Ingere cafeína assim que acorda? Então, reconsidere esse hábito.

Mais de 85% da população mundial consome cafeína regularmente, e o café é a principal bebida ingerida com a substância. E esta também é a razão pela qual 40% dos cidadãos não dormem o suficiente. 

A maioria dos indivíduos toma a sua primeira xícara de café nas primeiras horas da manhã, logo após acordar. Porém, de acordo com nutricionistas, se quer mesmo se sentir acordado e em estado de alerta para realizar melhor as suas tarefas durante a tarde, talvez não deva consumir cafeína assim tão cedo. 

O que acontece no organismo

Quando despertamos, o organismo produz doses elevadas de cortisol, o hormônio do stress responsável por suscitar ansiedade. 

Se consumimos cafeína nesse período, os níveis de cortisol tornam-se ainda mais altos, sendo até perigosos para pessoas naturalmente ansiosas. Mais tarde, quando os níveis no sangue tanto de cafeína como de cortisol diminuem na corrente sanguínea, tendemos a sentir mais cansaço do que o seria esperado.

Beba café mais tarde

“Beba café quando o seu corpo estiver a produzir menos cortisol”, recomenda Laura Cipullo, nutricionista e autora do livro ‘The Women’s Health Body Clock Diet’ (‘A Dieta do Relógio para um Corpo Feminino Saudável’), em entrevista ao site CNBC.com.

Ou seja, se costuma acordar entre as 6h e 8h da manhã, deverá ingerir café entre as 9h e as 11h. Esta mudança deve ser feita aos poucos, caso já tenha o hábito de consumir cafeína logo ao despertar. Com uma transição repentina, a pessoa pode se sentir repentinamente esgotado e até com dificuldades em raciocinar. 

Já a nutricionista Melanie Dellinges defende que mais importante que o horário é a quantidade de cafeína consumida, não devendo ultrapassar quatro xícaras por dia. Dellinges ressalta ainda a importância de cessar o consumo de café antes do fim da tarde, já que a substância pode atrapalhar o sono até seis horas antes após ingerida. Em outras palavras, se pretender dormir às 21h, por exemplo, não deve tomar café depois das 15h.

Notícias ao Minuto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here