Gurupi teve um assassinato a cada três dias desde o começo de 2018

A Secretaria de Segurança Pública informou que 16 pessoas foram assassinadas esse ano na cidade. Pelos menos 13 homicídios estão associados ao tráfico de drogas.

s moradores de Gurupi, município da região sul do Tocantins, começaram o ano de 2018 assustados com a onda de violência. É que o número de homicídios na cidade chamou atenção. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Tocantins, foram registrados nesse ano 16 assassinatos, cerca de uma morte a cada três dias.

A polícia acredita que pelo menos 13 homicídios podem ter relação com o tráfico de drogas.

Moradores de Gurupi estão assustados com a violência (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Moradores de Gurupi estão assustados com a violência (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

De acordo com a Polícia Civil, além das mortes também tiveram nove tentativas de homicídio. O G1 noticiou 13 desses crimes e alguns deles são semelhantes. Na maior parte dos casos as vítimas são jovens e foram mortas a tiros. Só nesta semana quatro pessoas foram mortas. Veja os casos abaixo:

Mortes em fevereiro

Os últimos dois homicídios foram na terça-feira (27). Ronildo Cirqueira Bezerra, de 36 anos, foi morto a tiros na porta da casa dele. Jucilene Silva Lima, de 34 anos, também foi assassinada. O corpo dela foi encontrado com marcas de facadas.

Nilvan Cursino Vila Nova, de 36 anos, e Lucas Fernandes da Silva, de 22, foram mortos na madrugada do dia 25. Os dois tinham marcas de tiros pelo corpo.

José Guilherme Ezidio Araújo, de 21 anos, foi morto no dia 13 de fevereiro. No momento do crime ele dirigia um carro e estava com a namorada e um bebê quando levou dois tiros, um deles atingiu a cabeça.

Caique Souza Machado, de 22 anos, também é uma das vítimas em Gurupi. Ele foi morto com uma facada no peito no dia 6.

Mortes em janeiro

No dia 29 de janeiro, Carlos Marcos Apolinário Torres, de 52 anos, foi morto com pedaço de ferro retirado do motor de um carro. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital. O suspeito confessou o crime e foi preso.

Luciana Menezes Barbosa, de 33 anos, foi morta a tiros por dois homens que estavam em uma motocicleta no dia 23 de janeiro. Segundo a polícia ela tinha passagem por tráfico.

Entre os dias 16 e 17 de janeiro, quatro pessoas foram assassinadas e duas baleadas. Os crimes foram registrados em horários e pontos diferentes da cidade. Uma das vítimas era uma adolescente de 17 anos.

O funcionário da Prefeitura de Gurupi, Josué Silva de Araújo, de 43 anos foi morto na zona rual, no dia 11 de janeiro. O suspeito do homicídio é um homem que usava tornozeleira eletrônica.

Polícia Militar

A Polícia Militar informou que estão sendo realizadas ações e operações no intuito de coibir o tráfico de drogas e a violência, bem como ações comunitárias para a comunidade.

Sobre os homicídios, a PM disse que a maior parte das vítimas tinha algum envolvimento com o consumo ou tráfico de drogas. Disse ainda que aumentou o número de prisões e apreensões de pessoas e drogas no município. “São reflexos da busca pelo aumento de segurança na cidade e espera que a população continue a contribuir com denúncias para que a paz social seja alcançada”.

Segundo a PM, nesses dois meses foram presas 69 pessoas em flagrante e 18 adolescentes apreendidos. No mesmo período também houve apreensão de cerca de 10 kg de drogas, 15 armas de fogo e 81 munições.

Fonte: G1 Tocantins

Vereadores de Palmeirópolis visitam gabinete do deputado Mauro Carlesse

O presidente afirmou ainda que colocou para todos os municípios, inclusive Palmeirópolis dois (2) ônibus escolares, uma ambulância semi UTI para atender a população.

Os vereadores de Palmeirópolis Fábio Gonçalves (Podemos), Hildene Tokio (PSD) e Jamilton Guedes (PSD), acompanhados do deputado Wanderlei Barbosa, estiveram esta semana no gabinete do presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse (PHS), para dialogar e agradecer pela emenda de autoria do deputado voltada a obras de interesses da região, como o trecho da “curva da morte”, no Apertado da Hora.

Foi aprovado (um milhão e duzentos mil) para este orçamento de 2018, com a finalidade de organizar o trecho. “Agora cabe ao governo executar o trabalho no local, este valor destinado está no PPA e no orçamento, vamos lutar para conseguir mais”, disse Carlesse.

Ainda segundo o deputado, “com esta ação, estamos assegurando o cumprimento desta meta na execução orçamentária para resolver de forma concreta este pesadelo que vem atormentando a comunidade de Palmeirópolis e municípios vizinhos que utilizam essa via de acesso”.  

O presidente afirmou ainda que colocou para todos os municípios, inclusive Palmeirópolis dois (2) ônibus escolares, uma ambulância semi UTI para atender a população.

Os vereadores retornaram à Palmeirópolis entusiasmado com com as emendas destinadas ao município e pretendem correr atrás para serem executadas.

Vereadores de Palmeirópolis Jamilton Guedes (PSD), Fábio Gonçalves (Podemos), deputado Mauro Carlesse (PHS) e Hildene Tokio (PSD).

Da redação      

 

Prefeito de Palmeirópolis Fábio Pereira Vaz, esteve no Campus da UFT, em Palmas, para se inscrever no mestrado

Inscritos em mestrado, prefeitos buscam aplicar conhecimento científico na gestão pública.

O prefeito de Palmeirópolis, Fábio Pereira Vaz, esteve nesta quarta-feira, 21, no Campus da UFT, em Palmas, para se inscrever no mestrado que, segundo ele, ampliará os conhecimentos necessários à elaboração, execução e avaliação das políticas públicas em seu Município. “Desenvolver políticas públicas na área de educação, mais especificamente na educação infantil de crianças de Palmeirópolis é a nossa principal meta”, projeta o gestor, que esteve acompanhado da secretária Municipal de Assistência Social de Palmeirópolis, Ana Paula Vaz, que também se inscreveu no mestrado, na modalidade servidor Público Municipal efetivo.

Prefeitos estão se inscrevendo no Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas, ofertado pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (Propesq), da Universidade Federal do Tocantins, que firmou parceria com a Associação Tocantinense de Municípios (ATM), no intuito de ofertar vagas exclusivas aos prefeitos, gestores municipais e servidores da entidade municipalista.

O prazo de inscrições para o mestrado acaba nesta sexta-feira, 23.

Requisitos

Os requisitos de preenchimento das vagas encontram-se especificados no Edital 04/2017. De acordo com o documento, prefeitos e vice-prefeitos que desejam participar do mestrado devem ser associados da ATM, enquanto os servidores municipais devem ser efetivos e pertencentes aos Municípios com população abaixo de 50 mil habitantes, segundo o último Censo Demográfico realizado em 2010.

A vaga destinada ao colaborador da ATM tem como critério o vinculo empregatício com a entidade municipalista. O mestrado é na modalidade presencial, nas sextas-feiras e sábado, nos períodos vespertino e matutino.

Entre os principais documentos comprobatórios que deverão ser entregues estão a ficha de inscrição, cópia do curriculum lattes e dos documentos pessoais do candidato, além do anteprojeto de Dissertação Profissional e de quadro de pontuação do curriculum lattes devidamente preenchido.

A ficha de inscrição e o envelope lacrado com a documentação deverão ser entregues na Secretaria do Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas, situada no Câmpus da UFT/Palmas, no endereço Avenida NS 15, 109 Norte (ALCNO 14), no prédio do Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional, das 08h do dia 01/02/2018 às 12h do dia 23/02/2018.

Pesquisa

O mestrado possui duas linhas de pesquisa, uma em Dinâmicas Institucionais e Avaliação de Políticas Públicas, e outra em Educação, Ciência e Tecnologia e Desenvolvimento Territorial Quanto ao processo seletivo, os candidatos participarão de quatro fases: Prova objetiva, Redação, Prova Oral e Análise de Currículo.

Os resultados do processo serão divulgados na Secretaria do Mestrado Profissional, e no endereço eletrônico: www.uft.edu.br/gespol ou no Mural do Curso. Associação Tocantinense de Municípios

Arraias: adolescente suspeito de tráfico de drogas é detido com cigarros de maconha

A Polícia Militar apreendeu, na tarde desta quarta-feira, 21, um menor infrator de 17 anos, por suspeita de tráfico de entorpecentes em Arraias do Tocantins.

Com ele a PM localizou 30 cigarros e um tablete de substância análoga à maconha.

O fato ocorreu por volta das 18 horas, durante patrulhamento tático especial feito por policiais militares da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) no setor  Buritizinho, quando a equipe avistou alguns indivíduos em atitude suspeita na arquibancada da  quadra de esporte.

Quando percebeu que a PM iria efetuar a abordagem, o menor se dispersou do grupo. Os militares fizeram a volta no quarteirão com a viatura e avistou o jovem dispensando um volume, sendo feita a abordagem  do mesmo e recolhendo no local  um pacote contendo sete “dolas” (cigarros) de substância análoga à maconha.

Diante do fato, o indivíduo foi conduzido a Delegacia de Polícia, onde foi acionado o Conselho Tutelar.

Na delegacia, o mesmo confessou que comercializava  a droga na referida quadra e que ainda tinha certa quantidade de entorpecente na sua residência.

Diante do exposto, a equipe de Força Tática, acompanhada pelos conselheiros tutelares e o infrator,  deslocou até a residência e encontrou debaixo do sofá da sala num recipiente (pote de café) outro pacote contendo 23 “dolas” e um “tablete” de substância análoga a maconha.

A Equipe retornou à Delegacia de Polícia e apresentou o infrator ao delegado de plantão para formalização do procedimento cabível.

Gazata do Cerrado

MPE questiona constitucionalidade de lei que estabeleceu novos valores para o IPTU em Palmas

A Ação foi proposta pelo Procurador-Geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira, e distribuída ao desembargador Luiz Gadotti por meio de sorteio eletrônico.
  
O Ministério Público Estadual (MPE) ingressou, na quarta-feira, 21, perante o Tribunal de Justiça, com Ação Direta de Inconstitucionalidade com pedido de liminar em face da Lei nº 2.294/2017, que estabeleceu novos valores para o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) no município de Palmas.
O entendimento do MPE é o de que, ao estabelecer novos critérios para o cálculo do IPTU, a lei aumentou de forma inconstitucional o valor cobrado dos contribuintes, ferindo os princípios legais da razoabilidade, da proporcionalidade, da isonomia, da capacidade contributiva, da vedação do efeito confiscatório e da moralidade.

Na Ação Direta de Inconstitucionalidade, o MPE aponta que a lei municipal sob questionamento incorpora a revisão da Planta Geral de Valores realizada em 2013, que havia atualizado os preços dos imóveis da capital e causado a majoração do IPTU em índices superiores a 100%, e ainda vai além, provocando um novo e substancial acréscimo no valor do imposto.

A Lei nº 2.018, que promoveu a revisão da Planta Geral de Valores em 2013, teve sua constitucionalidade questionada pelo Ministério Público, mas a ação judicial terminou extinta porque a lei foi revogada.

“Nada obstante os dispositivos impugnados terem mantido inalteradas as alíquotas atribuídas ao IPTU, foram estabelecidas novas tabelas com valores unitários do metro quadrado dos terrenos e das edificações, bem como novos índices de redutores que resultaram em valor final substancialmente elevado e desassociado de conceitos objetivos e claros à sua concessão”, aponta o texto da Ação.

Como exemplo da falta de clareza na definição dos novos valores, o Ministério Público cita a ausência de estudos legítimos, uma vez que a Comissão de Revisão de Valores Genéricos e Tabela de Preços de Construção, instituída por ato do prefeito, concluiu pela manutenção dos redutores de IPTU então vigentes, visando justamente evitar o aumento da carga tributária. A conclusão dos trabalhos da Comissão não foi acatada pelo prefeito, o que resultou na alteração dos redutores por meio da Lei nº 2.294/2017.

O Ministério Público também pontua ser injustificável o aumento no valor do IPTU na proporção estabelecida pela lei municipal, uma vez que a inflação acumulada no ano de 2017 foi de 4,08%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e que os imóveis não registraram aumento em seu valor de mercado que justifique nova incrementação na Planta Geral de Valores.

Ainda é pontuado que a revisão no cálculo do IPTU, além de desproporcional, foi praticada em meio a uma intensa crise econômica que penaliza a população.

“A legislação impugnada repercutiu negativamente sobre a população da Cidade de Palmas, com inúmeras manifestações de revolta, inclusive pela imprensa, sobre o pesado ônus que terão os contribuintes que suportar, com exigências inconstitucionais em relação ao aumento desproporcional do imposto sobre a propriedade imobiliária. A carga tributária é bastante elevada, e o aumento do IPTU na forma pretendida, estará fora do limite do suportável pelos contribuintes palmenses”, cita a Ação Direta de Inconstitucionalidade.

A Ação foi proposta pelo Procurador-Geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira, e distribuída ao desembargador Luiz Gadotti por meio de sorteio eletrônico.

(CÓPIA DA AÇÃO JUDICIAL SEGUE EM ANEXO)
Assessoria de Comunicação do MPE-TO/Flávio Herculano

Golpe no comércio: presos homens que trocavam máquinas de cartão

A fraude era praticada no momento em que os criminosos se passavam por clientes e, quando iriam simular que estavam passando o cartão, efetuavam a troca das máquinas.

A Polícia Militar prendeu, nesta quarta-feira, 21, dois integrantes de uma quadrilha que praticavam crimes de estelionato, em Palmas.

Os indivíduos aplicavam golpes no comércio, substituindo as máquinas de cartão de crédito oficiais por máquinas adulteradas, desviando os valores pagos pelos clientes às contas dos envolvidos.

A ação da PM ocorreu após denúncias de que um posto de combustíveis da Capital teve a máquina de cartão trocada clandestinamente em dezembro do ano passado.

A fraude era praticada no momento em que os criminosos se passavam por clientes e, quando iriam simular que estavam passando o cartão, efetuavam a troca das máquinas.

Ao descobrirem o golpe, os responsáveis pelo estabelecimento acionaram a Polícia Militar para registrar a ocorrência.

Através de denúncias de testemunhas e informações colhidas das câmeras de segurança, foi identificado o veículo usado pelos envolvidos.

De posse das informações, a PM conseguiu localizar os autores e efetuou a abordagem.

Os indivíduos confessaram os crimes e disseram que existem mais máquinas adulteradas, as quais foram espalhadas em diversos comércios da Capital.

Eles foram encaminhados à Delegacia de Polícia para procedimentos cabíveis, sendo autuados pelos crimes de estelionato, falsificação de documentos e formação de quadrilha.

Com eles a PM apreendeu uma máquina de cartão de crédito, dois aparelhos celulares e dois cartões de crédito.

Diante da possibilidade de muitos outros estabelecimentos terem sido alvos da fraude, a Polícia Militar orienta que:

*Os comerciantes façam a inspeção regularmente de suas máquinas;

*Acompanhem os lançamentos nas contas bancárias;

*Personalize as máquinas com adesivos;

*Acionem a PM, via 190, caso notem alguma irregularidade.

CDL Palmas empossa nova diretoria para o triênio 2018/2020

A CDL Palmas também proporciona aos associados o acesso ao cadastro positivo, ao banco de talentos, a escola do varejo, a assistência jurídica, além de um apoio empresarial de qualidade com profissionais altamente capacitados.

Toma posse na próxima quinta-feira, 01, a nova diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas (CDL) para o triênio 2018/2020.

Eleito pela chapa CDL Ativa, o empresário Silvan Marcos Portilho é quem assume a presidência da entidade, antes ocupada por Davi Goveia.

Tocantinense nascido em Porto Nacional, Silvan é empresário em Palmas há mais de 18 anos e, desde 2005, compunha a diretoria da entidade como diretor do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Ao lado de toda a diretoria, Silvan pretende conduzir a CDL de maneira inovadora e mais próxima dos associados.

“A CDL tem que estar mais presente dentro das empresas, ajudando no desenvolvimento econômico dos associados. Por isso a nossa equipe do comercial já está sendo preparada e nós esperamos que cada ação que a entidade realizar nessa gestão traga, de certa forma, inovação para o negócio dos nossos associados”, revelou.

A CDL Palmas

Fundada em 1993, a Câmara de Dirigentes Lojistas De Palmas se destaca trabalhando na formação e profissionalização dos gestores e colaboradores dos associados, realizando cursos de aperfeiçoamento, banco de dados com informações de consumidores para as empresas, além das campanhas promocionais que buscam o aumento das vendas no comércio.

A CDL Palmas também proporciona aos associados o acesso ao cadastro positivo, ao banco de talentos, a escola do varejo, a assistência jurídica, além de um apoio empresarial de qualidade com profissionais altamente capacitados.

A diretoria ainda é composta por

1ª Vice Presidente: Maria Moura Guimarães

2º Vice Presidente: Davi Siqueira Silveira

1º Diretor Administrativo e Financeiro: Aleni Coelho Velozo

2º Diretor Administrativo e Financeiro: Jarbas Luís Meurer

1ª Secretária: Maria de Fátima de Jesus

2º Secretário: Francisco Arinaldo Nunes de Brito

1º Diretor do SPC Brasil: Ivan Ricardo Naves Inácio

2º Diretor do SPC Brasil: Antônio Rodrigues de Faria

1º Diretor de Relações Institucionais Governamentais: Fabiano Roberto Matos do Vale Filho

2º Diretor de Relações Institucionais Governamentais: Walter Luiz da Silva Martins

Diretor de Patrimônio: Célio Henrique Lobo

Conselho Fiscal: Cláudio Oliveira Rocha

Conselho Fiscal: Adailton Noleto Pereira

Conselho Fiscal: Gilberto Vieira Fernandes

Conselho Fiscal Suplente: Oneildo Lopes Valadares

Conselho Fiscal Suplente: Célio Cardoso da Silva Aguiar

Conselho Fiscal Suplente: Valdemar do Carmo Pereira

Diretor da CDL Jovem: Antônio Davi Goveia Júnior

Atendimento Precisa Ascom

Jovem morre atropelada enquanto fazia caminhada na via de acesso ao aeroporto de Palmas

A vítima foi arremessada a 15 metros de distância e chegou a ser socorrida com vida e encaminhada ao Hospital Geral de Palmas, mas faleceu às 22h.

A jovem Dinalmir Ribeiro Lopes, de 24 anos, morreu ontem, 18, em Palmas, após ser atropelada enquanto fazia uma caminhada com familiares no acostamento da via que dá acesso ao Aeroporto da Capital.

O sogro e a cunhada da vítima, que a acompanhavam, informaram à polícia que os três caminhavam por volta das 18h, a cerca de 1,5 km da entrada do aeroporto, quando foram surpreendidos por um táxi que invadiu o acostamento e atingiu Dinalmir.

A vítima foi arremessada a 15 metros de distância e chegou a ser socorrida com vida e encaminhada ao Hospital Geral de Palmas, mas faleceu às 22h.

Grupo protesta contra a reforma da Previdência em Palmas

Ato é realizado em frente ao INSS, na quadra 203 sul. Reforma da Previdência deve ser votada ainda este mês pela Câmara dos Deputados.

Integrantes da Central Única de Trabalhadores (CUT), Força Sindical e Central Sindical e Popular/Conlutas estão reunidos, na manhã desta segunda-feira (19) em frente ao INSS, em Palmas, para protestar contra a Reforma da Previdência.

A mobilização ocorre na quadra 203 Sul.

A intenção dos manifestantes é ficar na frente do órgão até o fim desta manhã. Com faixas, cartazes e carro de som, eles informam quem passa pela região sobre o que motiva o ato.

Por causa da chuva na capital, alguns usam guarda-chuvas para continuar com a mobilização.

Depois que o governo federal fez a proposta original sobre as modificações na legislação, a comissão especial da Reforma da Previdência propôs mudanças e a nova versão do texto será discutida ainda este mês.

As principais mudanças feitas desde o fim do ano passado, em relação ao texto aprovado na comissão, são:

  • Não alterar o regime de aposentadoria do trabalhador rural;
  • Não alterar o Benefício de Prestação Continuada (BPC), destinado a pessoas com deficiência e pessoas com mais de 65 anos que não têm meios de se manter;
  • Diminuição do tempo de contribuição de 25 para 15 anos para trabalhadores da iniciativa privada terem aposentadoria parcial;
  • Pensão integral para viúvos e viúvas de policiais mortos em combate.
  • G1 Tocantins

Adolescente desaparece em rio após pular de balanço durante brincadeira

A vítima, de 17 anos, e um amigo tomavam banho às margens do Araguaia, em Pau D’Arco, no norte do Tocantins. Jovem pulou de balanço improvisado e não voltou mais.

O adolescente Sérgio Gomes de Farias, de 17 anos, desapareceu após pular de um balanço durante uma brincadeira às margens do rio Araguaia, em Pau D’Arco, no norte do Tocantins.

A vítima e um amigo estavam em um flutuante por volta das 11h20 desta quinta-feira (15).

O amigo da vítima disse aos bombeiros que o adolescente pulou do balanço improvisado, acenou, mergulhou novamente e não foi mais visto.

O jovem pediu ajuda aos moradores da região, que jogaram redes de pesca para tentar resgatá-lo, mas não o encontraram.

O Corpo de Bombeiros de Colinas do Tocantins e de Araguaína se deslocaram para o município e farão mergulhos em buscas do adolescente.

G1 Tocantins