Cidades, Destaque

Tocantins tem mais de 5 mil ações na Justiça por crimes de trânsito

Segundo levantamento do Tribunal de Justiça, boa parte das ações é por acusa de motoristas bêbados. Araguaína é a cidade com o maior número de casos: 1.108 ações.

Tocantins possui mais de 5,5 mil ações tramitando na Justiça por crimes de trânsito. De acordo com levantamento do Tribunal de Justiça, Araguaína é a cidade com o maior número de casos: 1.108 ações. Palmas tem 792 processos em andamento. Um dos casos de maior repercussão no estado é o do médico Pedro Caldas, ele morreu após ser atropelado enquanto corria em uma rodovia marginal.

A primeira audiência sobre o caso do médico foi realizada no início de julho. Segundo a Polícia Militar, na época, a suspeita do atropelamento não apresentou carteira de habilitação. Ela foi denunciada por homicídio qualificado e pode ser levada a júri popular. Também há suspeita de que ela havia bebido.

Ainda conforme o levantamento do TJ, boa parte dos casos está relacionado à embriaguez ao volante. Em maio deste ano, por exemplo, um motorista foi preso após atropelar cinco ciclistas na zona rural de Palmas. Em vídeo gravado na delegacia, o motorista Deusiano Santana, de 57 anos, confessou que havia consumido bebida alcóolica.

Dados do projeto Vida no Trânsito apontaram que foram registradas 40 mortes em Palmas, em 2017. Em 24% dos casos havia combinação de álcool e direção. Desde 2008, a Lei Seca proibiu qualquer quantidade de álcool no organismo dos motoristas.

“Com 0,1 [por cento de álcool no organismo] já vai ser lavrado auto em flagrante e a pessoa vem pra Justiça presa. Tem mais a multa que é administrativa, mas o réu responde ao processo criminal e pode, inclusive, permanecer preso”, alerta o juiz Jordan Jardim, do Juizado Especial Cível e Criminal Norte de Palmas.

G1 Tocantins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.