O ex-deputado estadual e federal Júnior Coimbra faleceu no início da noite desta quinta-feira, 26, em um grave acidente ocorrido na região Sul do Tocantins. O veículo teria capotado na TO-070, entre os municípios de Sandolândia e Formoso do Araguaia, próximo ao povoado de Dorilândia.

Acompanhavam o ex-deputado, no mesmo veículo, o ex-secretário de Palmas Adir Gentil, o vereador de Palmas Tiago Andrino (PSB) e o coronel Ribamar. Todos participavam da caravana com apoiadores e correligionários da campanha do candidato ao governo do Estado pelo PSB, Carlos Amastha, iniciada na cidade de Talismã na manhã de hoje. Os eventos de campanha foram cancelados após o acidente.

Todos estavam em um veículo Pajero Dakar, do coronel Ribamar, que teria passado direto pelo trevo e em seguida capotado duas vezes. Conforme as informações apuradas pelo T1 Notícias, o ex-deputado estaria no banco do passageiro da frente e teria sido arremessado para fora do veículo.

Adir Gentil, coronel Ribamar e Tiago Andrino foram encaminhados ao Hospital de Formoso do Araguaia após o acidente. Os três não sofreram ferimentos e passam bem. Eles foram submetidos a exames apenas por precaução.

Ainda segundo apurado, o velório do ex-deputado acontece nesta sexta-feira, 27, em Palmas, na Assembleia Legislativa. A esposa do ex-deputado, a vereadora de Palmas Laudecy Coimbra recebeu a notícia do acidente em Brasília (DF), onde estava em viagem, e aguarda voo para retornar a Palmas.

O jornalista Raimundo Coimbra Júnior tinha 53 anos e era natural de Filadélfia (TO), mas cresceu em Itaporã do Tocantins. Júnior Coimbra, como é mais conhecido, formou-se em Comunicação Social, especificamente em jornalismo, pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) em 1988 e foi repórter esportivo de várias rádios naquele Estado. Sua carreira política teve início em 1989, quando voltou ao seu Estado natal.

No ano de 1992, elegeu-se prefeito de Itaporã do Tocantins e, em 1997, foi diretor-superintendente da antiga TV Palmas, a atual Redesat de Televisão.

Em 2000, Júnior Coimbra retorna à vida política como o vereador mais bem votado da Capital, Palmas, tendo, durante esse período, assumido também a Secretaria de Governo do município. Foi deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins e exerceu ainda o mandato de deputado federal na Câmara dos Deputados.

Foi secretário na gestão do ex-prefeito Amastha e se desincompatibilizou para disputar novamente nas eleições gerais deste ano.

Júnior Coimbra nasceu em 28 de março de 1965 e deixa sua esposa, Laudecy Coimbra, seus filhos Sandra, Larissa, Natália e Lucas, e um neto, Luis Alberto.

Pesar

Por meio de depoimentos nas redes sociais e notas, amigos, eleitores, conhecidos, admiradores do ex-deputado, políticos e autoridades lamentam profundamente o falecimento de Júnior Coimbra.

Deputado Jorge Frederico: “Foi com profundo pesar que recebi a notícia do falecimento do ex-deputado federal, Júnior Coimbra, ocorrida em um trágico acidente de trânsito, no começo da noite desta quinta-feira, 26. Político experiente, Júnior fez muito pelo estado do Tocantins, tanto na Assembleia Legislativa quanto na Câmara Federal. Rogo a Deus para que seus familiares possam encontrar a paz necessária num momento de tanta tristeza”.

Marcelo Lelis: “Meus sentimentos à família, a Laudecy e aos filhos do amigo Junior Coimbra, independente de posições políticas nesse momento, convivemos juntos 8 anos na Assembleia e tínhamos uma relação de amizade. Que Deus o tenha”.

T1noticias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here