Governador cassado ainda aguarda um recurso no Tribunal Superior Eleitoral. Na decisão, o ministro disse que a realização da eleição suplementar ‘parece inadequada’.

Outros dois recursos feitos contra a cassação do ex-governador Marcelo Miranda (MDB) e da vice Cláudia Lelis (PV) foram negados pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Os pedidos era para suspender os efeitos da cassação feita pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A decisão foi a mesma dada pelo ministro em um outro pedido negado na semana passada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here