Semana da Leishmaniose em Palmas tem palestras e testes para detectar doença em cães

Série de atividades inicia nesta segunda-feira e segue até a próxima sexta-feira (10). Profissionais vão a escolas para orientar os alunos sobre o calazar.

Começa nesta segunda-feira (6) uma série de atividades voltadas à prevenção e o controle da leishmanionse, popularmente conhecida como calazar.

A Semana Nacional de Controle e Combate à doença segue até a próxima sexta-feira (10). Em Palmas, serão feitas palestras em escolas e testes rápidos em cães.

Nesta segunda-feira, os técnicos da Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses estarão na Escola Municipal Paulo Freire, na Arno 32 realizando atividades com os alunos do 5º ano. Os estudantes aprenderão mais sobre a leishmaniose por meio de vídeo, palestra, jogos e brincadeiras sobre o tema.

Na terça-feira (7), às 9h, analistas da Secretaria Estadual da Saúde vão trabalhar o tema com os estudantes do Colégio Esportivo Militar do Corpo de Bombeiros Professora Margarida Lemos, no setor Lago Sul.

Já na quarta-feira (8) às 9h, as atividades serão realizadas no estacionamento do Ginásio Ayrton Senna, em Taquaralto. No local serão feitos testes rápidos em cães e explicações sobre a doença ao público.

Na quinta (9), essas mesmas atividades serão realizadas no Parque dos Povos Indígenas.

A programação termina na sexta (10), no auditório do Anexo I da Sesau, com o lançamento do curso “8 Toques para a Leishmaniose” que será oferecido pelo Governo do Estado aos médicos da rede municipal.

Doença e sintomas

Leishmaniose visceral ou calazar é uma doença transmitida pelo mosquito-palha ou birigui. Nas cidades a transmissão se dá comumente por causa do grande número de cachorros.

Os sintomas no animal são queda de pelos, unhas grandes, feridas no focinho e nas orelhas, emagrecimento, fraqueza e lacrimejamento.

No homem são febre prolongada, fraqueza, emagrecimento, barriga inchada devido ao aumento do baço e do fígado, falta de apetite, palidez e diarreia.

Se perceber estes sintomas em algum cão a orientação é procurar o CCZ através do telefone (63) 3218- 5561. Se o paciente for humano procure uma unidade de saúde.

Programação

Segunda-feira – Das 9 às 11h

  • Atividades com os estudantes do 5º ano da Escola Municipal Paulo Freire (Arno 32)

Terça-feira – Das 9 às 11h

  • Atividades com alunos do Colégio Esportivo Militar do Corpo de Bombeiros Professora Margarida Lemos (Lago Sul)
  • Atividade com os educadores da Escola Municipal Paulo Freire (Arno 32)

Quarta-feira – Das 17 às 22h

  • Ações voltadas ao público como teste rápido – Ginásio Ayrton Senna

Quinta-feira – Das 17 às 22h

  • Ações voltadas ao público como teste rápido – Parque dos Povos Indígenas

Sexta – às 8h

  • Lançamento do curso “8 Toques para a Leishmaniose” que será oferecido pelo Governo do Estado aos médicos da rede municipal – Anexo 1 da Secretaria Estadual de Saúde (auditório)
  • Vivência técnica de uma universidade na UVCZ, com apresentação dos setores e palestras

SEBRAE realiza ciclo de palestras na Expo Palmeirópolis

Os representantes das entidades presentes na reunião abordaram temas importantes para serem debatidos na capacitação.

A Prefeitura Municipal de Palmeirópolis através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Agente de Desenvolvimento Local, juntamente com o SEBRAE, promoveu o Ciclo de Palestras na VI EXPO Palmeirópolis e 38º Aniversário de Palmeirópolis, cujo objetivo é capacitar os produtores rurais e comerciantes da região.

O evento ocorreu no Parque de Exposição Raimundo Parrião nos dias 07 e 08 de junho, com diversos temas voltados para o agronegócio. 

O ciclo de palestras voltado aos cidadãos teve início após uma reunião entre a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agente de Desenvolvimento, SEBRAE, Sindicatos e Associações do município, com o intuito de discutir a necessidade de conhecimentos técnicos junto aos interessados nessa cadeia produtiva.

Em prol do sucesso do evento, o SEBRAE, o Ruraltins e a prefeitura Municipal de Palmeirópolis, disponibilizaram seus profissionais para ministração das palestras.

Os palestrantes repassaram seus conhecimentos sobre práticas de conservação do solo, produção de silagem, Selo de Inspeção Municipal, nutrição bovina, boas práticas de manejo de pastagens, boas práticas de manipulação do alimento e atendimento ao cliente.

Os apoiadores do Ciclo de Palestras na VI EXPO e 38º Aniversário de Palmeirópolis são, Ruraltins, Engie Brasil Energia, Sindicato Rural de Palmeirópolis, AFFAP- TO, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, AP Leite e Agroquima.

Alexandre Machado