Filhos de Camponeses se destacam na música sertaneja no sudeste do TO

Sem ter condições financeiras para investir no talento eles lutam para fazer o melhor.

Os amigos de infância Marcos e Maurício, tem se destacado na música sertaneja universitária no Tocantins.

Filhos de Camponeses e com apenas 18 anos, moram em uma pequena cidade no interior do estado, próximo a Paranã Tocantins. Tem crescido muito nas apresentações que estão fazendo através da música.

A dupla está formada há mais de oito anos, desde criança brilham cantando e fazendo bonito. Durante esse tempo foram convidados para cantar em festas de aniversários, associações, bares, em atividades culturais. “É só convidar que a gente anima festas com uma boa música sertaneja”, diz Marcos.

Por onde passou pôde mostrar o talento e carisma. Eles têm voz afinada e revelam sintonia no palco. Mas como ainda estão iniciando na vida musical buscam apoio para investir na carreira.

Desde pequeno são apaixonados pela música. Sem ter condições financeiras para investir no talento eles lutam para fazer o melhor.

Mesmo diante de dificuldade os amigos Marcos e Maurício não desanimam e se apresentam com entusiasmo. “O nosso objetivo é seguir em frente com a dupla, não é fácil, mas não vamos desistir”, diz Maurício.

Já fizeram apresentações nos bares da capital Palmas e são fã de Henrique e Juliano, onde se inspiram. O repertorio é recheado de outros artistas famosos como Zezé Di Camargo e Luciano, Leonardo, Jorge e Mateus, dentre outros. Os garotos são fãs dos mesmos artistas.

Marcos estuda no Colégio Família Agrícola José Porfirio de Souza no município de São Salvador do Tocantins. Os meninos, com apenas 18 anos, lutando por um espaço no mercado da música sertaneja.

Contatos para apresentação e apoio à carreira da dupla Marcos e Maurício podem ser feitas pelos telefones: 63-(98488-9713) ou 63(93604-5048).

Dois suspeitos são detidos após assaltar um bar e ir comemorar em outro

Segundo a Polícia Militar, os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas. Caso foi registrado em Araguaína, norte do Tocantins.

Dois suspeitos de cometer um assalto em um bar foram detidos momentos após o crime enquanto estavam em outro bar. O caso foi registrado em Araguaína, norte do Tocantins, na noite deste domingo (14). As informações são da Polícia Militar. 

De acordo com PM, a história começou por volta das 21h no setor Raizal. Um jovem de 21 anos e um adolescente chegaram em um bar e renderam cerca de oito pessoas. Eles levaram vários objetos e ainda atiraram na perna de um rapaz.

Depois do assalto saíram em um carro e foram até o setor Céu Azul, onde pararam em um outro bar. A polícia foi acionada e encontrou eles sem as armas, supostamente comemorando o feito anterior.

Os homens negaram a autoria do crime, mas foram reconhecidos por testemunhas. O jovem foi preso e o menor apreendido. Ainda segundo a polícia, o adolescente tem passagens por tentativa de homicídio e roubo.

G1/TO

Homem é preso após fugir com carroça furtada para casa do avô

Furto aconteceu em Miracema, na região central do Tocantins. Animal foi encontrado em lote próximo à casa do avô do suspeito, carroça foi abandonada na rua.

Um homem foi preso após furtar uma carroça e fugir para a casa do avô no veículo em Miracema do Tocantins, na região central do estado. A Polícia Militar Ambiental, que atendeu a ocorrência, informou que o dono da carroça ainda estava registrando a ocorrência quando os policiais ficaram sabendo da fuga do suspeito em outro ponto da cidade.

A carroça foi encontrada abandonada na rua e o burro estava em um lote próximo a casa do avô do suspeito. Quando foi interrogado pelos policiais ele tentou negar o crime, mas entrou em contradição e acabou assumindo que tinha furtado o veículo. Ele foi preso e levado para a delegacia da cidade.

O furto aconteceu próximo a Feira Coberta, no centro de Miracema na manhã deste domingo (13). A carroça e o animal foram devolvidos ao dono.

G1/TO

Um é encontrado morto e outro ferido dentro de carro em avenida de Palmas

Homens foram abandonados pelo motorista do carro na avenida Palmas Brasil, região sul da capital. Um dos homens levou um tiro na cabeça e o outro foi ferido no peito.

Um homem foi encontrado morto e outro ferido dentro de um carro na avenida Palmas Brasil, na região sul da capital. A Polícia Militar informou eles foram deixados no local por um terceiro homem por volta das 2h desta segunda-feira (14). Testemunhas informaram que o homem dirigia o carro antes de abandonar a dupla e fugiu assim que estacionou na avenida. Ainda não há informações se ele é suspeito de atirar nos outros dois.

O rapaz que morreu tinha 21 anos de idade, ele foi ferido com um tiro na cabeça. O nome dele não foi divulgado. A segunda vítima não tinha nenhum documento de identificação. Ele foi levado para o Hospital Geral de Palmas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Ele levou um tiro no peito.

A delegacia de homicídios vai investigar o caso, até as 9h30 desta segunda-feira (14) ninguém havia sido preso.

G1/TO

Jovem morre afogado na praia do Paredão em Miracema do Tocantins

Segundo a Polícia Civil, Matheus Almeida, de 20 anos, desapareceu depois de pular de uma altura de 10 metros. Corpo foi encontrado após cerca de quatro horas de buscas.

O corpo de um jovem de 20 anos foi encontrado na praia do Paredão, em Miracema do Tocantins, região central do estado. Matheus Almeida Barros da Silva se afogou na tarde deste domingo (13) depois de pular de uma altura de cerca de 10 metros.

O jovem desapareceu por volta das 16h e o corpo foi encontrado às 20h deste domingo pelos Bombeiros.

Segundo a Polícia Civil, Matheus e outros amigos estavam na praia pulando de um paredão. A informação é que a vítima pulou primeiro e um amigo, que saltou em seguida, acabou atingindo o jovem. Depois disso, ele não foi mais visto.

G1/TO

Bebê morre após dar entrada em hospital de Gurupi para tratar queimadura no braço

A Secretaria Estadual da Saúde disse que a direção do hospital vai apurar o caso. Pais alegam que situação da criança piorou após ela tomar um medicamento na veia.

Uma criança deu entrada no Hospital Regional de Gurupi, sul do Tocantins, com uma queimadura no braço, mas acabou morrendo. Segundo os pais, Júlio Henrique Barbosa Ferreira começou a sentir mal após uma medicação que teria recebido na unidade. 

A Secretaria Estadual da Saúde lamentou a morte. Disse ainda que a direção do hospital vai instalar uma sindicância para apurar o caso.

A mãe Fabiana Ferreira conta que o bebê de um ano e seis meses se queimou em casa com um ferro de passar roupas. A queimadura de segundo grau afetou em parte o braço direito. Segundo ela, a criança não parava de chorar, e por isso procurou o hospital. Júlio deu entrada na unidade às 20h da última sexta-feira (11), e morreu menos de 24 depois. A mãe disse que ele piorou após tomar um medicamento na veia.

“Injetaram no soro e colocaram na veia dele. Eu saí do quarto e chamei meu marido. Quando ele entrou, ele estava em pé na maca e chamou: ‘Papai’. Ele chegou perto, o nenem encostou a cabeça no ombro dele e desmaiou, deu uma parada cardíaca”.

O pai do menino, Júlio Barbosa, disse que não suspeitava que a criança fosse alérgica a alguma medicação e que, apesar dos médicos terem perguntado sobre alguma restrição, nenhum teste foi feito.

“A gente veio para tratar só da queimadura. Meu filho chegou aqui nos meus braços, só chorando. Chegou bom, normal e eu achei que iria só passar uma pomada ou um remedinho e a gente iria voltar para casa no mesmo dia. Meu filho nunca tinha sido internado, eu não sabia que ele tinha alergia a algum medicamento”.

Os pais alegam que o hospital não teria dado a assistência devida a criança, já que a maternidade não conta com uma UTI neonatal. “Meu filho estava precisando ir para uma UTI e ninguém resolvia nada. Uma cidade dessa, desse tamanho, não tem uma UTI para criança?”, questionou a mãe.

Segundo consta na declaração de óbito, Júlio sofreu paradas respiratória e cardíaca, um edema agudo no pulmão e um choque anafilático.
G1/TO

Homem coloca fogo em casa com mulher e filhos dentro após discussão

Carro, garagem e quarto do casal ficaram destruídos. Ninguém ficou ferido.

Um homem de 41 anos colocou fogo na casa com a mulher e o filho dentro, em Guapó, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo os moradores, o crime aconteceu no domingo (13) após uma discussão entre o casal. A garagem, um quarto e um carro ficaram destruídos, mas ninguém se feriu.

A mulher, que não quis mostrar o rosto, disse que estava em casa com a filha de 11 anos e o filho, de 18, quando o marido chegou em casa de madrugada e, depois de um desentendimento, quebrou a televisão e, em seguida, colocou fogo no carro e quarto do casal, que ficaram destruídos.

“Televisão, meu jogo de quarto tudo, não tenho mais nada. Minha roupa, a única coisa que eu estou é com essa aqui do corpo”, relatou.

O casal morava com os filhos no imóvel há mais ou menos 15 anos. Segundo os parentes, os dois já tinham discutido anteriormente, mas nunca chegado a tal ponto. A mulher chegou a pedir separação. O homem não aceitou e incendiou a residência.

O filho mais velho do casal, que também não quis ter a identidade relevada, disse que o pai está desempregado e que, com isso, o comportamento dele mudou. “Ele não estava mais exercendo o papel de pai, só sabia beber, fumar”, contou.

As chamas chegaram a dois metros de altura e destruíram parte do telhado. Os vizinhos, com a ajuda dos policiais, conseguiram apagar os incêndios até a chegada dos bombeiros. “A gente entrou no imóvel para retirar dois botijões de gás que estavam na cozinha e poderiam provocar uma grande explosão e comprometer os imóveis vizinhos”, disse o sargento da PM Emanuel Erik.

O homem fugiu do local ao perceber que a Polícia Militar estava chegando. O G1 tentou contato com a delegacia da cidade, mas as ligações não foram atendidas até a publicação dessa reportagem.

 G1/GO

Homem é morto na frente dos netos ao reagir a assalto

Jovem conta que estava saindo da residência com o namorado e os filhos quando foi abordada por criminosos: ‘Meu pai saiu de dentro de casa para nos proteger’.

O motorista de caminhão José Machado de Freitas, de 59 anos, foi morto a tiros ao tentar defender a família de um assalto no Setor Maaysa III, em Trindade, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a filha, Camila de Freitas, de 28 anos, o pai foi morto na frente dos netos, de 6 e 2 anos.

“Ele escutou os ladrões apontando a arma, ameaçando. A reação dele foi sair de dentro de casa e tentar nos proteger. Ele morreu ao tentar nos proteger. Estou em testado de choque”, disse a jovem ao G1.

Camila contou que ela, o namorado e os dois filhos iam sair de casa para comer. Quando todos estavam no carro, a jovem abriu o portão. Foi o momento em que dois criminosos invadiram a residência.

“Quando abri o portão para o carro sair, entraram dois homens, abordaram a gente, colocaram a arma na minha cara, me mandaram ir para o fundo da casa”, relatou.

Em seguida, o pai dela saiu de dentro de casa. “Eu só escutei o tiro. Meu namorado disse que ele saiu e começou a bater, acho que com uma barra de ferro, no bandido. Aí ele atirou”, explicou.

De acordo com Camila, os filhos dela estão muito abalados com a morte do avô. “Eles viram tudo. O menino, na hora que ele viu o meu pai ferido, ficou gritando vovô, vovô. A menina não quer comer e às vezes chama pelo avô”, conta a jovem.

Os criminosos saíram da residência com o celular e um envelope de dinheiro do namorado de Camila. Porém, deixaram o pacote cair e seguiram apenas com o telefone.

O corpo da vítima já foi liberado do Instituto Médico de Goiânia, mas ainda não há previsão de velório. José de Freitas deixa a mulher, dois filhos e três netos.

 G1/GO

Jovem é preso suspeito de usar computador roubado para hackear contas

Ele teria usado informações bancárias das vítimas para ganhar comissão ao pagar boletos de outras pessoas. Crimes aconteceram em Araguatins, no extremo norte do estado.

Um jovem de 21 anos foi preso em Araguatins, no extremo norte do Tocantins, suspeito de usar computadores roubados para hackear contas bancárias das vítimas. Segundo a Polícia Militar, ele usava os dados para pagar boletos de outras pessoas, cobrando uma comissão que variava de 5% a 10% do valor.

Ele foi encontrado na casa onde mora, no centro da cidade. No local, os policiais encontraram um notebook roubado e ainda uma máquina de cartão de crédito com sete rolos de papeis novos, extratos bancários e comprovantes de transferências, quatro cartões, uma celular e R$ 730,00 reais em espécie.

A PM informou que o jovem confessou que realizava as operações e disse que conseguiu o notebook com um amigo que mora em Augustinópolis, na mesma região do estado. O suspeito foi levado para a delegacia de Araguatins e deve ficar preso aguardando decisão judicial, ele deve responder por estelionato.

G1/TO

Representante comercial morre em colisão frontal entre carro e moto

Acidente aconteceu na TO-222, entre Carmolândia e povoado no norte do Tocantins. No carro estavam dois idosos, que não tiveram ferimentos graves.

Um jovem morreu na tarde desta quinta-feira (10) após a motocicleta que ele conduzia colidir com um carro na TO -222 próximo de Carmolândia, no norte do Tocantins. A vítima é o representante comercial Rafael Lima dos Santos, de 26 anos. O rapaz morreu no local.

O acidente aconteceu em uma reta no trecho da rodovia entre Carmolândia e o povoado de Jacilândia. O carro de passeio ficou com a frente danificada e a motocicleta foi destruída pelo impacto.

No carro estava um casal de idosos. O motorista ficou no local do acidente até a chegada da perícia e não precisou de cuidados médicos. Segundo a Polícia Militar, a mulher dele, uma senhora de 67 anos, teve escoriações e foi levada para o hospital por uma equipe do Samu.

A perícia esteve no local e um laudo pericial vai indicar as causas do acidente.

G1/TO