Córrego transborda e rodovia federal fica interditada no Tocantins

Trânsito ficou parado no início da manhã após água passar por cima da BR-226 entre Aguiarnópolis e Palmeiras do Tocantins. Tráfego no local foi liberado.

Fortes chuvas registradas na região norte do estado desde a madrugada desta sexta-feira (23) fizeram um córrego transbordar e passar por cima da BR-226.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a pista chegou a ficar totalmente interditada no trecho entre Aguiarnópolis e Palmeiras do Tocantins, mas o trânsito está liberado neste momento.

Segundo a PRF, o córrego Grota Seca transbordou e danificou parte do aterro do acostamento da rodovia.

Se a chuva continuar o trânsito pode ser interrompido novamente e há o risco de desmoronamento porque a galeria de água não está comportando o volume de água.

Este é o mesmo trecho que ficou interditado em 2014, após a água provocar uma erosão e atingir a estrada. Naquela ocasião, os motoristas precisaram fazer um desvio por rodovias estaduais com aproximadamente 62 quilômetros de distância.

G1 Tocantins

Córrego transborda e atrapalha trânsito em rodovia federal no sul do estado

Trânsito ficou impedido durante parte da manhã na BR-153, entre Gurupi e Aliança do Tocantins. Previsão é de que a chuva continue em todas as regiões do estado.

A chuva deve continuar em todas as regiões do estado nos próximos dias e os efeitos podem ser vistos nas áreas urbanas, no interior e até nas rodovias.

Nesta sexta-feira (9), um córrego transbordou no trecho da BR-153, entre Gurupi e Aliança do Tocantins, e atrapalhou o trânsito.

Um vídeo feito pelo motorista Lázaro Antônio no início da manhã mostrou as águas do córrego passando por cima da rodovia. Segundo ele, carros de pequeno porte não estavam conseguindo passar pela rodovia.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que esteve no local no fim da manhã e a água havia baixado. Porém, foram colocados cones para ajudar na sinalização.

Desde o último final de semana choveu cerca de 210 milímetros na região de Gurupi, quase todo o esperado para o mês de fevereiro. Nesta sexta-feira foram 15,4 mm, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Em outras regiões do estado, as chuvas provocaram o aumento de crateras e ameaçam casas em Paraíso do Tocantins e Porto Nacional. Em Araguaína, moradores de um povoado estão ilhados há mais de uma semana e crianças estão sem estudar.

Também na região sul, a chuva atrapalhou até o momento do último adeus de uma família a um parente. Isso porque as covas de um cemitério público ficaram alagadas.

A previsão é de que a chuva continue nos próximos dias.

G1 Tocantins