Bombeiros encontram corpo de jovem que desapareceu no rio Araguaia

Corpo foi achado na manhã desta terça-feira (25). Lavrador desapareceu no domingo e as buscas ultrapassaram as 24 horas.

Os Bombeiros encontraram o corpo do jovem William Alves Agra, de 24 anos, que foi visto pela última vez no último domingo (23), no porto da Praia do Garimpinho, no rio Araguaia, norte do Tocantins. As buscas foram retomadas nas primeiras horas desta terça-feira (25). O corpo foi achado por volta das 6h.

O IML de Araguaína foi acionado para retirar o corpo. O lavrador desapareceu na tarde de domingo (23), enquanto nadava próximo ao porto. Testemunhas informaram que ele afundou e não foi mais visto.

Bombeiros começaram as buscas no mesmo dia. A procura foi retomada nesta segunda-feira, quando dois mergulhadores foram enviados ao local para ajudar nos trabalhos. Pescadores da região e a Polícia Militar deram apoio.

Outras oito pessoas morreram afogadas neste mês de julho, durante a temporada de praias. Nesta segunda-feira (24), o corpo do engenheiro civil José Avelar Gomes do Nascimento Júnior, de 35 anos, foi encontrado em um lago, próximo a ilha da Capivara, em Brejinho de Nazaré, após cair de uma canoa. De acordo com os Bombeiros, o corpo foi encontrado boiando a 10 km do local onde despareceu.

“A água é sempre traiçoeira. Às vezes a pessoa sabe nadar, mas ela pode ter uma câimbra, um mal súbito. Para aquela pessoa que não sabe nadar a gente sempre fala que água no umbigo é sinal de perigo. Isso porque se por ventura, pisar em falso em um banco de areia, for arrastado pela correnteza, dificilmente vai conseguir retornar, uma vez que não tem habilidade na água. Quanto às crianças, elas devem ser vigiadas pelos pais ou responsáveis”, diz o major do Corpo de Bombeiros, Maxuel Souza.

G1/TO

Jovem morre após motocicleta sair da pista e capotar em rodovia

Acidente foi registrado na BR-242, em Cariri de Tocantins. Ele teria perdido o controle do veículo.

Um jovem de 19 anos morreu após a motocicleta que ele conduzia capotar no Km 411, da BR-242, em Cariri de Tocantins. O acidente aconteceu na noite deste domingo (23), por volta das 22h. A identidade da vítima não foi divulgada.

De acordo com o a Polícia Rodoviária Federal, a motocicleta trafegava na rodovia, seguindo sua mão de direção, quando ao se aproximar da intersecção das BR’s 242 e 153, por motivo ignorado, o condutor perdeu o controle do veículo, saindo da pista sobre a rotatória e capotando.

G1/TO

Bombeiros encontram corpo de homem que desapareceu em lago

Ele foi localizado nesta segunda-feira (24) boiando a 10 km do local onde despareceu. Homem havia caído em um lago no último sábado (22).

Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de José Avelar Gomes do Nascimento Júnior, de 35 anos, na manhã desta segunda-feira (24). Ele desapareceu no último sábado (22), em um lago, próximo a ilha da Capivara, em Brejinho de Nazaré, após cair canoa.

De acordo com os Bombeiros, o corpo foi encontrado boiando a 10 km do local onde despareceu. Segundo a corporação, equipes de mergulho de Palmas e Porto Nacional realizaram as buscas. O Instituto Médico Legal já foi para o local.

G1/TO

Bombeiros fazem buscas por jovem que despareceu no rio Araguaia

Segundo Bombeiros, jovem estava tomando banho a aproximadamente 200 metros acima do porto quando teria afundado, e não foi mais visto.

Corpo de Bombeiros faz buscas pelo lavrador William Alves Agra, de 24 anos, que desapareceu no porto da Praia do Garimpinho, próximo a Araguaína, norte do Tocantins. O jovem está desaparecido desde o fim da tarde deste domingo (23).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, jovem estava tomando banho no rio Araguaia, a aproximadamente 200 metros acima do porto quando teria afundado e não foi mais visto.

Brejinho de Nazaré

Na manhã desta segunda-feira (24), o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de José Avelar Gomes do Nascimento Júnior, de 35 anos. Ele desapareceu no último sábado (22), em um lago, próximo a ilha da Capivara, em Brejinho de Nazaré, após cair canoa.

De acordo com os Bombeiros, o corpo foi encontrado boiando a 10 km do local onde despareceu. Segundo a corporação, equipes de mergulho de Palmas e Porto Nacional realizaram as buscas. O Instituto Médico Legal já foi para o local.

Mortes por afogamento

Só no neste mês de julho foram registradas ainda outras seis mortes por afogamento em rios do estado, durante o período de praias.

O Corpo de Bombeiros orienta que pessoas sem treinamento não tentem salvar vítimas de afogamento.

“A água é sempre traiçoeira. As vezes a pessoa sabe nadar, mas ela pode ter uma câimbra, um mal súbito. Para aquela pessoa que não sabe nadar a gente sempre fala que água no umbigo é sinal de perigo. Isso porque se por ventura, pisar em falso em um banco de areia, for arrastado pela correnteza, dificilmente vai conseguir retornar, uma vez que não tem habilidade na água. Quanto as crianças, elas devem ser vigiadas pelos pais ou responsáveis”, diz o major do Corpo de Bombeiros, Maxuel Souza.

G1/TO

Caminhão carregado com madeira tomba na BR-153

O acidente aconteceu na rotatória que dá acesso a UFT, em Araguaína. O motorista sofreu um corte na cabeça.

Um caminhão carregado com madeira tombou na tarde deste domingo (2), na BR-153, em Araguaína, no norte do Tocantins. O acidente aconteceu na rotatória que dá acesso a Universidade Federal do Tocantins.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o motorista de 56 anos não sofreu ferimentos graves, mas teve um corte na cabeça. Quando a equipe chegou no local, ele já estava sendo atendido pelo Samu.

Caminhão carregado com madeira tomba na BR-153 (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Caminhão carregado com madeira tomba na BR-153 (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

G1/TO

No Tocantins, criminosos arrombam porta e levam todo o dinheiro dos Correios

Agência fica na região norte do Tocantins. Segundo os Correios, só neste ano 22 agências foram alvo de criminosos.

A agência dos Correios de Cachoeirinha, na região norte do Tocantins, foi alvo de criminosos na madrugada desta terça-feira (27). Segundo informações da Polícia Militar (PM), os suspeitos entraram pela porta da frente depois de terem quebrado o cadeado.

De acordo com os policiais, os criminosos utilizaram ferramentas para arrombar o cofre e todo o dinheiro da agência foi levado. A quantidade não foi informada.

A PM informou que até momento ninguém foi preso, mas que estão fazendo buscas pelos suspeitos. A Polícia Federal disse vai investigar o caso.

A assessoria dos Correios informou que só neste ano, 22 agências foram alvo de criminosos. A unidade de Cachoeirinha ficará fechada para realização de perícia e apuração interna e não há previsão para o restabelecimento do atendimento ao público.

Segundo os Correios, a população de Cachoeirinha será atendida pela agência de São Bento, que fica a 12 km da cidade.

G1/TO

Fotos íntimas de aluna de 17 anos são achadas em celular de professor

O docente foi encontrado pela polícia quando saía de um motel com a adolescente, na tarde desta terça.

Após a polícia encontrar fotos íntimas de uma estudante de 17 anos no celular de um professor, o educador foi preso, nesta terça-feira (20), em São José dos Campos, interior de São Paulo. O suspeito, que tem 59 anos e pagou fiança de R$ 2 mil, estava se relacionando com a garota desde o início deste mês.

Segundo informações do G1, o docente foi encontrado pela polícia quando saía de um motel com a adolescente, na tarde desta terça. “Em princípio, ele vai responder por armazenar material pornográfico envolvendo criança e adolescente”, disse o delegado Regis Germano. O crime está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente.

O delegado ainda ressaltou que as imagens são fortes e comprometedoras, que comprovam que ele armazenava isso para se satisfazer. O motel em que os dois estavam também deverá ser indiciado, por permitir a entrada da adolescente.

Noticias ao Minuto

MPE pede que suspeito de matar policial em Araguaína vá a julgamento

Sargento foi morto em troca de tiros durante assalto a uma agência bancária de Araguaína. O suspeito foi preso no final do mês passado, no Piauí.

O inquérito ainda não foi concluído, mas o Ministério Público Estadual já ofereceu denúncia contra o suspeito de matar um policial militar em Araguaína, no norte do Tocantins. O crime aconteceu no mês passado. Jandres Alves Bezerra, que tinha 43 anos, foi morto em troca de tiros durante um assalto a uma agência bancária da cidade.

“Com base no inquérito policial, o Ministério Público entendeu, que em tese, houve um crime de latrocínio contra o policial militar James e tentativa de latrocínio com relação às vítimas do estabelecimento, no momento do assalto, praticamente ao lado do policial militar e que também foram alvo dos disparos, que por sorte não as atingiram e de forma alguma descaracteriza o crime por ele praticado”, diz o promotor de Justiça Leonardo Goveia.

O suspeito foi preso no final do mês passado, em Canto dos Buritis (PI), após uma denúncia anônima por porte ilegal de arma de fogo. Segundo a polícia, ele estava com arma usada para matar o policial. Ainda não há informações de quando o suspeito será transferido para uma cadeia do Tocantins.

A família se sente mais aliviada após a denúncia do Ministério Público. “Estou tomando remédio direto, mas não passa. Quando vem aquela dor, o vazio, não tem jeito. A dor é grande, é um vazio que não preenche nunca”, desabafa a mãe.

Entenda

O policial militar foi morto no dia 12 de maio em Araguaína, norte do Tocantins, durante uma troca de tiros na porta de uma agência bancária. O sargento Jandres Alves Bezerra, de 43 anos, que reagiu a um assalto. Outras duas pessoas ficaram feridas.

Os criminosos conseguiram fugir, mas foram perseguidos. A PM confirmou que um deles foi morto mais tarde, em troca de tiros com os militares no setor JK.

A tentativa de assalto foi registrada por volta das 15h30, na avenida Ademar Vicente. O policial foi atingido por vários disparos e morreu no local. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e confirmou a morte.

De acordo com a PM, o policial estava na fila esperando para ser atendido quando os criminosos chegaram. Segundo testemunhas, duas pessoas que estavam no local foram baleadas. Elas foram levadas para o Hospital Regional de Araguaína.

G1/TO

Acidente de ônibus em Minas deixa 9 mortos e 18 feridos

A suspeita é de que o ônibus trafegasse em alta velocidade.

Um acidente com ônibus durante a madrugada desta segunda-feira, 19, na BR-251, em Salinas, no norte de Minas Gerais, deixou pelo menos nove mortos e 18 feridos, conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O veículo saiu da pista e capotou.

A corporação investiga as causas do capotamento, mas a suspeita é de que o ônibus trafegasse em alta velocidade. O veículo partiu de São Paulo e seguia para Euclides da Cunha, na Bahia. O acidente aconteceu por volta das 4 horas.

Ainda segundo a PRF, ainda não é possível dizer a qual empresa o ônibus pertencia.

A Polícia Militar em Salinas informou que o trecho da rodovia em que o ônibus tombou é sinuoso e registra alto índice de acidentes. A BR-251 dá acesso à BR-116, conhecida como Rio-Bahia.

Por volta das 9h30, a ocorrência ainda estava em andamento – é possível que o número de vítimas aumente.

Noticias ao Minuto

Região sul do Tocantins concentra piores trechos de estrada

Postos de fiscalização estão abandonados na região. Apenas uma unidade da PRF atende a todas as cidades do sul do estado.

A região sul do Tocantins concentra os piores trechos da BR-153, que é tema de uma série de reportagens do Jornal Anhanguera 2ª Edição. Entre as cidades de Fátima e Talismã a equipe encontrou muitos buracos, pontos sem a mureta de proteção e vários postos de fiscalização desativados.

Ponte sem proteção na BR-153 no sul do estado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Ponte sem proteção na BR-153 no sul do estado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

O lavrador José Adriano Rodrigues tenta aproveitar a estrutura abandonada do posto abandonado em Fátima para melhorar um pouco a vida. “Fiz uma cozinha e tem um quartinho que eu durmo. Não é coisa de luxo não, mas eu tô tentando aproveitar o que eu posso aproveitar e sobreviver com a vida digna”, conta ele.

Em Santa Rita do Tocantins a história se repete, os caminhões deveriam ser pesados no local, mas há sete anos isso não acontece. Além da falta de fiscalização o abandono ainda traz insegurança. Um caminhão tombado na pista é sinal das constantes tentativas de assalto. “O rapaz vinha aí sentido Brasília-Araguaína quando ele foi abordado por uns assaltantes, atiraram no veículo três vezes e ele descontrolou tentando se resvalar das balas”, conta outro motorista.

São cerca de 8 mil veículos por dia nos 800 quilômetros de pista da BR-153 no Tocantins. Entre janeiro e maio de 2017 já houve 344 acidentes em toda a extesão, 23 deles com mortes, quase 200 pessoas ficaram feridas.

Em Figueirópolis o risco é na travessia. Sem a passarela, crianças se arriscam correndo pela pista mesmo. Já em Alvorada o problema fica por conta da falta de asfalto e das crateras no trevo da cidade. “Não tem mais asfalto, só tá a terra aí e buraco, só buraco. É uma profissão que a gente gosta e outra coisa, o Brasil precisa da gente, mas nós tamo sofrendo com essa situação das estrada aí”, diz o caminhoneiro Deraldo Gomes de Assis. 

Na última cidade do estado, Talismã, o único posto de fiscalização que está funcionando em toda a região sul está abandonado, com buracos a volta. Em todo o trecho percorrido pela equipe existe apenas um posto da Polícia Rodoviária Federal, na maior cidade da região, Gurupi.

Quem usa a estrada para ganhar a vida honestamente já sabe que só há um jeito de garantir a volta para casa. Quem conta o segredo é o caminhoneiro Paulo Cezar Teixeira. “Trabalhar com segurança, porque lá em casa tem alguém esperando. Sempre vai ter. Sempre!”.

G1/To