Motorista da dupla Henrique e Juliano foi preso por matar esposa grávida em GO

Denise da Silva, de 34 anos, foi morta com um tiro na cabeça, no condomínio onde morava, em Goiânia.

O crime foi cometido numa rua próxima da casa da vítima, em um condomínio do Setor Orienteville, na capital, na madrugada desta segunda-feira. Conforme as investigações, como o casal estava separado, o motorista arrombou a porta da casa e começou a discutir com a esposa. Após ser agredida, ela tentou fugir, mas acabou baleada na cabeça.

O preso foi levado para a Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), em Goiânia. Ele chegou ao local por volta de 16h50 e respondeu à reportagem que “não sabe” o que o levou a cometer o crime.

O suspeito trabalha como motorista do ônibus da dupla sertaneja Henrique e Juliano. A assessoria dos artistas informou que o funcionário estava de folga quando o crime ocorreu e que o contato dele com os músicos é “estritamente profissional”.

O delegado responsável pela investigação, Danilo Proto, havia dito que, apesar de casados formalmente, Denise tinha interesse em se divorciar. Os dois, inclusive, já não estavam morando juntos havia alguns meses.

Grávida é morta após ser baleada em Goiânia (Foto: Facebook/Reprodução)

Natural de São Paulo, Denise se mudou para Goiânia há cerca de 5 anos, quando começou a namorar com Aginaldo. No ano passado, eles se casaram. Tia da vítima, a advogada Idivonete Ferreira Martins afirmou que o casal tinha um relacionamento bastante conturbado e que Aginaldo era violento.

“Para nós, era uma tragédia anunciada. Ele já esteve em minha casa algumas vezes e a postura dele transparecia isso, de um cara violento. Eu já tinha falado para ela vender tudo e voltar para São Paulo. Ela falou que iria resolver tudo, mas a notícia da gravidez os reaproximou”, afirma.

A advogada relatou que há alguns meses, quando a relação estava muito desgastada, Aginaldo ameaçou a mulher durante um episódio.

“Há algum tempo atrás, ela me ligou para se orientar juridicamente. Ela disse que ele chegou na casa dela, que ela comprou, pôs vários móveis em um caminhão e levou embora. Nessa ocasião, ele disse que queria a casa e que, se ela não a cedesse, ‘iria se ver com ele'”.

No entanto, algum tempo depois, segundo Idivonete, ele voltou, pediu perdão, prometeu que ia ser diferente e ela o aceitou de volta.

Grávida é morta após ser baleada; marido é preso suspeito do crime (Foto: Arquivo pessoal)

Batida entre dois caminhões em quebra-molas deixa um motorista ferido

O acidente foi na BR-153, em Figueirópolis, e deixou um dos veículos destruído. Segundo a PRF, acidente aconteceu após o motorista do caminhão que vinha atrás se distrair.

O motorista de um caminhão ficou ferido após sofrer um acidente de trânsito na BR-153, em Figeirópolis, no sul do Tocantins. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o acidente aconteceu entre dois caminhões em um quebra-molas no perímetro urbano da cidade após o motorista se distrair.

Um dos caminhões bateu na traseira do outro e ficou destruído. De acordo com a PRF, a suspeita é que o motorista ferido tenha se distraído, já que foi em um quebra-molas e o local é sinalizado.

A vítima teve ferimentos e foi levado para o Hospital Municipal de Figueirópolis e depois, transferido para o Hospital Regional de Gurupi, mas foi liberado ainda durante a tarde.

A PRF orientou os motoristas a redobrarem a atenção ao trânsito ao se aproximarem de perímetros urbanos e disse ainda que em função do fluxo de veículos e pessoas é comum que sejam instalados redutores de velocidade nestes locais.

G1 Tocantins

Carro bate em poste na TO-050 e motorista fica gravemente ferido

Rodovia passa pelo perímetro urbano de Palmas e ficou parcialmente interditada. Motorista teria perdido o controle na pista que estava molhada após a chuva.

Um homem de 36 anos ficou gravemente após o carro em que ele estava bater em um poste na TO-050, em Palmas. O acidente foi por volta das 16h30 desta terça-feira (3), em frente a um supermercado da capital.

A Polícia Militar (PM) informou à TV Anhanguera que o motorista estava sozinho quando perdeu o controle da direção. No momento do acidente a pista estava molhada. Parte da rodovia precisou ser interditada e foi liberada em seguida.

A vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros em estado gravíssimo e levada para o Hospital Geral de Palmas (HGP) pela UTI do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Motorista ficou gravemente ferido (Foto: Heitor Moreira/TV Anhanguera)

G1 Tocantins

Motorista morre e ficar preso a ferragens após bater de frente com caminhão

Acidente aconteceu na BR-153 próximo de Santa Rita do Tocantins, na região sul do estado. Vítima morreu no local e carro ficou destruído.

Na manhã deste domingo (25) começou com morte nas rodovias federais. Na BR-153, próximo de Santa Rita do Tocantins, a 130 quilômetros de Palmas, um carro de passeio bateu de frente com um caminhão.

Diogo Leite Borges, de 34 anos, morreu no local e ficou preso às ferragens.

Os Bombeiros informaram que foram acionados e encontraram a vítima sem sinais vitais.

Borges estava preso nas ferragens e foi necessário o uso de ferramentas mecânicas para resgatar o corpo, que foi levado para o IML.

O motorista do caminhão passa bem e seria levado para prestar depoimento.

G1 Tocantins

Motorista morre e caminhonete fica destruída após batida frontal com caminhão

Acidente aconteceu perto de Cariri do Tocantins na BR-153, no sul do estado. Motorista do caminhão contou à Polícia Rodoviária Federal que caminhonete tentou ultrapassagem em local proibido.

O motorista Jurandir Francisco Dornelas Pinheiro, de 54 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (9) na BR-153 após a caminhonete dele bater de frente com um caminhão, próximo de Cariri do Tocantins, sul do estado.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, a suspeita é de que o acidente aconteceu devido uma ultrapassagem malsucedida.

O caminhão estava carregado de gesso e o motorista contou que a caminhonete invadiu a pista contrária, causando o acidente. Conforme a PRF, o trecho tem faixa continua amarela, ou seja, a ultrapassagem é proibida.

A vítima, que estava sozinha na caminhonete, morreu no local e ficou presa às ferragens. O corpo foi retirado e levado para o IML de Gurupi, também no sul do estado.

G1 Tocantins

Acidente ocorreu na BR-153 na região sul do estado (Foto: Divulgação)

Motorista morre e carro fica destruído após acidente na TO-445

Acidente foi entre Miracema do Tocantins e Lajeado, na região central do estado. Uma mulher também ficou ferida e foi levada para o hospital.

O motorista José Edson da Silva, de 64 anos, morreu e uma mulher ficou ferida após um acidente de trânsito que deixou o carro totalmente destruído.

Segundo a Polícia Civil, o acidente foi por volta das 20h desta quinta-feira (15), na TO-445 entre Miracema do Tocantins e Lajeado, na região central do estado.

Os policiais informaram que o veículo não se chocou com outro e a suspeita é que a vítima tenha perdido o controle da direção. As imagens mostram o carro fora da pista e totalmente destruído.

Os policiais informaram que a mulher dele foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o hospital de Miracema do Tocantins. Silva não resistiu aos ferimentos graves e morreu ainda no local.

O corpo dele foi levado para ao Instituto Médico Legal (IML) de Palmas. A perícia deve investigar as causas do acidente.

G1 Tocantins

Motorista baleado durante assalto na residência do prefeito recebe alta

João Mascarenhas Barros estava internado no Hospital Regional de Miracema após ser baleado no lado direito do peito. O prefeito, Manoel Silvino Gomes, segue internado em Palmas.

O motorista João Mascarenhas Barros, baleado durante um assalto na casa do prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino Gomes Neto (SD), recebeu alta nesta segunda-feira (5).

Ele estava internado no Hospital Regional de Miracema. A bala acertou o peito dele do lado direito, mas não ficou alojada. Ele não precisou passar por cirurgia.

Já o prefeito segue internado em um hospital particular de Palmas. A unidade informou que o estado de saúde dele é estável, mas que ele ainda não pode receber visitas. Ainda não há previsão de alta para ele.

O caso foi neste domingo (4). Segundo testemunhas, o prefeito estava em casa com parentes e amigos se preparando para comemorar o aniversário. Ele pediu para que o motorista o levasse até a padaria.

Os criminosos se aproveitaram do momento para entrar na casa e renderam quem estava no local, inclusive os três filhos do político, todos menores de idade. Três homens participaram da ação, dois entraram e um ficou do lado de fora da casa.

Prefeito de Tocantínia foi atendido no Hospital Geral de Palmas (Foto: Divulgação)

Testemunhas contaram ainda que os homens agrediram a mulher do prefeito e outras pessoas. Quando Silvino e Mascarenhas retornaram, perceberam o assalto. Segundo a PM, o político reagiu e tentou tomar a arma de um dos assaltantes. Ele e o motorista foram baleados.

Silvino foi encaminhado para o Hospital Geral de Palmas e passou por cirurgia para a retirada da bala na barriga. Depois ele acabou transferido para um hospital particular.

A Polícia Militar prendeu dois suspeitos do crime. Os dois têm 18 anos de idade, mas apenas um teve o nome divulgado até o momento. Trata-se de Mateus Carvalho da Silva. As buscas continuam na região para localizar o terceiro envolvido no assalto.

G1 Tocantins

Motorista morre em acidente entre dois caminhões na BR-070

O outro caminhoneiro ficou ferido e foi levado a um hospital da região. Uma das carretas parou sobre a pista e bloqueou o tráfego por quase 12 horas em Cocalzinho de Goiás.

Um caminhoneiro morreu neste sábado (3) em um acidente entre dois caminhões na BR-070, em Cocalzinho de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

A batida ainda deixou o outro motorista ferido.

A colisão ocorreu por volta das 7h, no KM 29 da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que ainda não tem informações sobre as circunstâncias do acidente.

Carga de uma das carretas ficou espalhada no local do acidente (Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)

A carga de uma das carretas ficou espalhada pela pista. Um dos veículos também ficou parado sobre a rodovia, bloqueando os dois sentidos da via por quase 12 horas, sendo que por sete horas a interdição foi total.

O Corpo de Bombeiros levou o caminhoneiro que sobreviveu a um hospital da região. Não há informações sobre o quadro de saúde dele.

G1 Goiás

Motorista morre após invadir contramão e bater num caminhão em Goiás

Acidente aconteceu em Uruaçu, na BR-153. Pista ficou interditada nos dois sentidos por três horas e só foi liberada após a retirada do corpo.

O motorista de um carro morreu na manhã deste sábado (3) depois de bater em um caminhão na BR-153, em Uruaçu, no norte de Goiás.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o automóvel invadiu a pista contrária e bateu de frente com o outro veículo.

A pista passou três horas interditada nos dois sentidos e só foi liberada por volta de 11h40, após a retirada do corpo. O motorista do caminhão não teve ferimentos.

No local do acidente a faixa é contínua e, por isso, é proibido fazer ultrapassagens. A polícia não soube informar se o motorista tentava ultrapassar um veículo ou se dormiu ao volante enquanto dirigia. Ele morreu na hora. 

G1 Goiás

Motorista faz ultrapassagem indevida e provoca tombamento de caminhão

Por não conseguir realizar a manobra, motorista voltou para a via fazendo com que o condutor de um outro caminhão desviasse bruscamente. Acidente aconteceu em Guaraí.

O motorista de um caminhão trator forçou uma ultrapassagem indevida e acabou provocando o tombamento de outro caminhão no km 312 da BR-153, em Guaraí, região central do estado. O acidente aconteceu nesta quinta-feira (1°).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, por não conseguir realizar a manobra, o motorista retornou rapidamente para a via correta fazendo com que o condutor de um outro caminhão desviasse bruscamente, saindo da pista e tombando o veículo carregado com madeira.

O motorista do caminhão que tombou sofreu ferimentos leves e foi levado para o Hospital de Guaraí. O outro condutor fugiu do local do acidente sem prestar socorro, mas foi localizado pela PRF em seguida.

Os motoristas foram submetidos ao teste de bafômetro, mas a embriaguez não foi constatada. O responsável pelo acidente foi levado para prestar esclarecimentos, pelos crimes de lesão corporal culposa na direção de veículo e omissão de socorro à vítima.

G1 Tocantins