás (ADCG), Raimunda Araújo lembra que o consumidor tem de se virar, já que o salário não recebeu o mesmo reajuste se contar a água, luz e gás. “Só isso já dá quase 60% do salário”, diz.(fonte:o popular)

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.