Bombeiros arrombam apartamento para combater fogo causado por ferro de passar

Princípio de incêndio foi em um residencial no centro de Palmas. Além do equipamento, fogo destruiu tábua usada para passar e algumas roupas.

Um ferro de passar esquecido na tomada causou um incêndio em um apartamento na tarde desta quarta-feira (6) na quadra 304 Sul, em Palmas.

A fumaça provocada mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros e eles precisaram arrombar o apartamento, no 7º andar de um residencial, para combater as chamas. Ninguém ficou ferido.

Segundo os bombeiros, a hipótese é de que o equipamento tenha sido esquecido ligado na tomada.

Além do ferro, o fogo queimou a tábua de passar, que era de madeira, e algumas peças de roupa. Por medida de segurança, os elevadores do prédio foram isolados.

O Corpo de Bombeiros alertou para os cuidados com acidentes domésticos. A recomendação é para que o aparelho seja desligado se surgir algum imprevisto enquanto o morador estiver passando roupas.

“Geralmente quando a pessoa está passando roupa e algo faz que com ela desvie a atenção, o ferro fica ligado em cima da tábua. Desta vez foi apenas um susto, mas se não tivéssemos sido acionados a tempo o prejuízo poderia ser maior”, explicou o capitão Douglas Brito.

G1/Tocantins

No Tocantins, criminosos arrombam porta e levam todo o dinheiro dos Correios

Agência fica na região norte do Tocantins. Segundo os Correios, só neste ano 22 agências foram alvo de criminosos.

A agência dos Correios de Cachoeirinha, na região norte do Tocantins, foi alvo de criminosos na madrugada desta terça-feira (27). Segundo informações da Polícia Militar (PM), os suspeitos entraram pela porta da frente depois de terem quebrado o cadeado.

De acordo com os policiais, os criminosos utilizaram ferramentas para arrombar o cofre e todo o dinheiro da agência foi levado. A quantidade não foi informada.

A PM informou que até momento ninguém foi preso, mas que estão fazendo buscas pelos suspeitos. A Polícia Federal disse vai investigar o caso.

A assessoria dos Correios informou que só neste ano, 22 agências foram alvo de criminosos. A unidade de Cachoeirinha ficará fechada para realização de perícia e apuração interna e não há previsão para o restabelecimento do atendimento ao público.

Segundo os Correios, a população de Cachoeirinha será atendida pela agência de São Bento, que fica a 12 km da cidade.

G1/TO