Pedreiro é morto a facadas ao tentar separar briga em comércio no Tocantins

Crime aconteceu em Guaraí, na região central do estado. Testemunhas contaram que homem tentava defender dono de estabelecimento e foi golpeado no peito.

O pedreiro Leandro Francisco Venceslau, de 32 anos, morreu em um comércio após tentar separar uma briga e ser esfaqueado. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu em Guaraí, na região central do estado, no final da noite desta segunda-feira (8).

Testemunhas contaram a polícia que o crime aconteceu em um estabelecimento na avenida Rio Grande do Sul, próximo ao setor Pôr do Sol. Venceslau teria morrido tentando defender o dono do comércio, onde também funciona um bar.

A vítima foi atingida por três golpes de faca no peito e morreu no local. O suspeito do crime foi identificado como Zito. Conforme a polícia, o dono do comércio também foi ferido e levado para o Hospital Regional de Guaraí (HRG).

Venceslau era casado e deixa três filhos. O corpo do pedreiro foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína. O suspeito do crime fugiu e ainda não foi localizado pela polícia.Pedreiro morreu após levar facadas no peito (Foto: Arquivo Pessoal)

G1 Tocantins