Destaque, Goiás

Bebê morre atropelado por tio surdo após confraternização de família, em Goiás

Polícia Civil informou que condutor havia bebido antes de dirigir e disse que não viu a criança correndo.

Um bebê de um 1 ano morreu atropelado pelo tio na noite de sábado (14) após uma confraternização de família em Itumbiara, no sul de Goiás. Segundo a Polícia Civil, o condutor, que é surdo, confessou ter bebido antes de dirigir e alegou que não viu a criança.

“Ele confessou ter tomado uma lata de cerveja. Quando foi sair com o carro, acabou atropelando a criança, que tinha corrido para a rua sem ninguém ver”, disse o delegado Vinícius Penna. A criança chegou a ser socorrida, mas morreu no local. Ela está sendo velada em casa às 17h deste domingo (15).

A polícia não divulgou o nome do motorista. O G1 não conseguiu localizar a defesa dele até a publicação dessa reportagem.

Ainda segundo a Polícia Civil, apesar da deficiência, o homem tinha uma Carteira Nacional de Habilitação válida. Segundo a legislação, quem é surdo pode obter a licença para dirigir normalmente, mas deve utilizar um adesivo no veículo com o símbolo internacional de surdez.

Depois do acidente, o homem foi autuado em flagrante por homicídio culposo na direção de veículo com agravante pela ingestão de bebida alcoólica. Ele foi encaminhado para o Presidio Regional de Itumbiara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.