Em Miracema do Tocantins, vinte e seis estudantes foram detidos pela Polícia Militar na manhã desta quinta-feira, 27, após ocuparem a Escola Estadual Santa Filomena, na noite de ontem. Os estudantes protestavam contra a PEC 241 (que foi aprovada em segunda instância pela Câmara esta semana e congela os gastos com educação e saúde), contra a MP do Ensino Médio e pediam a saída do presidente Michel Temer (PMDB).

De acordo com o diretor estadual da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, Victor Muniz, que está acompanhando os estudantes, a ocupação da escola era um protesto pacífico feito pelos alunos, que foram surpreendidos com a chegada da Polícia e de um promotor de Justiça ainda na manhã de hoje. Segundo o relato de Victor, o promotor não apresentou nenhum documento quando efetuou a prisão dos estudantes que foram levados algemados para a Delegacia.

“Ele veio aqui e falou que Miracema não iria virar uma São Paulo, cheia de estudantes ocupando escolas. São 26 estudantes que foram presos, 12 são menores. Todos foram levados pra delegacia sem os pais e sem advogado, depois que os pais chegaram com o advogado, mas não sabemos o motivo da prisão deles”, explicou Victor.

O diretor estadual contou que irá acompanhar os estudantes até que todos sejam liberados. Até o momento dois já saíram da delegacia.(fonte:portal stylo)  

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here