Encontro em Alvorada reúne doze prefeitos em apoio a Carlesse

O encontro em Alvorada, nesta quinta-feira, 30, mostrou toda força da candidatura de Mauro Carlesse (PHS) na região sul do Tocantins.

Doze prefeitos estavam no palanque da coligação Governo de Atitude, que além do Governador reuniu os candidatos ao Senado César Halum (PRB) e Eduardo Gomes (SD), postulantes a vagas na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa.

“Estou muito feliz em ter ao meu lado esses prefeitos e outros líderes. É uma união de pessoas que entenderam que só assim o Tocantins será melhor para todos. Vamos trabalhar com todos eles valorizando os municípios, pensando no povo”, disse o Governador, que na região sul, onde começou sua trajetória política, tem o apoio de quase 100% dos gestores municipais.

O candidato a senador César Halum (PRB) disse ser fundamental ter um Governador forte e de comando. “É preciso acreditar que o Tocantins tem rumo e que a união de todos é importante para a retomada do crescimento”, reforçou.

Eduardo Gomes, também candidato ao Senado, enalteceu as qualidades de Carlesse e do grupo que hoje governa o Tocantins. “Aprendi esses dias uma forma simples de governar, sempre aberta aos líderes e com planejamento pensando no futuro”.

Ainda estiveram presentes no encontro de Alvorada os candidatos a deputado estadual Gleydson Nato, Edindo, Junior Veras, Silvia Marrafon e Luana Ribeiro, e os candidatos a deputado federal Carlos Gaguim e Josi Nunes.

Prefeitos

Doze prefeitos reafirmaram apoio à reeleição de Carleese. O anfitrião de Alvorada, Paulo Antônio; de Figueirópolis, Fernandes; de Jaú do Tocantins, Onassys Moreira, de Peixe, José Augusto; de São Valério, Olimpio; de Aliança, Coronel Tavares; de Talismã, Diogo; de Palmeirópolis, Fábio Vaz; de Sandolândia, Silvinha; de Cariri, Junior Marajó; de Nova Rosalândia, Ladir; e de São Salvador, André Borba.

Ascom Carlesse Governador

Presidente da ATM e prefeitos do Tocantins participam de congresso municipalista no Uruguai

Congresso Flacma: Políticas de Acordos para o Desenvolvimento Econômico, Cultural e Político das Regiões recebe prefeitos de toda a América Latina.

Enquanto vice-presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM) e presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), o prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, participa nesta quarta-feira, 29,  em Montevideo, Uruguai, do Congresso Flacma: Políticas de Acordos para o Desenvolvimento Econômico, Cultural e Político das Regiões. Mariano está acompanhado dos prefeitos Adriano Morais (São Sebastião do Tocantins), Ailton Francisco (Presidente Kennedy), Fernandes Martins (Figueirópolis) e Marlen Ribeiro (São Félix do Tocantins).

Segundo os organizadores, o objetivo do congresso é consolidar uma representação continental mais forte e inclusiva com impacto real sobre as políticas públicas no continente, além de acordar um plano de ação anual e delinear um portfólio de iniciativas que a Flacma defenderá nos próximos anos.

Federação Latinoamericana de Cidades, Municípios e Associações, a Flacma é uma espécie de organismo internacional que defende os interesses locais e a autonomia dos entes municipais na América Latina.

Além disso, o encontro busca construir pontes de cooperação e relações de trocas entre as autoridades locais. No Congresso, os prefeitos discutem os Planos de Desenvolvimento Territorial e Urbano, e participam também do encontro da Cúpula Hemisférica de Prefeitos e Governos Locais, encabeçado pela Flacma.

Jairo Mariano comenta a participação dos prefeitos tocantinenses no encontro. “Estamos aqui para conhecer os projetos de inovação executados nos municípios latinos americanos e para construir modelos de gestão a serem aplicados em nossas cidades”, disse. Esse é o segundo encontro internacional de autoridades latinas americanas que prefeitos do Tocantins participam. O primeiro ocorreu em agosto de 2017, na cidade de Pachuca, no México.

O congresso segue até esta sexta-feira, 31. 

Associação Tocantinense de Municípios – ATM

César Halum, candidato ao Senado conquista apoio de prefeitos do Sul e Sudeste do Tocantins

O suplente de senador, Darci Garcia também participou do encontro, ocorrido na tarde desta segunda-feira, 20, em Palmas.

“Chegamos ao consenso de que o César Halum é o melhor nome para representar, nós do Sul e Sudeste do Tocantins”, declarou o presidente do Consócio Intermunicipal Vale Serra Dourada, prefeito de Jaú do Tocantins, Onassys Moreira (PSD).

Primeiro o grupo se reuniu com o candidato a senador, César Halum e posteriormente com o governador e candidato à reeleição, Mauro Carlesse (PHS), que estava acompanhando de seu candidato a vice-governador, Wanderlei Barbosa.

Além dos prefeitos do consórcio: Zé Augusto (PSDB/Peixe); Diogo Borges (PSB/Talismã); Fábio Vaz (PSD/Palmeirópolis);Olímpio Arraes (PSD/São Valério), Fabrício Viana (MDB/Paranã), os prefeitos Júnior Marajó (PV/Cariri do Tocantins) e Diva Ribeiro (PR Riachinho) também declararam apoio a Halum.

“Estamos felizes com a conquistas do apoio dos prefeitos. Graças a Deus nosso projeto diariamente tem recebido adesão de vereadores, lideranças políticas e população de todas as regiões do Tocantins”, disse o candidato a senador César Halum.

O candidato ao Senado, na chapa encabeçada pelo candidato ao governo Mauro Carlesse, pela coligação “Governo de Atitude”(PRB/ PHS//PP/DEM/PTC/SD/PATRIOTA/PROS/AVANTE/PPS/PSDC/PPL, também esteve em Miracema, nesta segunda-feira, onde acompanhado dos vereadores, Pedro da Farmácia e Aloísio, ambos do PRB, visitaram o prefeito, Moisés da Sercon (MDB).

Assessoria de Imprensa do senador César Halum 

Prefeitos de todo o Brasil estão mobilizadas em Brasília para pressionar Executivo e Legislativo Federal

“Momento de união dos prefeitos e pressão no Congresso Nacional”, disse presidente da ATM durante mobilização de gestores em Brasília.

O presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, gestores de Tocantins e de todo o Brasil se reuniram na sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM) nesta terça-feira, 7 de agosto, para lutar pela aprovação de pautas que beneficiam as administrações locais.

A Mobilização Municipalista – Gestores em Brasília pela Aprovação de Pautas Prioritárias reforça que matérias como Lei Kandir, Impostos Sobre Serviços (ISS) e Licitações devem ser aprovadas ainda este ano.

“Sabemos que muitas das conquistas obtidas pelos Municípios vieram após intensas mobilizações e pressão em Brasília. Momento é de união dos prefeitos e pressão no Congresso Nacional para aprovação e regulamentação de matérias em andamento nas duas casas”, explicou Mariano. “Além disso, iremos nesta quarta-feira se reunir com o presidente Michel Temer para avançar pautas dentro do Executivo prometidas na Marcha deste ano”, lembrou o presidente da ATM, ao revelar que agenda com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também está na programação da mobilização.

Pautas no Congresso

Dias antes da mobilização, presidentes e líderes municipalistas de todo o Brasil se reuniram por meio do Conselho Político da CNM para definir as pautas prioritárias que deverão ser defendidas no Congresso Nacional. Dentre elas, a Nova Lei de Licitações, definida nos Projetos de Lei 1.292/1995, 6.814/2017 e outros 230 apensados; o Projeto de Lei Complementar 461/2017, que define quem são os tomadores dos serviços para recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS); e a regulamentação da Lei Kandir, proposta no PLP 511/2018.

O presidente da CNM, Glademir Aroldi, lembrou que, acerca da Nova Lei de Licitações, a entidade tem trabalhado desde o início da tramitação a fim de que as necessidades dos Municípios sejam atendidas. Mesmo com a atuação do relator do projeto, o deputado João Arruda (PR), o texto ainda não foi votado na comissão especial que discutia o assunto. A esperança do movimento é que a matéria seja pautada em Plenário, por meio da aprovação de um requerimento de urgência.

Por sua vez, o prefeito de Pedro Afonso, que também é vice-presidente da CNM, comentou sobre o projeto do ISS, que se trata de uma construção da Confederação para definir quem são os tomadores dos serviços e possibilitar o recolhimento do imposto de maneira justa e que promova justiça fiscal aos Municípios.

Segundo Mariano, a regulamentação da Lei Kandir ganhou ainda mais força com a participação do relator da matéria na comissão mista, o senador Wellington Fagundes (MT).

Presente na reunião, o parlamentar defendeu que a solução não é acabar com a Lei Kandir, como o governo tem sugerido, mas sim cumprir o que está previsto na lei. “O Supremo já determinou. Se até setembro deste ano, o Congresso for omisso, ficará encarregado de tratar dessa compensação o Tribunal de Contas”, contou Fagundes. Ele lembrou ainda que “é só o presidente [Rodrigo Maia] colocar para votação. Vocês têm que ir pra frente da presidência do Congresso e pressionar”, frisou.

 Pautas no Executivo

Aroldi lembrou aos participantes que muitas pautas já avançaram após a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que ocorreu em maio deste ano. “Sete dos dez itens avançaram, mas ainda ficaram três sem definição. E estamos trabalhando para avançar neles”, destacou o presidente da CNM ao pontuar os itens.

Parte da mobilização, a agenda com Temer deve ser o momento em que os gestores poderão cobrar o avanço das pautas que ainda não tiveram avanço. Além disso, segundo Aroldi, o movimento deve pedir ao presidente da República que vete a matéria que regula a atividade dos agentes comunitários de saúde e de combate às endemias (ACS e ACE). “Vamos cobrar que pelo menos essas três pautas avancem e que ele [Temer] vete a medida do ACS”, defendeu.

Presença

Para reforçar o movimento municipalista o ex-presidente da CNM Paulo Ziulkoski também participou do evento. “Não tenho cargo, mas estou aqui para ajudar e somar forças”, disse Ziulkoski. O municipalista aproveitou a oportunidade para lembrar aos gestores que eles podem recorrer a algumas alternativas no sentido de amenizar a crise municipal.

(Com informações da Agência CNM)

 Imprensa ATM

Campanha de Carlesse ganha mais força e recebe adesão de nove prefeitos que apoiaram Kátia e Vicentinho

O governador interino e candidato ao Governo do Estado no segundo turno das eleições complementares, Mauro Carlesse, recebeu na manhã desta terça-feira, 5, o apoio de mais nove prefeitos.

Pertencentes a várias siglas, eles apoiaram, no primeiro turno, os candidatos Vicentinho Alves e Kátia Abreu. Junto com os gestores municipais vieram também vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças políticas.

Declararam apoio à coligação de Carlesse, os gestores: Luciano Pereira (PSD), de Goianorte; Padre Florisvane (PSD), de Divinópolis; Suelen Lustosa, conhecida como Sussu, (PSD) de Lizarda; Valdemir Barros (PSDB), de Pium; Wesley Camilo (PSDB), de Centenário; Itamar Barrachini (SD), de Santa Maria; Doutor Natan (PP), de Tupirama; Isabela Simas (MDB), de Araguacema; e Olímpio Arraes (PSD), de São Valério da Natividade, Onassys Moreira de Jaú e Fabio Vaz de Palmeirópolis..

Carlesse ouviu de cada um deles o motivo pelo qual resolveram apoiá-lo neste segundo turno. A principal razão apontada é a certeza de que, neste momento, Carlesse é o único que pode garantir estabilidade ao Estado.

Outro motivo seria a saída da senadora Kátia Abreu da disputa e a rejeição ao candidato Vicentinho. “Tomamos a decisão de apoiar o governador Carlesse porque entendemos que ele é o melhor para o Estado. Ele está há muito pouco tempo à frente do Governo e já resolveu muitos problemas, por isso agora estamos com o 31”, explicou Padre Florisvane, prefeito de Divinópolis.

Aliado de Vicentinho no primeiro turno, o prefeito de Pium, Valdemir Barros, defendeu Carlesse como melhor nome para o Governo. “Ele atende aos anseios de todos os tocantinenses. É um nome novo na política, com boas intenções e que já mostrou trabalho. Tenho certeza que ele sendo eleito no próximo dia 24, o Estado estará em boas mãos”, disse Barros. 

Para Mauro Carlesse, todos aqueles que defendem um Tocantins com estabilidade são bem-vindos à sua coligação Governo de Atitude. “Agora é uma nova eleição, entendemos e respeitamos o fato de que muitos companheiros gostariam de estar conosco no primeiro turno, mas não podiam por questões partidárias. Mas agora, nessa “nova eleição”, eles são todos bem-vindos porque, assim como nós, também defendem o melhor para o Tocantins, que é o equilíbrio das contas públicas e o investimento nos municípios, o que só se consegue com estabilidade”, declarou Carlesse.

Ascom Mauro Carlesse

Prefeitos garantem que Kátia Abreu resgatará o desenvolvimento do Tocantins

O prefeito de Fátima, Washigton Vasconcelos (PSD) disse estar preocupado com administração pública estadual delineada nos últimos anos, assegurando que somente Kátia Abreu tem condições de “restabelecer” o desenvolvimento do Tocantins.

“O Tocantins precisa de uma pessoa que verdadeiramente o traga de volta ao desenvolvimento, já que, nos primeiros 16 anos de sua criação cresceu vertiginosamente e nos últimos 14 anos caiu drasticamente, face às más gestões e atos de corrupção, o que já desencadeou em duas cassações, sendo que a última agora culminou em uma eleição suplementar. Kátia é a única capaz de mudar para melhor a história do Tocantins”, relata o prefeito em carta aberta distribuída à população na cidade.

Neila Maria da Silva (MDB), prefeita de Santa Rita, também disse que apóia Kátia Abreu porque acredita em mudança e que a candidata é capaz de reconstruir o Estado. “Eu acredito que o Tocantins com a Kátia está no caminho dessa mudança e só uma pessoa com muito conhecimento da política e com muita força, garra e coragem igual a Kátia pode mudar a história do nosso Estado. Kátia levou o nosso Tocantins para mundo e sendo governadora com certeza ela vai nos orgulhar muito pela administração que fará no Governo”, confia.

Fotos: Divulgação

Assessoria de Comunicação da candidata Kátia Abreu (PDT)

XXI Marcha de prefeitos do Tocantins a Brasília começa nesta segunda-feira, 21

Debate com presidenciáveis, definição de pautas ao Congresso Nacional e diversas arenas temáticas estão na programação do encontro

Dezenas de prefeitos tocantinenses já se encontram em Brasília para a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que inicia-se nesta segunda-feira, 21, no Centro Internacional de Convenções do Brasil – CICB. Mobilizados pela Associação Tocantinense de Municípios (ATM), os prefeitos buscam na capital federal a defesa dos interesses municipalistas nos três poderes, além de mais recursos aos cofres municipais.

Segundo a Confederação Nacional de Municípios (ATM), organizadora do encontro, oito pré-candidatos à presidência da República já confirmam presença na Marcha.  O evento deste ano reserva dois momentos para receber os presidenciáveis e debater as prioridades dos governos locais e as necessidades de mudanças estruturais da federação brasileira. Os painéis ocorrem nos dias 22 e 23, a partir das 14h.

Pré-candidatos

Na programação do evento estão previstos quatro pré-candidatos por dia. Na terça-feira, 22, os municipalistas receberão, em painéis individuais, Álvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede), e Manuela D’Ávila (PCdoB). Já no dia 23, confirmaram presença Jair Bolsonaro (PSL), Afif Domingos (PSD), Geraldo Alckmin (PSDB) e Henrique Meirelles (MDB). Ainda na quarta-feira, está programada a leitura de uma carta de Luiz Inácio Lula da Silva, pré-candidato do PT.

Após exposição, os presidenciáveis responderão questionamentos sobre os principais problemas enfrentados atualmente nos Municípios, de Norte a Sul do País, inclusive em relação à partilha de competências e dos recursos entre os Entes federados. Além de conhecer as propostas de governo, a expectativa do movimento municipalista é obter do futuro presidente da República o compromisso com a causa municipalista.

Força

O presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, enfatiza que a Marcha representa a força dos Municípios na federação brasileira. “É por meio da Marcha que reduzimos a desigualdade entre União, Estados e Municípios; angariamos recursos aos cofres municipais e, principalmente, levamos o clamor das comunidades locais ao presidente da república, congressistas e ministros de justiça”, explica. Do Tocantins, estão inscritos 160 participantes, sendo 74 prefeitos, e 86 municipalistas, divididos entre vice-prefeitos, vereadores, secretários e servidores municipais.

O encontro vai até esta quinta-feira, 24.

Clique aqui e confira a programação do encontro.

Em Pedro Afonso, Ministro dos Transportes assina autorização para contratação das obras das BRs 010 e 235; Prefeitos comemoram

Obras da BR 010 serão realizadas entre Aparecida do Rio Negro e Santa Maria; BR 235 compreende a pavimentação de Pedro Afonso à divisa MA/TO.

O presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), prefeito de Pedro Afonso, acompanhado de prefeitos dos Municípios tocantinenses que serão diretamente beneficiados com a construção das BRs 010 e 235, se reuniu nesta quinta-feira, 10, no auditório da Prefeitura de Pedro Afonso, com o Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casemiro, durante solenidade de assinatura da autorização para a contratação de obras de pavimentação dessas rodovias federais em solo tocantinense.

Com a autorização assinada, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) dará início ao processo licitatório das obras de pavimentação. No trecho da BR 010, entre os municípios de Aparecida do Rio Negro e Santa Maria do Tocantins, serão pavimentados 168,7 km de estradas, bem como a construção de ponte sobre o Rio Perdido, na divisa do Tocantins com o estado de Goiás. 

Além disso, serão pavimentados 69 km de estradas pertencentes a BR 235, entre a divisa Maranhão/Tocantins e as proximidades do município de Centenário.

Escoamento e mobilidade

Segundo presidente da ATM, as obras corresponderão a uma demanda histórica da região. “Não somente Pedro Afonso, mas outros dez municípios tocantinenses serão diretamente beneficiados com as obras aqui contratadas. Trata-se de uma oportunidade única de progresso econômico e social de uma região que se encontra presente dentro de um grande pólo agrícola do país. As obras trarão certamente uma dinâmica de desenvolvimento para a região, com mais escoamento e mobilidade”, afirmou Mariano, que falou em nome dos Municípios diretamente beneficiados.

Operacional

O Ministro dos Transportes elencou os próximos passos a serem dados para que as obras sejam iniciadas. “Esse ato autorizou a nossa superintendência no Tocantins para fazer o processo licitatório de inicio das obras. O projeto já está pronto, e vamos colocar o edital na praça. Posteriormente, receberemos as propostas e assinaremos os contratos”, disse o ministro, que projeto o prazo de dois meses para a assinatura da ordem de serviço.

Em seu discurso, Casimiro ordenou que a construção da ponte sobre o Rio Perdido seja a primeira obra ser iniciada. “Já trará benefícios imediatos à população”, disse, ao enfatizar que as eleições presidenciais de 2018 não afetarão o ritmo das obras. “Recursos de bancada, logo serão colocadas nas devidas rubricas”. O ministro estava acompanhado do deputado Federal pelo Tocantins, Vicentinho Junior, além do Superintendente do DNIT no Tocantins, Eduardo Suassuna, e do diretor de Planejamento e Pesquisa, André Martins.

Benefícios

O prefeito de Tupirama, Dr. Natan, destacou os benefícios diretos que o município terá com as obras. “Tupirama, assim como toda a Região Centro- Norte, será beneficiada com as obras em vários aspectos. A construção da BR 235 dentro do perímetro urbano do Município levará o surgimento do comércio às margens da rodovia federal, e conseqüentemente, novas vagas de trabalho. Destaco ainda o escoamento dos produtos agrícolas produzidos em nossa região” disse.

Prefeitos

Participaram ainda os prefeitos Paulo Hernandes (Bom Jesus do Tocantins), Wesley Camilo (Centenário) Vagner Teixeira (Fortaleza do Tabocão), Antônio Ivo (Goiatins), Lires Ferneda (Guaraí), Cleoman Correia, (Itacajá), Márcio Pinheiro (Itapiratins),Moisés da Sercom (Miracema), Itair Martins (Rio Sono) e Itamar Barrachini (Santa Maria do Tocantins), além de vereadores locais, secretários e demais autoridades políticas. 

Ascom imprensa ATM

Prefeitos projetam desenvolvimento da agricultura familiar com recebimento de tratores e implementos agrícolas

Maquinários foram entregues pelo Governo do Estado nesta segunda-feira, 16, adquiridos por meio da Emenda de Bancada.

Prefeitos e prefeitas das mais diversas regiões do Estado do Tocantins estiveram no Palácio Araguaia, em Palmas, nesta segunda-feira, 16, para receberem tratores e implementos agrícolas adquiridos pelo Governo do Estado, por meio de emenda parlamentar de bancada.

Com o maquinário recebido, os gestores municipais projetam a elevação do desenvolvimento da agricultura familiar nos municípios.

“Este tipo de benefício tem sido fundamental para que as prefeituras desenvolvam suas atividades no meio rural, e ampliem as condições de trabalho dos pequenos produtores ligados a agricultura familiar”, disse o presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano.

Máquinas

Durante a solenidade, o Governo do Estado entregou 94 tratores equipados com grades, carretas, como parte do programa Terra Forte, direcionado à Agricultura Familiar. Nesta primeira etapa, foram beneficiados 88 municípios tocantinenses, mas a expectativa é de que todos os 139 municípios sejam atendidos com o equipamento.

Bancada

Em seu discurso, Mariano enalteceu o trabalho da bancada federal de Tocantins em Brasília. “Temos acompanhado o trabalho dos parlamentares tocantinenses e percebemos que nos últimos três anos os recursos de bancada tem sido pulverizado aos 139 municípios tocantinenses”, destacou o presidente da ATM, ao agradecer o empenho dos deputados e senadores.

Prefeito de Pium, Valdemir Barros, falou sobre a relevância da entrega das máquinas. “Para um projeto de assentamento, onde as pessoas trabalham, mas não produzem aquilo que poderiam por falta de uma máquina agrícola, certamente vai favorecer muito os agricultores familiares”. Disse. O prefeito de Araguatins, Cláudio Santana, compactua da mesma opinião. “Vai ajudar a atender a demanda de 34 assentamentos localizados no município e um universo de mais de quatro mil agricultores”.

Agrotins

A entrega dos maquinários compôs a solenidade de abertura da XXVIII Agrotins. Com o tema O futuro na Agroindústria Sustentável, a 18ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), será realizada de 8 a 12 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas. A Agrotins deste ano deve contar com mais de 650 expositores, entre empresas e órgãos públicos. A expectativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) é de uma movimentação financeira em torno de R$ 700 milhões em negócios e um público de 100 mil visitantes.

Através de Emenda de Bancada, o deputado federal Vicentinho Junior indicou a cidade de Palmeiropolis para que recebesse nesta primeira etapa a máquina agrícola. O prefeito Fábio Vaz agradeceu Vicentinho Junior e disse que o trator chegou em boa hora e vai poder atender na agricultura familiar, os produtores de leite e os feirantes.  Ainda acrescentou que a ex-vereadora Márcia Araujo como representante do deputado em Palmeiropolis foi a pessoa que fez as articulações.  

Ascom ATM