O ex-governador Siqueira Campos (DEM) continuará candidato nas eleições de outubro, mas vai inverter a posição.

Ele será primeiro suplente do ex-deputado federal Eduardo Gomes (SD), que assumirá a vaga de senador do democrata.

O arranjo foi definido logo após o ex-governador anunciar que tinha desistido de disputar o Senado por falta de condições físicas.

Conforme o blog apurou, Siqueira está internado no Hospital Santa Tereza, em Palmas, desde essa terça-feira, 14.

“A rigor, minha carreira está encerrada”, teria dito o ex-governador ao Jornal do Tocantins, na noite dessa quarta-feira, 14, último dia para registro de candidatura. Conforme o jornal, Siqueira explicou que não está deixando a candidatura pela idade, mas por problemas de saúde que vem enfrentando. “Cada dia é um problema. Não tenho condições de ir para o interior como os companheiros esperam”, afirmou o ex-governador ao JTo.

Siqueira Campos fez 90 anos no dia 1º e na convenção do governador Mauro Carlesse (PHS), no dia 5, seu semblante nas fotos divulgadas chamou a atenção e as imagens rodaram as redes sociais. Ele chegou praticamente carregado por assessores e ficou quase todo o tempo sentado no evento ocorrido na Assembleia Legislativa.

Depois de deixar sua última gestão no comando do Tocantins, em 2014, Siqueira passou por algumas internações. Em junho de 2016 ele chegou a ficar na UTI com quadro de desidratação. Em janeiro de 2017, voltou se internar com pneumonia.

Carlesse ficou sabendo da desistência de Siqueira, segundo aliados, apenas nesta noite em Fortaleza do Tabocão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here