O trio tem atuado abaixo da média que eles mesmos estabeleceram na temporada anterior.

O mesmo acontece com os outros dois finalistas, Cristiano Ronaldo, 33, e Mohamed Salah, 26, de Juventus (ITA) e Liverpool (ENG), respectivamente.

Desde a premiação, no último dia 24 de setembro, Modric disputou três partidas com a equipe espanhola. Foram duas derrotas, 3 a 0 para Sevilla (ESP), pelo Espanhol, e 1 a 0 para o CSKA Moscou (RUS), pela Champions, além de um empate no clássico com o Atlético de Madri (ESP), pela liga nacional.

O meia não fez gols nem deu assistências e ainda levou um cartão amarelo, diante do Sevilla. No duelo com o CSKA, começou o jogo no banco e atuou por 32 minutos, não conseguindo evitar a derrota para os russos.

Artilheiro do último Campeonato Inglês com 32 gols e autor de 44 na última temporada europeia, Mohamed Salah é outro que vem enfrentando uma baixa de rendimento.

Desde a cerimônia do do prêmio The Best, o Liverpool não venceu e o egípcio não marcou gols -ainda viu o time ser eliminado na Copa da Liga Inglesa.

Cristiano Ronaldo não teve uma queda de desempenho tão acentuada quanto o ex-colega croata e o egípcio. Nos dois jogos que fez após o prêmio, ambos pelo Campeonato Italiano, não marcou gols, mas deu assistências.

Na vitória sobre o Bologna (ITA) por 2 a 0, deu um passe para gol, e no triunfo por 3 a 1 contra o Napoli (ITA), deu duas assistências. Contudo, o maior problema do português no período aconteceu na esfera pessoal. 

Em entrevista publicada na última sexta (28) pela revista alemã Der Spiegel, a americana Kathryn Mayorga, 34, acusa o jogador da Juventus de a ter estuprado em junho de 2009, depois que os dois se conheceram em uma casa noturna.

O jogador nega as acusações e diz estar com a consciência tranquila, mas a polícia de Las Vegas, onde o estupro ocorreu segundo Mayorga, reabriu a investigação na última segunda-feira (1).

Um olhar mais amplo sobre a temporada dos três mostra que não é só da premiação da Fifa para cá que o trio tem atuado abaixo da média que eles mesmos estabeleceram na temporada anterior.

Em dez jogos da atual temporada, Mohamed Salah marcou apenas três gols, metade do que ele havia somado com o mesmo número de partidas há um ano. O rendimento do português é parecido com o do egípcio.

Em oito jogos desta temporada, marcou três gols, enquanto nos oito primeiros compromissos em 2017/2018 ele já contabilizava seis marcados. O agravante para Cristiano Ronaldo foi a expulsão em sua estreia com a Juventus na Champions, diante do Valencia (ESP).

Menos acostumado a ser artilheiro, Luka Modric não marcou nos dez jogos que fez até aqui na temporada, assim como não havia marcado no início da temporada passada. Porém, para efeito de comparação, seu Real Madrid tinha oito vitórias, um empate e só uma derrota com ele em campo nos dez primeiros compromissos da temporada 2017/2018.

Agora, soma cinco vitórias, dois empates e três derrotas, entre elas a da Supercopa da Espanha para o rival Atlético de Madri. Com informações da Folhapress.

Por noticia ao minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here