Mesmo se tratando de um grave problema de saúde pública, os suicídios podem ser evitados se identificado em tempo prévio.

Os Profissionais da Secretaria Municipal de Saúde e Atenção Básica de Palmeirópolis no sul do Tocantins, realizaram a 2ª caminhada de ‘Valorização a Vida”, na tarde desta quarta-feira (02), para lembrar sobre o “Setembro Amarelo” e conscientizar as pessoas em relação aos perigos do suicídio.

Braços amarrados e bocas fechadas demostrando uma pessoa com depressão. Pastor Kallyston Barros também esteve apoiando o projeto. 

Além da secretária de saúde Eliete Moura, e da coordenadora da Atenção Básica de Saúde Mara Layanne Alves Benvindo, a caminhada teve o apoio da Polícia Militar, equipe do hospital, Cras, alunas do balé (Maisa), Colégio Militar professora Maria Guedes Unidade – Xll, e a igreja Videira na pessoa do pastor Kallyston Barros.

Durante o mês de setembro, a secretaria de saúde de Palmeirópolis esteve envolvida trabalhando ações, incentivando e colaborando para que a conscientização sobre o tema fosse propagada por escolas, ruas, empresas e a comunidade em geral.

A secretaria de saúde realizou ações como palestras nas escolas, UBSs, feiras, distribuição de panfletos, no mês de valorização a vida e prevenção ao suicídio. A campanha terminou com uma caminhada que percorreu o centro da cidade.

No mês de setembro é realizada no mundo inteiro a campanha “Setembro Amarelo”, mês de prevenção ao suicídio.

Foi observado na cidade de Palmeirópolis, um alto índice de tentativas de suicídio e suicídio, principalmente entre os jovens, tendo como motivação a depressão, perda do ente querido, conflitos familiares, situação financeira, entre outros.

Na feira do Produtor fizeram uma apresentação afim de chamar atenção de todos, para o tema que ainda é um tabu no meio da sociedade. Pastor Kallyston Barros, fez a oração no final.

Veja as fotos

Da redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here