Jovem é preso suspeito de estuprar e engravidar menor depois de embriagá-la

Jovem de 24 anos foi capturado durante cumprimento de mandado de prisão. Segundo a Polícia Civil, exames constataram que vítima está grávida do suspeito do crime.

Um jovem de 24 anos foi preso suspeito de estuprar e engravidar uma adolescente de 12. Segundo a Polícia Civil, para praticar o crime o homem deu bebida à menor. Gustavo José Ferreira da Silva foi capturado nesta segunda-feira (30) em Taguatinga, após o cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

A Secretaria de Segurança Pública do Tocantins informou que foram feitos exames médicos que constataram que a vítima está grávida do suspeito. As investigações foram feitas em sigilo para que o homem não fugisse.

O jovem foi levado para a cadeia da cidade. O delegado Giordano Bruno Curado pediu a colaboração da sociedade para que outras possíveis vítimas sejam localizadas. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 197.

G1 Tocantins.

Imagem ilustrativa da internet

Menor é apreendido suspeito de negociar motocicletas furtadas em rede social

Uma vítima se passou por comprador e marcou um encontro com o suspeito para fechar o negócio. Ela foi acompanhada de policias, que apreenderam o jovem na TO-080, em Paraíso do Tocantins.

Um menor foi apreendido suspeito de negociar motocicletas furtadas nas redes sociais. A apreensão do jovem foi realizada nesta sexta-feira (13), na TO-080, em Paraíso do Tocantins. Já os veículos foram localizados na TO-348.

A Polícia Militar chegou até o suspeito, após uma vítima acionar a equipe. Ao descobrir que a motocicleta furtada estava sendo vendia em uma rede social, ela se passou por comprador e marcou com o suspeito um local para a compra.

Os policiais do Batalhão Rodoviário e de Divisas (BPMRED) acompanharam a vítima e no local combinado para o negócio abordaram o menor. O suspeito confessou o crime e levou os policiais até a TO-348, onde foram localizadas duas motocicletas, uma delas a da vítima que acionou a PM.

A outra motocicleta havia sido furtada pelo menor na Praia da Graciosa, em Palmas, na noite anterior. Os veículos estavam desmontados. O jovem e o material apreendido foram levados para Delegacia de Polícia.

Em julho, entre os dias 1º e 14, de acordo com dados do Sistema Integrado de Operações (Siop), a PM registrou 20 ocorrências de localização de veículo automotor furtado e 14 ocorrências de localização de veículo automotor roubado. Os veículos recuperados na maioria das vezes são devolvidos aos donos.

Confira as dicas de segurança passadas pela PM

  • Travas: use travas, trancas de roda ou cadeados. Veículos com dispositivos de trancamento auxiliares são menos observados pelos criminosos;
  • Equipamentos auxiliares: busque utilizar alarmes, corta-correntes, sensores de presença e sistemas de rastreamento. Os criminosos percebem a utilização destes dispositivos e desistem do crime antes de cometê-los;
  • Estacionamento: prefira estacionamentos regulamentados ou de fácil acesso e de vigilância. Os criminosos procuram facilidade e anonimato;
  • Horários: prefira horários mais movimentados, pois a visualização das pessoas favorece a vigilância. Criminosos escolhem horários menos movimentados;
  • Alerta: mantenha-se sempre alerta ao seu redor. Não se distraia com celulares. O criminoso age de surpresa e a partir da vulnerabilidade da vítima;
  • Rotas: utilize diversas rotas, a fim de não causar previsibilidade. Os criminosos estudam as vítimas antes de cometer os crimes;
  • Passeios em grupo: realize passeios em veículos com mais pessoas. Facilita a observação e vigilância. Criminosos preferem vítimas sozinhas ou em poucas pessoas;
  • Documentos: não guarde documentos no veículo. Leve-os sempre consigo. Criminosos de posse de veículo furtado, mas com documentos em mãos, podem passar pela fiscalização imunes;

Se for vítima de furto ou roubo, mantenha a calma. É importante tentar lembrar das características do veículo e repassar o máximo de informações para a Polícia Militar do Tocantins.

Em Jaú do Tocantins, menor é apreendido por atear fogo em motorista

A cidade de Jaú esta em choque pelo ocorrido.

Policiais militares do Destacamento da PM em Jaú do Tocantins, área circunscricional do 4º BPM, apreenderam no início da tarde de terça-feira, 24, um adolescente por lesão corporal.

A apreensão do menor ocorreu após os militares tomarem conhecimento que o referido adolescente havia ateado fogo em um motorista do ônibus escolar. Leonor da Silva Ribeiro, de 39 anos. O caso aconteceu na zona rural de Jaú do Tocantins, a 378 km de Palmas, nesta terça-feira (24), por volta das 18h30.

Diante das informações os policiais se deslocaram até a Unidade Básica de Saúde – UBS do município, onde constataram a veracidade dos fatos e foram informados pela vítima que o adolescente vinha pegando carona no ônibus escolar e causando transtornos durante o trajeto e que ao chegar no endereço onde reside o menor, a vítima Leonor fora surpreendido pelo autor jogando e ateando fogo a sua camisa.

A vítima foi socorrida por populares no momento da agressão, sendo socorrida para a UBS e encaminhada posteriormente para o Hospital Regional de Gurupi – HRG com queimaduras nas costas, nuca e no rosto.

Diante dos fatos, os militares juntamente com o Conselho Tutelar se deslocaram na residência do adolescente, sendo este e sua genitora conduzidos para a Central de Flagrantes de Alvorada para os procedimentos cabíveis.

Segundo informações a vitima passa bem e está fora de perigo.

Menor jogou gasolina e em seguida ateou fogo em motorista de onibus escolar. (Foto: divulgação)

Informações ascom 4ªBPM

Mensagens mostram professor assediando aluna de 10 anos

Avó olhou o celular da garota após perceber mudança de comportamento: ‘fiquei em pânico’. Suspeito dava aulas de fanfarra em uma escola municipal na região sul de Palmas.

Gata só quero você”. Essas e outras mensagens foram enviadas por um professor para o celular de uma aluna de 10 anos. Ele foi preso em flagrante no último sábado (10) suspeito de tentar estuprar a garota. A avó da criança disse que teve a iniciativa de olhar o celular da menina depois de notar uma mudança no comportamento dela e chamou a polícia quando percebeu o assédio.

“Era o celular na mão o tempo todo. Eu peguei e vi as mensagens dele. Fiquei em pânico”, disse.

O suspeito tem 22 anos e era professor voluntário de fanfarra em uma escola municipal no setor Santa Bárbara, na região sul de capital.

A Polícia Militar informou que o suspeito havia marcado um encontro com a criança em uma praça, próximo a escola de tempo integral em que ele dava aulas. Quando a PM chegou ao local o homem estava tentando levar a criança para um matagal. Os policiais disseram que a menina foi encontrada chorando.

O delegado Hudson Guimarães disse que vai pedir à Justiça a quebra do sigilo telefônico do professor. “Além dos atos preparatórios, ele marcou um encontro com a menina em uma praça. Antes que ele conseguisse tirar a roupa da criança a polícia conseguiu fazer a detenção dele”, informou.

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) foi questionada sobre o local em que o professor está preso, mas disse que não poderia informar por “questão de segurança”.

Entenda

O professor foi preso no sábado (10), depois que a PM foi avisada de que ele havia marcado um encontro com a criança em uma praça. Os policiais impediram o crime.

Em um aplicativo do celular da criança foram encontradas mensagens do professor. Nas primeiras conversas ele perguntava sobre os gostos musicais da criança e pedia para ela ‘dançar mais’ no intervalo das aulas. Em algumas mensagens o homem pediu fotos da menina ‘à vontade’. Em uma das mensagens ele chegou a dizer que um batom deixava a garota ‘mais mulherão’.

A família informou que o professor entrou recentemente na escola. “Eu agora quero tirar ela da escola, segunda-feira é a primeira coisa que vou fazer”, disse a avó. “Eu tinha sentido algo ruim quando eu vi a cara do sujeito, mas não quis pensar mal. Aí quando vi as mensagens tomei esse susto.”

A Prefeitura de Palmas disse que determinou o afastamento imediato do professor. O homem foi preso e levado para a Delegacia de Plantão de Palmas.

G1/TO

Menor suspeito de matar vereador por engano é apreendido em Novo Jardim

Suspeito é menor de idade e por isso não pode ser preso.
Ele teria atirado contra um rival quando acertou o vereador por engano.

Um suspeito de matar por engano o vereador Valdemar de Sousa, de 31 anos, no município de Novo Jardim, foi apreendido. O atirador seria um menor de idade ainda não divulgada. Ele está prestando depoimento sobre o caso na delegacia da cidade. A apreensão aconteceu no sábado (11), mas as informações só foram divulgadas nessa segunda-feira (13), pela Secretaria de Segurança Pública.

O caso aconteceu na madrugada de sábado, durante a festa de aniversário da cidade, que fica no sudeste do Tocantins. O atirador matou vereador e feriu outro homem por engano. De acordo com a Polícia Civil, o menor chegou atirando em direção a um grupo de homens que participavam da festa na tentativa de matar um rapaz com quem teria uma inimizade

O alvo do ataque não foi ferido, ele não teve a identidade divulgada. Os tiros mataram Valdemar de Sousa, de 31 anos e feriram Valdeon Pinto Carvalho, de idade não divulgada. Valdeon foi encaminhado ao Hospital Regional de Dianópolis, não há informações sobre o estado de saúde dele.

De acordo com a polícia, não houve troca de tiros. O assassino fugiu após ficar sem munição. O corpo de Valdemar de Sousa foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Porto Nacional e já foi liberado, ele levou dois tiros no tórax.(Fonte:G1/To)

 

IDOSO DE 90 ANOS É PRESO ACUSADO DE TENTAR VIOLENTAR UMA CRIANÇA DE 6 ANOS EM DIVINÓPOLIS

Por volta das 16 horas desta terça-feira, a Polícia Militar de Divinópolis foi acionada para verificar uma tentativa de estupro que estaria ocorrendo em um lote baldio da cidade.

Ao chegar ao local, foi constatado que se tratava de um senhor de 90 anos, que estaria tentando molestar uma criança de apenas seis anos. A menor é filha de vizinhos que moram perto da residência do suspeito.

Após a ordem de prisão dada pelos PMs, o idoso e a criança, que estava acompanhado dos pais, foram encaminhados à Delegacia Regional de Polícia de Paraíso.

Segundo informações da Delegacia, o acusado nega a tentativa de estupro. No entanto, a própria menor teria relatado ao delegado de plantão o que ocorrera no local. Um irmão, também idoso, estaria acompanhando o acusado durante o depoimento.

Somente exames específicos poderão dizer o que realmente aconteceu.

Ainda com acordo com informações da Delegacia, a menor foi encaminhada ao IML de Palmas para exames de corpo e delito. O idoso foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Paraíso, onde ficará à disposição da Justiça.(fonte:portal benicio)