Secretaria de Assistência Social de Palmeirópolis promove encontro em comemoração ao Dia dos Pais

A confraternização teve como objetivo promover entretenimento e valorização aos pais.

Nesta quinta-feira (9) foi realizado uma confraternização em homenagem ao Dia dos Pais, oferecida pela Secretaria Municipal de Assistência Social em parceria com a prefeitura, Secretaria de Educação e Saúde.

O evento, como acontece todos os anos, foi realizado no salão do clube Polo Esportivo em Palmeirópolis, e contou com a presença de um grande público, num momento de confraternização em família.

Bem organizado e correspondido pelos pais, o evento contou com a realização de diversas atividades especiais destinadas aos homenageados.

Com início a partir das 19h, a homenagem contou com a presença do gestor do município Fábio Vaz, da primeira-dama Ana Paula Vaz, da vice prefeita Josemir Bastos, vereadores Divino da Patrol, Hildene Tóquio e Jamilton Guedes, secretários munícipais, dentre eles o secretário de educação Bartolomeu Mora e servidores.

Em discurso, o prefeito Fábio Vaz ressaltou a importância do pai no convívio com a família, bem como, a educação dos filhos e destacou a satisfação do município em proporcionar o momento de homenagem aos pais.

A primeira dama ressaltou a alegria de poder oportunizar estes encontros que trazem tanta satisfação aos pais. “Nesse fim de semana comemoramos o Dia dos Pais, por isso nada mais justo do que oferecermos esta festa a eles. Agradeço de coração, toda equipe que incansavelmente trabalhou para que tudo desse certo, sempre em parceria com a educação e saúde. Este evento não seria possível sem vocês meus guerreiros (as)”, (disse emocionada). A secretária de Assistência Social ainda agradeceu os patrocinadores pelos brindes.

Atividades recreativas, sorteios de brindes, entrega de lembrancinhas e muita diversão marcaram o encontro.

O evento teve a participação das escolas municipais: Elda Silva Barros, Setor Bom Tempo, CEMEI e do Projeto Rede do Bem.

Um delicioso jantar foi servido aos convidados.

Veja Fotos

Da Redação

Palmeirópolis: Governo publica edital inédito para jazidas de minerais

A outra reúne jazidas com presença de zinco, chumbo e cobre em uma grande área de 5,5 hectares em Palmeirópolis (TO). Ouro, prata e cádmio também podem ser explorados.

A Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), rebatizada como Serviço Geológico do Brasil, ficará responsável pela licitação e vai abrir consulta pública por quase 30 dias para receber sugestões de aperfeiçoamento do edital.

O calendário desenhado em conjunto com o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) prevê que o leilão seja realizado entre os dias 13 e 17 de dezembro. Antes, será necessário obter sinal verde do Tribunal de Contas da União (TCU). 

O leilão marcará a estreia do modelo em que o governo, por meio da CPRM, oferece ao mercado o direito de exploração de áreas das quais possui título minerário e conhecimento geológico. Haverá cobrança de um bônus fixo de assinatura no valor acumulado de R$ 3,4 milhões. Vencerá quem se comprometer com a maior porcentagem de royalties.

Os contratos terão durações distintas, mas ambos poderão ser renovados sucessivamente até o esgotamento das reservas. No caso de Candiota, a vigência é de 25 anos. A área foi dividida em quatro lotes separadamente. O bônus total está sendo fixado em R$ 3,13 milhões e a alíquota mínima para pagamento de royalties é de 4%.

Para a área em Palmeirópolis, em lote único, a minuta de edital prevê bônus de R$ 300 mil e pelo menos 2% de royalties. À cobrança de royalties, que serão destinados para a CPRM, soma-se ainda o recolhimento da Compensação Financeira sobre Exploração Mineral (Cfem) — encargo repartido entre municípios, Estados e União.”

Fonte: www.brasil247

Prefeitura de Palmeirópolis inicia campanha de conscientização contra queimadas e incêndios florestais

Entra ano, sai ano e durante o inverno, as paisagens sofrem com as queimadas.

As consequências são muitas e todas elas catastróficas, prejudicando o meio ambiente, o ar que respiramos a saúde das pessoas e dos animais.

A Prefeitura de Palmeirópolis através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento, com base no valor cuidar do nosso município, lança anualmente uma campanha de conscientização sobre o combate a queimadas. Com o tema, “Palmeirópolis Sem Fogo”.

A campanha de Prevenção e Combate às Queimadas causadas pelo uso indevido do fogo, busca a educação e a conscientização da população para a necessidade de preservar o Meio Ambiente sobre as consequências do emprego do fogo.

Quais as principais consequências das queimadas?

  • Emissões de gases tóxicos que prejudicam o meio ambiente e a saúde humana
  • Problemas de saúde como infecções do sistema respiratório e desordens cardiovasculares
  • Efeitos psicológicos e custos econômicos
  • Redução da produtividade

Como evitar queimadas?

  • Não queime o lixo e faça o descarte no lugar certo
  • Não jogue cigarro próximo à vegetação
  • Não faça fogueira em áreas verdes
  • Procure outros métodos para limpeza de terreno e renovação de pastagem

Esta campanha teve início no mês de junho, na 3º Semana do Meio Ambiente, onde foram desenvolvidas nas escolas municipais e estaduais palestras, apresentações, gincanas voltadas para essa temática.

Fez parte desta campanha distribuições de folders e cartilhas nas feiras, mercados, instituições públicas e privadas para disseminar sobre a importância da prevenção e combate às queimadas e incêndios florestais.  

Acompanhe a campanha nos veículos de comunicação e compartilhe o conteúdo nas redes sociais, combata queimadas e proteja a vida.

Em caso de incêndios, ligue 3386 1813.

Seja consciente, pense em todos. Queremos Palmeirópolis fora dessa situação!

Com informações de Jéssica Cangussú/Secretária de Meio Ambiente

Mutirão previdenciário em Palmeirópolis resulta em 82 audiências realizadas

A ação foi coordenada pela diretora do Foro, juíza Ana Paula Araújo Toríbio.

A Comarca de Palmeirópolis finalizou, nesta quinta-feira (21/6), o mutirão de instrução e julgamentos de processos previdenciários. Ao todo foram realizadas 82 audiências e 79 sentenças proferidas.

A magistrada destacou que a realização de mutirões imprime celeridade aos processos e contribui para o cumprimento da Meta 1 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“É uma satisfação imensa ver o Fórum cheio de alegria dos requerentes, principalmente quando um deles consegue o benefício pleiteado. É também possível estar ainda mais próximo daqueles que buscam o Poder Judiciário”, afirmou.

Para o advogado Dieggo Navarro, o mutirão torna mais célere e eficiente a prestação jurisdicional previdenciária. “Os resultados sempre são positivos para ações como essa desenvolvidas pela Comarca”, disse.

Foto: Divulgação

Durante os dias de mutirão foram julgados processos de aposentadoria rural por idade, aposentadoria urbana por idade, salário maternidade e pensão por morte de trabalhador rural.

Ascom Fórum

Palmeirópolis: Reunião marca início de implantação de Campus Avançado do IFTO

Reunião discutiu a implantação do Campus presencial do IFTO em Palmeirópolis ano que vem.

Foi dado o primeiro passo para o projeto de implantação do Campus do Instituto Federal do Tocantins (IFTO) no Município de Palmeirópolis. Modalidade Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Na manhã de quarta-feira (13), aconteceu uma reunião no auditório da Câmara Municipal da cidade para tratar do projeto de implantação do Campos da UFTO em Palmeirópolis.

A reunião contou com a presença do prefeito Fábio Vaz, da primeira dama Ana Paula, do presidente da Câmara William Marques, vereador Nilson Rodrigues, Hildene Tóquio, professor Daniel Rosa, Raimundo Nonato, diretores de escolas, secretário de Educação do município Bartolomeu Moura Junior, da saúde Nelio Oliveira, empresários, secretários em geral e professores.

O secretário de educação do município e presidente da UNDIME Bartolomeu Moura Junior, falou emocionado de ver mais um sonho realizado em Palmeirópolis. Ele que luta há anos em busca de uma faculdade presencial na cidade falou a nossa equipe. “É um sonho de quem é professor, quem é educador sente-se vitorioso. Quando eu era diretor da escola Oneides em 2011, 2012, entramos em contato com Madson com este ideal de implantar um Polo de educação técnico superior em Palmeirópolis. Na época, não tivemos êxodo, porque precisava da parceria do município. Hoje estamos vendo um sonho se realizar, isso é gratificante”, afirmou Bartolomeu. 

O prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz, explicou que a reunião foi um avanço para concretizar um Campus Avançado da IFTO na cidade.

“Desde 2013 estamos buscando implantar aqui este Campus, já temos EAD configurado em IFTO, mas nós queríamos um presencial, e que ele fosse avançado, esta reunião trouxe esta realidade”, disse.

O prefeito afirmou ainda que está aguardando a portaria para dar início a faculdade avançada. E que toda equipe está trabalhando na escolha dos cursos que enquadra à região, todo um portfólio para desenvolvimento e escolha de cursos, onde vai subsidiar de informações atualizadas tanto de Palmeirópolis como as regiões circunvizinhas desde de população, PIB, número de comercio, indústria e renda salarial, todo um conjunto de informações. “Já temos o terreno, a reunião foi aquela que chegamos para bater o pênalti”, concluiu o prefeito. 

Madson Souza coordenador de Apoio e Educação a Distância do Instituto Federal do Tocantins disse que a autorização do processo de implantação do Campus Avançado já existe, agora é fazer o levantamento na região para saber quais são os cursos a serem ofertados. ”Existe a possibilidade de se iniciar ano que vem, vamos atrás de informações precisas, um planejamento para saber a demanda. Temos uma autorização, uma proposta verbal, mas vamos deixar tudo pronto e aguardar a portaria”, enfatizou.

Doação do terreno

O empresário Guaraci Edmilson Coelho Cosmo, doou o terreno de 2 alqueires e meio para construção do Campus no Jardim Alice em Palmeirópolis. Ele relatou que alguns anos atrás, o vereador Nilson Rodrigues o procurou e disse que tinha um projeto de abrir uma faculdade, e precisava de uma área. 

“Já faz uns três anos, seu Nilson me perguntou se eu não teria um terreno, daí eu disse que sim, e perguntei qual o tamanho precisava, ele me falou em meio alqueire para construir a faculdade, uma área de cinco ou seis lotes. Participando das reuniões, descobri que precisavam de um terreno maior, aí a prefeitura se dispôs a doar um pedaço perto do meu, vou doar a diferença, dois alqueires e meio para construir a sede”, explicou.

Questionado porque fez a doação, Edmilson disse que pensou no desenvolvimento do município e da região.

“Eu estava analisando, o empreendimento vai ser grande, aproximadamente (dois mil metros quadrados) de obras, um prédio de dois andares, é uma faculdade mesmo, vai alavancar a nossa economia, por isso não hesitei em doar o terreno”, explicou. 

O vereador professor Daniel Rosa, que é representante da deputada federal professora Dorinha relatou que ela (Dorinha), tinha conseguido aprovar ainda na época da Dilma os recursos que era 45 milhões para cinco municípios. “Daí calculamos que são nove milhões e meio para cada município, ou seja, nove milhões e meio para implantarmos o Campus em Palmeirópolis. Eu nunca parei de correr atrás, quando o Mendonça Filho assumiu o ministério de educação, que era do Democratas foi uma brecha que nós achamos de buscar, de ter apoio dentro do governo federal. Ano passado foi aprovado todas as emendas para esse ano, dentre elas, o Campus de Palmeirópolis. Corremos atrás e a deputada Dorinha buscou as emendas aprovadas. Por tanto hoje, nós temos aqui em andamento uma faculdade para Palmeirópolis com recomendação da Dorinha”, disse Daniel. 

Deputada Federal professora Dorinha Seabra e o vereador profesor Daniel Rosa

Ele relatou ainda que foi priorizado a cidade de Palmeirópolis, mesmo sendo pequena, porque feito uma logística na época, analisaram os municípios próximos que não tem faculdade, inclusive algumas cidades de Goiás. A deputada federal professora Dorinha está em Brasília correndo atrás e lutando por este projeto, hoje temos a vontade de todos, do prefeito, do secretário de educação Bartolomeu, que sonhou com isso e tentou em outra gestão a implantação, dos vereadores, temos o terreno doado pelo Edmilson, nós temos aqui um Polo iniciado, tudo isso influenciou a Dorinha entrar nessa parte dos recursos financeiros que não tinha”, concluiu Daniel.

Wellington Jorge Jacinto é professor universitário e Engenheiro Agrônomo. Ele relata que desde o mandato do ex-prefeito Jonas Macedo vem lutando para este projeto.

“Nós fizemos uma reunião com Valmir que era diretor da Unirg naquela época, queríamos trazer um Campus avançado da Unirg para cá, mas não teve o resultado que precisávamos e ele acabou sendo instalado em Dianópolis. Isso quer dizer então, que além do prefeito não teve um secretário, um vereador, que estivesse interessado, na época faltou realmente suporte. Agora está chegando o Instituto Federal porque tem um prefeito que abraçou a causa, um vereador que correu atrás da doação do terreno, tem um secretário de educação atuante, deputada Dorinha com vereador Daniel Rosa, um grupo de pessoas envolvida no desenvolvimento do município”, afirmou Wellington.

Segundo informações, a probabilidade é que ainda este ano acontecerá o vestibular para o Instituto Federal e pode começar no prédio da escola Carolina Corsino.

Vereador Nilson Rodrigues e Wellington Jorge Jacinto.

O vereador Nilson Rodrigues falou com entusiasmo sobre seu requerimento em prol de uma faculdade. “Tenho aqui registrado uma petição antiga, não desistimos. Deputada professora Dorinha colocou emenda no qual priorizou Palmeirópolis e Taguatinga. Essa emenda já está disponível pelo orçamento da União, a faculdade é uma realidade”, finalizou.

Lembrando que todos os professores serão selecionados através de concursos.

Da redação

Em Palmeirópolis Carlesse reafirmou o compromisso com o trecho conhecido como “Curva da Morte”

No aeroporto de Palmeiropolis Carlesse foi recebido com festa.

O governador interino e candidato ao Governo do Estado na eleição suplementar, Mauro Carlesse, foi recebido no sábado em Palmeirópolis pelos vereadores de sua base, Divino da Patrol, Fábio Gonçalves e Hildene Tóquio.

Vereadores Fábio Gonçalves, Hildene Toquio e Divino da Patrol com Carlesse governador.

Carlesse foi recebido com festa em Palmeirópolis, pelo prefeito Fabio Vaz, vice-prefeita Josemir Bastos, pelo presidente da Câmara Willian Marques, e os vereadores Nilson Rodrigues, Jamilton Guedes, Daniel Rosa e Nonato Barros, Fábio Gonçalves, Divino da Patrol e Hildene Tóquio.

Ao receber o governador, o prefeito Fábio Vaz destacou seu empenho para eleger Carlesse neste segundo turno e também no mês de outubro, levando em consideração o compromisso dele com o município.

Esta foi mais uma oportunidade para os palmeiropolense ouvirem as propostas e reforçarem seu apoio ao candidato da coligação Governo de Atitude neste segundo turno.

Governador Carlesse recebe apoio do prefeito Fábio Vaz, primeira dama Ana Paula, vice Josemir Bastos e vereadores

Mauro Carlesse, reafirmou seu compromisso com o trecho conhecido como “curva da morte”, local de auto índice de  acidentes com mortes. Disse que a vitória no próximo dia 24 será por um Tocantins livre da inoperância e contra os perseguidores. “Poderíamos estar fazendo muito mais pelos municípios, mesmo como governador interino, mas estamos impedidos no momento, por culpa de nosso adversário. Só que esse atraso vai acabar no próximo dia 24, com a nossa vitória consagradora”.

Vereadora em Palmeirópolis, Hildene Tóquio reafirma seu compromisso com Carlesse.

Fábio Gonçalves elogia o governador e fala que o deputado federal Gaguim fez este elo de ligação entre Carlesse e os vereadores.

Também marcaram presença o prefeito de Jaú Onassys Moreira, os vereadores Arlei, Osvaldinho, Nega, Deuzirene e secretários. 

Além dos deputados Gaguim e professora Dorinha, acompanharam o governador o deputado Olinto Neto, Cleiton Cardoso, ex-prefeito Leonardo Cintra, Gleydson Nato, Soró e assessores.  

Da redação

Palmeirópolis: Cavalgada supera expectativas econômica no município

Cavalgada em Palmeirópolis se tornou um evento histórico na região.

Mais do que a chance de ter quebrado um recorde regional, a cavalgada realizada no sábado (09) em Palmeirópolis, foi sem dúvida uma das maiores demonstrações do quanto a região pode receber bem seus visitantes e apresentar suas belezas, demonstrar carinho e receptividade para aqueles que buscam nessa terra um pouco de laser e diversão.

Um evento extremamente bem estruturado, com pessoas de todas as faixas etárias, gente de várias partes do município e cidades vizinhas, fazendo crescer a economia na cidade. Hotéis, bares, restaurantes, lojas de produtos animais, roupas e acessórios, salão de beleza, dentre outros, puderam sentir o avanço nas vendas.

De acordo com Reinaldo Portilho, um dos organizadores do acontecimento e membro do Grupo da Comitiva os “Portilhos e Amigos”, o sucesso se deu graças à parceria com o poder público, empresários e o empenho de todos os companheiros organizadores, como Lual Junqueira e Mercio Viana. E também os parceiros Cloves Borges e os líderes de todas as comitivas.  

“Esperávamos a participação de poucos cavaleiros, e o número mais que dobrou; comparado aos anos anteriores, isso mostra o potencial do município em realizar eventos que prima pelo fomento do tradicionalismo do homem do campo”, Ressaltou Reinaldo. Ele relatou a nossa equipe de reportagem do sucesso da comitiva na qual ele ajudou organizar  e ganhar em primeiro lugar mais uma vez.

“Para nós foi uma honra muito grande ganhar este troféu. Aqui em Palmeirópolis existia uma comitiva muito grande que era a comitiva dos Muladeiros, nela tinha muitos integrantes, inclusive, nós da família Portilho participávamos quase em peso dela, mas há três anos resolvemos criar nossa própria comitiva os “Portilhos e Amigos”, o povo abraçou, não só a família como os amigos, os comerciantes todos são parceiros. Nós não temos empresários, só parcerias mesmo com os amigos. Meu pai Manoel Barros Portilho, tem mais de 50 anos em Palmeirópolis e a gente tem uma afinidade grande, criamos esta comitiva em homenagem a ele”, comentou.

Reinaldo explica que seus pais, Manoel e Rita na década de cinquenta e nove (59), sessenta (60), saíram do Maranhão para Palmeirópolis à cavalo, percorreram aproximadamente (mil e duzentos quilômetros) montados.  

“Ele é apaixonado por cavalos e cavalgadas, meu pai hoje tem 79 anos e sempre participou de todas as cavalgadas, quando tinha folia, ele trazia aquela tropa. É uma tradição antiga. Aí adaptamos para cavalgada que é uma coisa mais moderna é uma cultura da região”, explica. Seu Manoel Portilho percorreu todas as Avenidas montado em seu cavalo durante a cavalgada.

De acordo com Reinaldo, este ano a cavalgada foi diferente, mais organizada. A comitiva vencedora os “Portilhos e Amigos” participou e ganhou pela (3ª) terceira vez consecutiva. “Amadurecemos idéias, corrigimos erros, buscamos, parcerias com as outras comitivas de Palmeirópolis que são: Comitiva os Muladeiros, o Clóvis foi um grande parceiro e um dos organizadores. A comitiva Trevo Leilões, Comitiva Serra Dourada e a José Cuervo”. A cavalgada ainda teve a participação da comitiva uniformizada de Mata Azul (Goiás).

Primeiro lugar os Portilhos e Amigos; segundo lugar ficou com os Muladeiros de Palmeirópolis, terceiro lugar a ficou com a comitiva Serra Dourada e “Pega no Laço” de Mata Azul em quarto.

“A cavalgada traz um benéfico enorme para Palmeirópolis,  para o comércio voltado ao campo, movimenta as lojas, a economia, cada dia tem melhorado, o povo quer andar bonito, estão trajando melhor seus cavalos. Eu estava conversando com alguns comerciantes e uns até falaram que estavam vendendo muito, até se surpreenderam com as vendas este ano, eu acredito que é um benefício grande, além de ser um evento bem bonito”. Os animais são todos do município de Palmeirópolis”, destacou.

Um acontecimento marcante como a VI Expo-Palmeirópolis coloca a cidade mais uma vez como destino turístico diferenciados e que abre as portas para receber em breve outros eventos semelhantes que tragam além de alegria e diversão um importante desenvolvimento econômico para toda a região.

Da redação

Fotos: Arte,s Fotos Paullyanna e Reinaldo e Reinaldo Oliveira

Prefeitura de Palmeirópolis promove Semana do Meio Ambiente com programação voltada à estudantes

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado dia 5 de junho.

A Prefeitura Municipal de Palmeirópolis, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento, em parceria com a Engie Energia Brasil, promoveu várias ações em celebração à Semana do Meio Ambiente, comemorada no dia 5 de junho.

Com o tema “Conservar o Meio Ambiente é Celebrar a Vida”, cuja finalidade deste evento é movimentar a cidade acerca do tema e recomendar a comunidade sobre a necessidade da conservação e preservação ambiental.

O principal objetivo da Semana do Meio Ambiente é conscientizar a comunidade sobre a importância de preservar os recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.

Esta iniciativa visa refletir sobre a importância desta data, não só como ferramenta de compreensão e reflexão sobre os problemas ambientais, mas, acima de tudo, vê como conscientização de uma forma crítica comunitária em que a qualidade de vida e a harmonia entre os seres humanos e o meio ambiente, sejam sempre uma meta a ser alcançada.

A programação do evento contou com diversas ações, que teve início no dia 04 de junho com uma visita técnica a uma nascente recém recuperada na propriedade rural do empresário Uadas Xavier, com os alunos do Colégio Estadual Professora Oneides Rosa de Moura.

No dia cinco de junho terça-feira, aconteceu uma visita técnica a Usina Hidrelétrica São Salvador, juntamente com os alunos da Escola Municipal Elda Silva Barros.

Na quarta-feira seis (6), ocorreu a Gincana Ambiental com premiações na Escola Municipal Bom Tempo, uma tarde de muita diversão e aprendizado com foco em atitudes diárias ambientalmente corretas. 

No dia sete (7) foi a vez do CMEI com piquenique ecológico no Parque Natural Municipal de Palmeirópolis.

E no último dia, (8) de junho, aconteceu uma Blitz Educativa na praça central da cidade em prol da Campanha: “Palmeirópolis Sem Fogo”, com a turmas dos 5º anos da Escola Municipal Elda Silva Barros. Houve apresentações no pátio da escola de todas as turmas, como danças, recitação de poemas, músicas, com o tema voltado ao Combate e Prevenção de Queimadas e Incêndios Florestais.

Concluindo a programação, palestra sobre “Preservação da Fauna para Equilíbrio Ambiental” ministrado pelo 3º Sargento do Destacamento de Polícia Militar Ambiental de São Salvador, Judaique Aires França, onde o público alvo foi a comunidade escolar da zona rural.

Com informações da Sema Palmeirópolis/Jéssica Cangussú

 

 

Tradicional Cavalgada comemora aniversário de 38 anos de Palmeirópolis

Organizadores disseram que a cavalgada superou expectativas.

Cavaleiros e Amazonas participaram, na manhã deste sábado (09), da Cavalgada em Palmeirópolis. Um dos eventos que compõem a programação do aniversário de 38 anos da cidade.

Bem recebidos pelos cidadãos do município, as comitivas fizeram o percurso pelas principais vias da cidade, até o Parque de Exposições.

A cavalgada encerrou com um grande almoço na chácara da família Postilho.

De acordo com o prefeito Fábio Vaz, as comitivas que organizaram a cavalgada este ano, se uniram em um novo formato.

“Não houve transporte de animais desta vez. Em outras cavalgadas, cada comitiva tinha a sua refeição e o seu local, e nós esse ano fizemos algo diferente, juntamos todo mundo no mesmo lugar, reunimos aqui nesse grande encontro, que é o almoço com todas as comitivas”. Explicou o prefeito.

Fábio Vaz acrescentou ainda, que tudo foi feito em parceria com as comitivas na realização do almoço, desde a doação das vacas para o churrasco, os mantimentos e as mesas.

“Eu quero parabenizar todos os organizadores tanto da cavalgada, quanto do almoço pelo brilhante trabalho”, finalizou. 

Segundo informações, aproximadamente 600 Cavaleiros e Amazonas participaram da cavalgada este ano. 

Quem também desfilou ao lado do prefeito foi o deputado estadual Ricardo Aires que falou a nossa equipe.

‘‘São vários anos que eu acompanho a cidade de Palmeirópolis e venho participando desses eventos. Cada ano que passa fica melhor, mais bonito e Palmeirópolis recebe gente da região toda, justamente porque faz uma programação festiva que tem a cara e o jeito da população que gosta do sertanejo e dessa vida rural. Quero parabenizar a prefeitura municipal e o prefeito Fábio Vaz, que organizou tudo isso junto com as comitivas, os comerciantes e o apoio da comunidade. Eu como deputado estadual venho ajudando na realização desse evento, pois sem ajuda do estado é impossível fazer um evento desta magnitude. Uma festa como essa atrai turistas, e isso mais tarde aquece o mercado especialmente no ramo da agropecuária”, argumentou o deputado.

Ricardo Aires é bem conhecido na cidade sempre atuante no município, colocou emenda de 250 mil reais para montar toda estrutura do evento da expo-Palmeirópolis.

A Capitã Rosane, comandante da Companhia de Alvorada e do tenente Rosa Neto, comandante da PM em Palmeirópolis, deu total apoio na segurança da cavalgada.

Toda polícia militar vem trabalhando incansavelmente em todas as programações envolvendo o aniversário da cidade.

Alexandre Machado

SEBRAE realiza ciclo de palestras na Expo Palmeirópolis

Os representantes das entidades presentes na reunião abordaram temas importantes para serem debatidos na capacitação.

A Prefeitura Municipal de Palmeirópolis através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Agente de Desenvolvimento Local, juntamente com o SEBRAE, promoveu o Ciclo de Palestras na VI EXPO Palmeirópolis e 38º Aniversário de Palmeirópolis, cujo objetivo é capacitar os produtores rurais e comerciantes da região.

O evento ocorreu no Parque de Exposição Raimundo Parrião nos dias 07 e 08 de junho, com diversos temas voltados para o agronegócio. 

O ciclo de palestras voltado aos cidadãos teve início após uma reunião entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agente de Desenvolvimento, SEBRAE, Sindicatos e Associações do município, com o intuito de discutir a necessidade de conhecimentos técnicos junto aos interessados nessa cadeia produtiva.

Em prol do sucesso do evento, o SEBRAE, o Ruraltins e a prefeitura Municipal de Palmeirópolis, disponibilizaram seus profissionais para ministração das palestras.

Os palestrantes repassaram seus conhecimentos sobre práticas de conservação do solo, produção de silagem, Selo de Inspeção Municipal, nutrição bovina, boas práticas de manejo de pastagens, boas práticas de manipulação do alimento e atendimento ao cliente.

Os apoiadores do Ciclo de Palestras na VI EXPO e 38º Aniversário de Palmeirópolis são, Ruraltins, Engie Brasil Energia, Sindicato Rural de Palmeirópolis, AFFAP- TO, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, AP Leite e Agroquima.

Alexandre Machado