Corpos de mãe e filho mortos em acidente são velados no Tocantins

Caminhonete onde vítimas estavam foi atingida por caminhão na BR-153, perto de Brasilândia do Tocantins. Marido de vítima sobreviveu e está internado em hospital.

Os corpos de Gelsa Maria Marques Guimarães e do filho João Paulo Marques Santana, que morreram na noite desta terça-feira (12) em um acidente na BR-153, estão sendo velados no salão de uma funerária em Araguaína. Os dois estavam em uma caminhonete que foi atingida por um caminhão. O marido de Gelsa, Lorisvaldo Ferreira Santana, sofreu ferimentos e está internado no Hospital Regional de Colinas.

Segundo informações de parentes às 11h os corpos serão levados para Rio Verde (GO) onde serão enterrados.

A batida aconteceu no km 265, perto de Brasilândia do Tocantins, região central do estado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um caminhão invadiu a pista contrária para não bater em um carro que estava na sua frente. No momento, a caminhonete onde estavam as vítimas foi atingida pelo caminhão, conforme a polícia.

O motorista da caminhonete Lorisvaldo ficou gravemente ferido. Já Gelsa e João Paulo morreram no local. Um quarto ocupante do veículo não teve ferimentos.

O motorista do caminhão não sofreu ferimentos e foi levado para a delegacia de Polícia Civil em Colinas do Tocantins. Ele foi ouvido e liberado. O condutor disse que seguia em direção a Goiânia.

Carro ficou destruído após batida que matou três da mesma família (Foto: Divulgação)

G1 Tocantins

Acidentes deixam 2 mortos e 5 feridos em estradas do TO no fim de semana

Mortes foram em Guaraí e Lajeado, na região central do estado. Em um dos casos, uma motocicleta envolvida em uma batida desapareceu do local do acidente.

Caminhonete ficou completamente destruída no acidente em Guaraí (Foto: Guaraí Notícias/Divulgação)

Caminhonete ficou completamente destruída no acidente em Guaraí (Foto: Guaraí Notícias/Divulgação)

Duas pessoas morreram e cinco ficaram feridas em acidentes nas estradas do Tocantins durante o fim de semana. Uma das mortes foi em Lajeado e a outra em Guaraí, as duas cidades ficam na região central do estado. O primeiro caso foi na madrugada do sábado (9) e matou um motociclista que não teve o nome divulgado. O segundo foi na madrugada do domingo (10) e matou o empresário Lúcio Aurélio Lima, de 27 anos.

Dois casos foram na região norte do estado. Em Araguaína, um carro capotou na BR-153 por volta das 5h deste domingo (10). A condutora, também de nome não divulgado, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O caso foi próximo a vila Couto Magalhães. O carro ficou atravessado na pista.

Carro capotou na BR-153 em Araguaína (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)Carro capotou na BR-153 em Araguaína (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Carro capotou na BR-153 em Araguaína (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

O outro caso da região norte foi em Palmeiras do Tocantins. Um caminhão saiu da pista e capotou no acostamento. O motorista, ainda não identificado, foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Araguaína. A Polícia Rodoviária Federal informou que os ferimentos dele são graves. A pista precisou ficar parcialmente interditada enquanto o socorro era feito. O caso foi por volta de 5h30 deste domingo (10).

O último caso foi entre Porto Nacional e Monte do Carmo, na região central. Um carro e uma motocicleta bateram de frente na TO-255 por volta das 10h30 do domingo (10). O condutor da moto, Luciano Ribeiro de Carvalho e os ocupantes do carro Gustavo Vinícius Lopes de Oliveira e Laís Lane da Silva precisaram ser levados ao Hospital Regional de Porto Nacional.

A Polícia Militar informou que a motocicleta envolvida na batida sumiu do local do acidente antes da chegada dos policiais. Como o proprietário estava inconsciente, não há informações sobre se ela foi roubada ou levada por algum conhecido da vítima.

Carro e motocicleta batem de frente na TO-010 em Lajeado (Foto: Divulgação)

Carro e motocicleta batem de frente na TO-010 em Lajeado (Foto: Divulgação)

Fonte: G1 Tocantins

Acidente próximo à Uruaçu tirou a vida de uma pessoa de Palmeirópolis neste final de semana

Valdeci Pires era de uma família tradicional em Palmeirópolis.

Um acidente na noite do último domingo, 26, na BR-153, próximo à Uruaçu, tirou a vida de Valdeci Pires de 54 anos.De acordo com informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), a vítima dirigia uma Toyota Hilux quando colidiu contra a lateral de um caminhão. Ainda segundo a polícia a colisão aconteceu durante uma ultrapassagem proibida.

O condutor durante a ultrapassagem teria percebido um veículo na pista contrária, tentou frear para retornar para a sua ‘mão’, mas acabou colidindo.

Após a colisão, a caminhonete de Valdeci perdeu o controle e bateu contra uma árvore, ele morreu na hora, estava sozinho no veículo.

A PRF ainda informou que o último final de semana foi violento nas rodovias federais que cortam o estado de Goiás. O balanço da instituição destacou 16 acidentes entre os dias 24 e 26 de novembro, com 17 feridos e 4 mortes. Todas as mortes aconteceram em acidentes provocados por ultrapassagens em locais proibidos.

Para o inspetor da PRF Newton Morais, agora com o aumento de volume das chuvas, o motorista tem que redobrar a atenção, principalmente em rodovias de faixa simples. “Chama atenção nestes casos que muitos condutores acabam realizando ultrapassagens em lugares proibidos e, para retornar com certa pressa para a sua faixa, acabam acelerando e, com a pista molhada, é um fator positivo para a perda de controle dos veículos”.

Newton ainda ressalta que nos acidentes com feridos, muitas das vítimas estavam em motocicletas e o abuso da velocidade também contribuiu para as ocorrências.

Valdeci Pires era irmão do ex-vereador de Palmeirópolis José Adão. Era um homem trabalhador e tinha muitos amigos.

A cidade de Palmeirópolis sentiu muito pela morte de Valdeci Pires. Um homem batalhador e de um coração gigante na hora de ajudar as pessoas. 

Toda família está de luto e choram pela partida inesperada dele.

No mês de maio Valdeci perdeu seu filho Lindomar Pires, também vítima de acidente de transito próximo a Palmeirópolis, seis (6) meses depois foi vez dele. Muita tristeza para a família.

Quando os bombeiros chegaram Valdeci já estava sem vida. Foto divulgação PRF.

Da redação com informações de vallenews

 

Bebê escapa ileso de acidente envolvendo três carros na BR-153

Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Batida foi registrada em Gurupi.

Um acidente envolvendo três carros, na BR-153, em Gurupi, sul do Tocantins deixou pelo menos quatro pessoas feridas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um bebê de três meses escapou sem ferimentos. Ele era transportado no bebê conforto. A batida foi registrada na noite deste domingo (26).

O acidente aconteceu por volta das 21h, no trevo que liga a rodovia ao setor Industrial. Um carro que seguia pela BR-153, no sentido norte, acabou atingindo outros dois veículos. Segundo a polícia, eles faziam uma rotatória e não pararam antes de entrar na rodovia.

Os dois veículos foram atingidos, sendo que um deles capotou. Em um dos carros havia um bebê que não se feriu. Já a mãe dele, Naine Souza teve ferimentos graves. Ela foi levada para o Hospital Regional de Gurupi. Segundo a polícia, três pessoas tiveram ferimentos leves e também receberam atendimento.

G1/Tocantins

Dois motoristas morrem carbonizados após acidente na BR-020

Segundo PRF, eles conduziam dois caminhões, que pegaram fogo após colidirem. Um deles carregava inseticidas e o outro, bananas.

Dois homens, ainda não identificados, morreram carbonizados na madrugada desta sexta-feira (24), na BR-020, em Flores de Goiás, região nordeste do estado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), eles conduziam dois caminhões, que bateram e pegaram fogo logo em seguida.

Ainda conforme a corporação, um dos veículos carregava inseticidas para lavouras de algodão enquanto o outro transportava bananas. Ambos ficaram completamente destruídos. Ainda não se sabe as circunstâncias da colisão.

Após a batida, que ocorreu por volta das 4h50, a pista chegou a ficar completamente interditada. Na ocasião, formou-se engarrafamento de 10 km em um dos lados e 6 km no outro.

Porém, por volta das 14h, parte da estrada foi liberada para tráfego no modelo “pare/siga”.

Carga de bananas de um dos caminhões ficou espalhada pela pista (Foto: PRF/Divulgação)
Corpo de Bombeiros esteve no local para apagar as chamas dos veículos (Foto: Aline Caetano/Arquivo pessoal)
Carga de bananas de um dos caminhões ficou espalhada pela pista (Foto: PRF/Divulgação)

G1/Goiás

 

 

Acidente entre duas motos e um caminhão deixa uma pessoa morta e outra ferida no Tocantins

Batida foi registrada na BR-153, perto de Paraíso do Tocantins. Segundo a PRF, o acidente aconteceu depois que uma motociclista caiu por causa de um buraco na pista.

Um acidente envolvendo duas motocicletas e um caminhão deixou uma pessoa morta e outra ferida na BR-153 em Paraíso do Tocantins, na noite desta terça-feira (22). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o acidente aconteceu depois que Michele de Melo Rocha, de 23 anos, caiu da moto. A suspeita é que ela tenha perdido o controle da direção por causa de um buraco na pista.

Segundo a polícia, um caminhão que seguia logo atrás freou para não atropelar a vítima. Neste momento, o motociclista Ronaldo Alves de Sousa, que trafegava atrás do caminhão, não conseguiu parar a tempo e bateu na traseira do veículo.

Sousa chegou a ser atendido, mas não resistiu. Já Michele foi socorrida com vida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. A batida foi registrada no km 490.

G1/Tocantins

Ladrões sofrem acidente após roubar caminhonete e jet ski no Tocantins

Eles fugiram a pé após a batida, mas um deles foi encontrado pela PM em uma construção abandonada e morreu em confronto, de acordo com delegada. Vítima foi rendida em casa com a mulher grávida e o filho de 3 anos.

Dois ladrões de carro sofreram um acidente na BR-153, no sul do Tocantins, após roubar uma caminhonete e um jet ski em Gurupi. O crime foi na noite desta sexta-feira (10), quando os criminosos renderam o dono dos veículos, a esposa grávida dele e o filho de três anos do casal enquanto eles entravam em casa, no setor Waldir Lins. As informações são da Polícia Civil.

De acordo com a delegada Rosalina Maria de Almeida, que investiga o caso, os homens bateram a caminhonete na traseira de um caminhão na entrada da cidade de Figueirópolis, também na região sul. Eles fugiram a pé para a cidade. Um deles foi encontrado horas mais tarde pela Polícia Militar. A delegada informou que o homem tentou atirar contra os PMs e por isso houve troca de tiros, o suspeito morreu.

O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal de Gurupi e identificado como Vilmar Pimentel da Silva, de 35 anos. O segundo suspeito ainda não foi localizado. As vítimas do roubo não ficaram feridas no caso.

G1/TO

Acidente que matou três caminhoneiros do Tocantins, em Goiás, parentes ainda não conseguiram enterrar os corpos

Parentes de mortos no engavetamento em GO esperam para enterrar corpos.

Vítimas de acidente na BR-153 no norte de Goiás ainda estão no IML de Goiânia. Corpos dependem de exame de DNA para serem liberados, mas não há reagente para fazer análise.

Um mês após o acidente que matou três caminhoneiros do Tocantins na BR-153, em Goiás, os parentes ainda não conseguiram enterrar os corpos. Isso porque eles ainda não foram liberados pelo IML. O acidente envolveu nove veículos e matou quatro pessoas. As vítimas ficaram carbonizadas e precisam passar por exame de DNA para identificação.

Cleyanderson Rodrigues é sobrinho de um dos caminhoneiros. Ele diz que entrou em contato com a delegada responsável pelo caso e a resposta não foi nada animadora. “Está faltando um reagente e esse reagente vem dos Estados Unidos. Não tem data prevista para ele chegar”, disse. O tio dele é Arione Rodrigues de Araújo.

O acidente aconteceu no início de outubro na região norte de Goiás e envolveu cinco caminhões, três carretas e um carro de passeio. Os corpos continuam no IML de Goiânia.

Segundo o Instituto Médico Legal, o motivo da demora seria o estado em que os corpos foram encontrados e o resultado pode demorar ainda 60 dias para ficar pronto.

Para a mãe de Arione Rodrigues, esperar tanto tempo para poder enterrar o filho caçula torna a dor ainda maior. “Se tivesse pelo menos enterrado, você via. Mas desse jeito aqui é triste”, lamentou Maria Rodrigues de Araújo.

Entenda

Um acidente com nove veículos deixou ao menos quatro pessoas mortas na BR-153, em Mara Rosa, região norte de Goiás. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão envolveu oito veículos de carga e um carro de passeio, que pegaram fogo logo em seguida. A pista está interditada nos dois sentidos.

As múltiplas batidas aconteceram na noite de sábado (7), por volta das 20h20. São cinco caminhões, três carretas e um carro pequeno. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas foram carbonizadas. Todas elas eram ocupantes dos veículos pesados e ainda não foram identificadas.

Outras oito pessoas foram socorridas com ferimentos leves e atendidas no local. Elas não tiveram de ser encaminhadas para o hospital.

A PRF suspeita que o acidente foi causado depois que uma das carretas fez uma ultrapassagem proibida no local. Inicialmente, duas carretas se envolveram na batida. Em seguida, os outros veículos também foram colidindo.

G1/TO

Casal morre após acidente entre carro e caminhão no Tocantins

Acidente aconteceu perto da cidade de Couto Magalhães. Vítimas ficaram presas às ferragens e foram retiradas pelo Corpo de Bombeiros.

O casal Adão Cardoso de Souza, 54 anos, e Janete Soares de Souza, 51 anos, morreu após um acidente na TO-335, perto de Couto Magalhães. O carro em que os dois estavam foi atingido por um caminhão carregado de milho. A batida aconteceu neste sábado (28).

Os dois ficaram presos nas ferragens. Já o motorista do caminhão não teve ferimentos. O caminhão tombou e a carga ficou espalhada às margens da rodovia. As causas do acidente não foram informadas.

Caminhão tombou após bater em carro de passeio na TO-335 (Foto: Divulgação/Bombeiros).

G1/Tocantins

Estudante de direito morre em acidente em Palmas envolvendo moto e viatura da PM

No acidente o estudante de Direito, Jeferson Rodrigues, faleceu em decorrência dos ferimentos.

Um grave acidente ocorrido à meia noite desta quarta-feira, 25, na região Sul de Palmas, envolvendo uma viatura da Polícia Militar e uma motocicleta, deixou uma vítima fatal. No acidente o estudante de Direito.

O acidente ocorreu na Marginal Oeste, em frente ao supermercado Quartetto, no setor Santa Bárbara. Conforme informações iniciais apuradas pelo T1 Notícias, dois rapazes que estavam na motocicleta haviam sido assaltados e estavam a caminho da delegacia para registrar a ocorrência.

Segundo a PM, o motorista da viatura revelou que os policiais trafegavam pela marginal Oeste, no sentido Norte/Sul, para atendimento de uma ocorrência de acidente de trânsito com vítima na Avenida Goiás, no setor Santa Bárbara. “Nas proximidades do supermercado Quartetto, a motocicleta Honda CG 150, vermelha, saiu da Rua 19-A, no sentido oeste/leste, adentrando na marginal oeste, sem observar o tráfego local, colidindo na viatura”.

Ainda segundo a PM, o condutor da viatura perdeu o controle da direção, levando o veículo a capotar várias vezes. Os policiais militares foram encaminhados ao Hospital Geral de Palmas com lesões, onde foram atendidos e tem quadro de saúde estável. O passageiro da motocicleta também foi atendido no HGP com lesões. O corpo do estudante foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Palmas.

Jeferson Rodrigues tinha 21 anos e cursava o 4º período de Direito no Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra).

Viatura da PM teria capotado várias vezes.
T1noticias