Bombeiros encontram corpo de jovem que estava desaparecido no rio Tocantins

Rapaz sumiu após supostamente sofrer uma crise de convulsão durante uma pescaria. Vítima foi encontrada a cerca de 3 quilômetros do local de desaparecimento, em Praia Norte.

Nunes desapareceu na tarde desta quarta-feira (13). As buscas começaram horas depois, mas foram encerradas durante a noite e depois retomadas na manhã desta quinta-feira.

Testemunhas contaram aos bombeiros que ele teve uma crise de convulsão durante uma pescaria e submergiu no rio.

Ainda segundo os Bombeiros, a perícia foi chamada e o corpo entregue para o IML.

Corpo de bebê trocado em necrotério chegou a ser enterrado pelos pais de menina

Lázaro Alves foi enterrado no lugar de Maria Valentina, em Porto Nacional. Funerária nega que tenha culpa na troca dos bebês.

O corpo do bebê Lázaro Alves, que foi trocado no necrotério da maternidade Dona Regina, chegou a ser enterrado pelos pais da menina Maria Valentina, em Porto Nacional. Os dois bebês morreram neste sábado (28) e a troca só foi percebida pela mãe do menino, no momento em que ela foi vesti-lo para o enterro.

A mãe de Valentina conta que a funerária não deixou que ela visse o corpo no caixão, que foi levado direto para o cemitério em Porto Nacional. Cerca de duas horas depois do enterro, Marciana Borges da Conceição recebeu a ligação de uma assistente social dizendo que o bebê errado tinha sido levado.

O corpo que tinha sido enterrado era de Lázaro Alves. “Culparam a funerária. Fiquei desesperada, achei que tinha enterrado a minha filha e não era minha filha. Teve que abrir a covinha e enterra de novo. Quando ligaram, disseram que estava arrumando ela ainda. Então, o corpo da minha filha não estava pronto quando trouxeram o outro”, disse.

“Eles falaram que tinham trazido o corpo errado, aí eu falei pra eles que já tinha enterrado. Teve que tirar a criança de novo para levar para Palmas, trazer o da minha filha e levar o dele para os pais”, lamentou Jamesson Passos, pai de Maria Valentina.

Mãe de Maria Valentina enterrou bebê errado (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde disse que a troca dos corpos foi feita pela funerária, “que não observou a identificação com a etiqueta do nome do bebê”.

Porém, segundo Sidney Rodrigues, funcionário da Funerária Santo Antônio e responsável pelo transporte da criança, não houve erro por parte dele.

“Quando cheguei lá os parentes estavam na sala. Depois o serviço social liberou e ninguém acompanhou até o necrotério. Me entregaram a chave e fui procurar com um tio da bebê. Quando encontramos o necrotério só tinha um bebezinho na sala. Peguei, coloquei na urna e levamos para Porto”, afirmou.

Entenda

Os corpos de dois bebês que morreram neste sábado (28) foram trocados no necrotério do Hospital Dona Regina em Palmas. A dona de casa Maria Aparecida Alves percebeu o erro quando foi vestir o filho e prepará-lo para o enterro, por volta das 14h. O corpo do bebê Lázaro Alves tinha sido levado momentos antes para Porto Nacional, onde seria enterrado por outra família.

“Fui ao necrotério vestir o bebê e prepará-lo para o enterro e quando cheguei ao local vi que não era ele. Tinha uma placa com o nome de uma menina. Eu também olhei e vi que não era ele. Eu disse: ‘Meu bebê não é esse'”, contou.

 G1 Tocantins

O corpo do ex-deputado Júnior Coimbra é sepultado em Palmas

Velório foi realizado na Assembleia Legislativa e missa de corpo presente celebrada na igreja São Judas Tadeu. Sepultamento foi no cemitério Jardim das Acácias.

Foi enterrado na noite desta sexta-feira (27) no cemitério Jardim das Acácias, o corpo do ex-deputado Júnior Coimbra. O velório ocorreu durante todo o dia na Assembleia Legislativa em Palmas. Por volta das 17h, o corpo foi levado para a igreja São Judas Tadeu, também em Palmas, onde foi feita a missa de corpo presente. O sepultamento foi acompanhado por centenas de parentes e amigos.

Corpo de Júnior Coimbra chegou de manhã à Assembleia para velório (Foto: Rozineide Gonçalves/Jornal Mapa da Noticia)

A missa foi celebrada pelo arcebispo de Palmas, Dom Pedro Brito e contou com a presença de vários políticos tocantinenses. Entre eles o candidato a governador Carlos Amastha (PSB), de quem o ex-deputado participava da comitiva em uma visita na região sul do estado.

Depois da missa, por volta das 19h, o corpo foi levado em cortejo até o cemitério em um carro do Corpo de Bombeiros.

O acidente que matou o ex-deputado aconteceu em uma rotatória na TO-070. O carro em que ele estava com outras três pessoas desceu uma ribanceira, descontrolado, o veículo só parou depois de capotar e bater na cerca de uma fazenda que fica às margens da rodovia.

Ex-deputado morreu em acidente na TO-070 (Foto: Débora Ciany/TV Anhanguera)

As outras três pessoas que estavam no carro, o vereador de Palmas Thiago Andrino (PSB), o ex-subprefeito da capital Adir Gentil e o motorista, coronel da reserva da PM José Ribamar Amorim, tiveram ferimentos leves. Eles foram atendidos em hospitais da região sul e tiveram alta.

Corpo foi levado em cortejo até o cemitério (Foto: Djavan Barbosa/ Jornal do Tocantins/Divulgação)

Este era o primeiro dia da caravana, que saiu de Talismã durante a manhã, que ia até Formoso do Araguaia. A campanha é para a eleição suplementar de 3 de junho, convocada após a cassação de Marcelo Miranda (MDB) e Cláudia Lelis (PV) dos cargos de governador e vice.

Perfil

Ao longo da vida pública, Júnior Coimbra foi prafeito de Itaporã, vereador de Palmas, deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins e deputado federal. Recentemente, foi secretário de governo da Prefeitura de Palmas. Ele deixou o cargo no começo do mês para concorrer às eleições de outubro.

As prefeituras de Palmas e Paraíso do Tocantins, o governador interino Mauro Carlesse (PHS), o senador Ataídes Oliveira (PSDB) e o Partido dos Trabalhadores emitiram notas lamentando o acidente. O governo do Estado e a Prefeitura de Palmas decretaram luto oficial de três dias.

G1 Tocantins

Júnior Coimbra pretende disputar uma vaga na Assembleia Legislativa (Foto: Divulgação/Prefeitura de Palmas)

 Júnior Coimbra pretendia disputar uma vaga na Assembleia Legislativa (Foto: Divulgação/Prefeitura de Palmas)
Vereador Fábio Gonçalves de Palmeiropolis de terno preto aguardando a chegada do corpo.
O vereador de Palmeirópolis Fábio Gonçalves também esteve acompanhando o velório do deputado em Palmas. Fábio disse emocionado que por dois mandatos consecutivos trabalhou na campanha de Juinor Coimbra para deputado federal. “Nas duas ultimas eleições, trabalhamos com o ex-deputado em Palmeiropolis, vim pessoalmente dar um abraço na Laudecy e dizer que sentimos muito com a perda tão dolorosa, que Deus possa dar forças para a familia superar tamanha dor”, relatou.
 

Vice de Amastha, Célio Moura afirma: “PT entra de corpo e alma e mobilizará militância em todo o Estado”

Petista histórico do Tocantins, o advogado Célio Moura, radicado em Araguaína, foi apresentado há pouco como candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Carlos Amastha na eleição suplementar marcada para o próximo dia 3 de junho.

O anúncio foi feito pelo próprio Amastha, na convenção do PSB do Tocantins realizada na noite deste domingo, dia 22, no Espaço Cultural, em Palmas. “Estamos vindo de corpo e alma. Não chegamos apenas para faze parte da fotografia. Estaremos todos os dias em todos os atos desta campanha. Não vamos deixar que esse Estado caia nas mãos das pessoas que sempre administram esse Estado durante toda a sua existência”, afirmou Célio Moura.

Moura garantiu a presença da militância nas ruas pelo projeto encabeçado por Amastha de transformação do Tocantins, como o ex-prefeito fez na capital do Estado. “Temos condições de fazer a campanha nos 139 municípios, através dos trabalhadores rurais, dos comerciários, comerciantes, moimentos sociais, militância do PT que é a nossa maior riqueza”, complementou.

Para Amastha, a vinda de Célio Moura representa o “PT em sua essência”. “É o PT do sonho de todos nós.. É o PT que está do nosso lado. O PT que revolucionou a saúde, da educação, reduziu a pobreza no país.”

Presente na convenção, o deputado estadual Zé Roberto declarou que opção por Amastha foi amplamente discutida internamente no partido. “É um momento difícil do país e há mudanças que precisamos fazer no país e no Estado. O PT toma decisões após discussão dentro do partido. E o caminho foi apoiar Amastha e tendo Célio moura como vice. Célio é companheiro de lutar, de luta pelo povo trabalhador. Vamos caminhar para vitória juntos com os partidos aliados. Entramos com força de nossa história, de nossa militância. Vamos à vitória em 3 de junho”, declarou.

Imprensa Carlos Amastha

Corpo de estudante que morreu atropelada em frente a escola é velado em Araguaína

Velório é realizado na casa da família, no setor Araguaína Sul. Larissa Vitalino, de 12 anos, foi atingida por uma caminhonete e morreu no local.

Parentes e amigos velam, na manhã desta quinta-feira (12), em Araguaína, o corpo da estudante Larissa Vitalino Cortes, de 12 anos. Ela morreu após ser atropelada na frente do Colégio Estadual Alfredo Nasser. O velório é realizado na casa da família, no setor Araguaína Sul.

O acidente foi por volta das 16h30 desta quarta-feira (11). A jovem não era aluna do colégio e estava no caminho para a casa.

De acordo com a Polícia Militar o veículo que atropelou Larissa é uma caminhonete. O motorista permaneceu no local e se apresentou aos PMs. Ele prestou depoimento e foi liberado. Ainda não há informações sobre as causas do acidente.

Ainda de acordo com a PM, a jovem estudava na Escola Estadual Guilherme Dourado. As duas unidades escolares ficam na mesma região da cidade, a cerca de três quadras de distância uma da outra.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas Larissa já estava morta quando a equipe chegou.

Garota foi atropelada ao sair da escola (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

G1 Tocantins

Bombeiros encontram corpo de homem após três dias de buscas no rio Tocantins

Homem desapareceu quando entrou para tomar banho e atravessar o rio nadando. Testemunhas contaram que a vítima estava sob efeitos de álcool quando mergulhou.

Foi encontrado na manhã desta terça-feira (10) o corpo de Luís Ferreira da Silva, de 45 anos. O homem estava desaparecido desde o último domingo (8), quando entrou no rio Tocantins supostamente embriagado. Ele desapareceu no cais do porto de Tocantinópolis e foi encontrado a cerca de três quilômetros do local.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima estava submersa a cerca de 1 m de profundidade e debaixo de galhadas. “O resgate do corpo durou em torno de 1 hora e meia e foi bastante difícil em decorrência da grande quantidade de galhadas na região”, disse sargento Gilvan Guimarães dos Santos.

O corpo foi entregue à perícia e o caso repassado para a polícia.

Entenda

Testemunhas contaram que a vítima é de Araguaína e estava sob efeito de álcool quando entrou na água. Ele teria dito que iria atravessar o rio, mas submergiu e desapareceu.

Os Bombeiros informaram que alguns fatores dificultaram as buscas, como a correnteza, a água escura, a baixa temperatura e a cheia do rio.

G1 Tocantins

Corpo de vereador presidente da Câmara que morreu em acidente é velado em Peixe Tocantins

Sandro Cássio Cordeiro era presidente da Câmara de Vereadores da cidade. Ele morreu após acidente na BR-242, entre Peixe e o povoado Vila Quixaba.

O corpo do presidente da Câmara de vereadores de Peixe, Sandro Cássio Cordeiro de Souza (PMN), está sendo velado na casa dos pais, que fica no setor Aeroporto.

O vereador morreu em um acidente neste sábado (31). Segundo o prefeito da cidade, José Augusto, o velório vai ser realizado na Câmara Municipal, a partir do meio-dia.

O acidente aconteceu na BR-242, entre a cidade de Peixe e o povoado Vila Quixaba, após a caminhonete em que ele estava capotar.

A previsão é que às 16h, parentes e amigos celebrem uma missa na Câmara. O corpo será enterrado logo em seguida no cemitério público municipal.

Souza estava no primeiro mandato e era presidente da Câmara desde o ano passado.

O governador interino Mauro Carlesse lamentou a morte do vereador. “Jovem engenheiro, filho da cidade de Peixe, um homem de bem, promissor na política e referência em seu município. Peço a Deus que conforte os corações de todos que conviveram proximamente a ele e que tiveram o privilégio de ser seu amigo”.

G1 Tocantins

Corpo de servidor da Adapec é encontrado em estado de decomposição dentro de casa em Palmas

Um servidor da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) foi encontrado morto dentro de casa nesta terça-feira, 27, na quadra 1005 sul, em Palmas.

Segundo as informações do órgão, Wagner Sundfeld de 58 anos era engenheiro agrônomo e inspetor de defesa agropecuária.

A Polícia Militar informou que o corpo do servidor foi encontrado em estado avançado de decomposição.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Palmas (IML) e as causas da morte ainda serão apuradas.

Um laudo deve sair nos próximos dias apontando o que de fato aconteceu.

Em nota, a Adapec lamentou o ocorrido e informou que Sundfeld era natural de Araraquara (SP) e tinha dois filhos. e servidor do órgão desde 1999.

Contribuiu com projetos na área vegetal sendo diretor técnico entre 2004 e 2006. Depois, foi Delegado Regional da Adapec. Atualmente era inspetor de defesa agropecuária.

Corpo de jovem com rachadura na cabeça é encontrado às margens da TO-080

Homem foi reconhecido pela polícia que o havia abordado no dia anterior. O corpo foi levado pelo Instituto Médico Legal e a perícia foi acionada para investigar a morte.

O corpo de um jovem identificado como Pedro Pereira dos Santos, de 29 anos, foi encontrado na TO-080, entre Marianópolis e Caseara, região central do estado, na madrugada desta quinta-feira (22). A polícia foi acionada de forma anônima e quando chegou ao local, reconheceu a vítima.

No dia anterior o jovem já havia sido abordado por policiais. Ele disse que morava em Divinópolis e que estava a caminho de Caseara.

Santos contou que tinha passagem pela polícia, mas os policias o liberaram ao verificarem que não havia mandado de prisão em desfavor dele.

O corpo do jovem apresentava uma rachadura na parte de trás da cabeça. O corpo foi levado pelo Instituto Médico Legal. A perícia foi acionada para investigar a morte.

G1 Tocantins

Corpo do vice-prefeito de Jaú do Tocantins é sepultado sob forte comoção

Familiares e amigos dão adeus ao vice-prefeito Domingos Gama.

Na manhã desta quarta-feira (15), familiares, políticos, amigos e moradores de várias cidades, acompanharam o cortejo do vice-prefeito de 63 anos Domingos Gama, até o cemitério do Povoado de Monteirópolis, para seu sepultamento.

A despedida foi marcada por comoção. Os moradores prestaram as últimas homenagens durante todo o velório, que foi realizado no ginásio poliesportivo de Novo Horizonte.

Um cortejo fúnebre percorreu a estrada de acesso até o local o sepultamento.

Além do prefeito de Jaú do Tocantins Onassys Moreira, dos vereadores, o dep. estadual Toinho Andrade e o prefeito de São Salvador André Borba, prestaram as últimas homenagens ao vice, morto por uma parada cardíaca na madrugada desta quarta-feira (14).

Aos 63 anos, parte para o outro lado da vida, mas deixa todo um legado histórico e político engrenhado na vida do povo de Jaú, Novo Horizonte e cidades vizinhas.

Ontem à noite uma comovente homenagem prestada pelo prefeito Onassys, juntamente com a Câmara de vereadores dos secretários municipais, Elisângela da Assistência social, da educação Luciene Lourenço, com participação  da Banda de música Sidineia Dias, prestaram emocionados as últimas homenagens.

Da redação/MN/Fotos Adailton Siqueira