Dois homens ficaram feridos em um acidente de trânsito em Araguaína. Ao chegar na UPA, atendimento não foi feito e eles precisaram seguir para o HRA ainda na carroceria do veículo.

Dois homens que ficaram feridos em um acidente de trânsito em Araguaína, no norte do Tocantins, precisaram se socorridos por moradores da cidade com uma caminhonete. As testemunhas disseram que as vítimas aguardaram atendimento por mais de duas horas debaixo de chuva, mas que mesmo com várias ligações para o Samu e o Corpo de Bombeiros, nenhuma ambulância apareceu.

Os moradores que fizeram o socorro levaram os homens até a Unidade de Pronto Atendimento no setor Araguaína Sul, mas ao chegar ao local nenhum funcionário da UPA fez o atendimento. Mesmo com a ambulância da UPA parada no local, eles precisaram seguir na carroceria da caminhonete até o Hospital Regional de Araguaína, onde receberam o atendimento.

O nome dos feridos ainda não foi divulgado, eles estavam em uma motocicleta que bateu em um carro no cruzamento das ruas Macieiras e Jaracatiás. O Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), que administra a UPA, reconheceu a gravidade da situação e disse que afastou os profissionais envolvidos no caso e que abriu uma sindicância para apurar a conduta do médico plantonista e demais colaboradores envolvidos.

O IBGH disse que pode fazer uma denúncia aos conselhos responsáveis caso fique comprovada a responsabilidade deles no caso. Já o Corpo de Bombeiros informou que possui apenas uma ambulância que presta atendimento pré-hospitalar em Araguaína. Segundo eles, este veículo ficou envolvido em outros atendimentos entre as 21h de sábado (13) e as 3h30 de domingo (14) e por isso não foi possível prestar o atendimento.

A prefeitura de Araguaína dispõe de três ambulâncias para o Samu da cidade. A gestão ainda não informou porque nenhuma dessas ambulâncias fez o atendimento.

Fonte: G1 Tocantins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here