Os corpos de Augusto Aguiar Ribeiro, de 54 anos, e Sandra Lucia Hammer Moura, de 39, encontrados mortos dentro da residência no Jardim Taquari, em Palmas, estão sendo velados na Igreja Católica Santa Rita de Cássia, na região sul de Palmas. A suspeita da Polícia Civil é que ele tenha matado a mulher e depois tirado a própria vida.

O velório começou por volta das 8h, e é realizado atrás de um supermercado, no Jardim Aureny I. Os corpos foram liberados do IML por volta de meia-noite.

A Polícia Civil apreendeu um celular junto aos corpos. No aparelho, há vídeos do marido confessando a morte da esposa, mostrando o cadáver dela e dizendo que cometeu o crime porque ela havia pedido a separação. O homem disse ainda que não seria preso e que o casal iria “para a glória do senhor” juntos.

Nas redes sociais, amigos e parentes lamentaram o crime. Uma filha do casal publicou na web: “O pai por que você fez isso”?

Entenda

Segundo o delegado de homicídios Israel Andrade, o homem deve ter matado a mulher por volta de 11h30 e cometeu suicídio por volta de 16h30. “Ele deixou vídeos contando que ele não aceitava o fim do relacionamento e que ele se considerava traído”, explicou.

Após matar a mulher e fazer as gravações, o homem ainda teria tomado banho, trocado de roupa e colocado um cordão com um crucifixo antes de se enforcar sobre a cama onde os dois dormiram. A família disse que o casal estava junto há cerca de 20 anos e que o relacionamento era conturbado.

Os nomes dos dois ainda não foram confirmados, a mulher foi encontrada ensanguentada com marcas que parecem ser de facadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here