Rozineide Gonçalves

Três rodovias que desabaram durante chuvas continuam interditadas no TO

Dos casos de desabamento, apenas a TO-164 já foi liberada. Nos trechos da TO-080, TO-335, TO-201, motoristas continuam usando desvios.

Justiça Eleitoral fará atendimento ao eleitor em plantões nos próximos dias 5 e 6

Eleitor deverá apresentar documento de identificação com foto e comprovante de endereço.

Os eleitores com pendências eleitorais, que desejam transferir o domicílio, solicitar 2ª via, tirar o primeiro título, entre outros serviços, podem procurar os cartórios eleitorais no Tocantins neste próximo final de semana, dias 5 e 6 de maio. Os plantões são realizados já que no próximo dia 9 de maio termina o prazo de cadastro de eleitores para votar não só na eleição suplementar no Tocantins, mas nas eleições gerais deste ano que acontecem em 7 de outubro.

Todos os cartórios eleitorais do Estado estão atendendo em regime de plantão. Em algumas Zonas Eleitorais o atendimento começa às 8 horas e segue até às 18 horas, em outras começa às 12 horas e prossegue até às 18 horas. Também haverá localidades em que os cartórios abrirão das 14h às 18 horas, ou das 11h às 18h, das 8h às 15h e das 9h às 17h. Confira lista completa logo abaixo.

Para ser atendido o eleitor precisa apresentar documento de identificação com foto e o comprovante de endereço atualizado. A Justiça Eleitoral também disponibiliza o telefone gratuito da Ouvidoria: 0800 6486 800, para eventuais dúvidas ou sugestões.

Se a situação do eleitor estiver “irregular”, é sinal de que ele ficou mais de três eleições sem votar ou justificar sua ausência nas urnas. O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins lembra que cada turno de um pleito representa uma eleição para efeito dessa contagem. Também há os casos dos eleitores que perderam alguma revisão eleitoral e tiveram seus títulos cancelados.

Transferência do local de votação

Se o eleitor mudou de cidade e precisa alterar o local de votação para exercer o direito de eleger seus representantes este ano, o prazo final para essa mudança também é dia 9 de maio. Para tanto, basta comparecer a qualquer cartório eleitoral munido de um documento oficial com foto e de seu novo comprovante de residência.

Eleitor com deficiência

A pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida pode pedir mudança do local de votação para seções especiais. A solicitada à Justiça Eleitoral deve ser feita até o fechamento do cadastro eleitoral. Assim, será possível transferir esse eleitor para uma seção eleitoral com acessibilidade para garantir mais conforto e segurança.

Jovem Eleitor

A Constituição Federal (artigo 14, parágrafo 1º) prevê que o alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de 18 anos. Todavia, brasileiros de 16 e 17 anos também podem tirar o título de eleitor. O eleitor que tem 15 anos, mas vai completar 16 anos até a data da eleição e pretende votar, também pode requerer o título de eleitor até o dia 9 de maio.

Nome social

Travestis e transexuais que queiram incluir no título de eleitor o nome social, a fim de votar em outubro, também devem fazê-lo até o fechamento do cadastro. A mudança é simples e exige apenas a autodeclaração do nome com o qual deseja ser identificado. O nome civil e o nome social ficarão registrados nos bancos de dados de eleitores.

Confira o horário de atendimento nos plantões nas Zonas Eleitorais do TO:

1ª ZE Araguaína atendimento das 8h às 18h

2ª ZE Gurupi atendimento das 8h às 18h

3ª ZE Porto Nacional atendimento das 11h às 18h

4ª ZE Colinas atendimento das 11h às 18h

 5ª ZE Miracema atendimento das 12h às 18h

6ª ZE de Guaraí atendimento das 11h às 18h 

7ª ZE de Paraiso atendimento das 11h às 18h

8ª ZE Filadélfia atendimento das 8h às 15h

9ª ZE Tocantinópolis atendimentodas 12h às 18h

10ª ZE Araguatins atendimento das 8h às 15h

11ª ZE Itaguatins atendimento das 11h às 18h

12ª ZE Xambioá atendimento das 11h às 18h

13ª ZE Cristalândia atendimento das 11h às 18h

14ª ZE Alvorada atendimento das 14h às 18h

15ª ZE Formoso do Araguaia atendimento das 11h às 18h

16ª ZE Colmeia atendimento das 11h às 18h

17ª ZE Taguatinga atendimento das 11h às 18h

18ª ZE Paranã atendimento das 8h às 15h

19ª ZE Natividade atendimento das 8h às 18h

20ª ZE de Peixe atendimento das 8h às 18h

21ª ZE de Augustinópolis atendimento das 9h às 17h

22ª ZE de Arraias atendimento das 11h às 18h

23ª ZE de Pedro Afonso atendimento das 8h às 18h

24ª ZE de Araguacema atendimento das 8h às 15h

25ª ZE de Dianópolis atendimento das 11h às 18h

26ª ZE de Ponte Alta atendimento das 11h às 18h

27ª ZE Wanderlândia atendimento das 8h às 15h.

28ª ZE Miranorte atendimento das 8h às 15h.

29ª ZE Palmas atendimento das 12h às 18h

30ª Posto de Atendimento de Araguaçu das 14h às 18h

31ª ZE Arapoema atendimento das 11h às 18h

32ª ZE Goiatins atendimento das 11h às 18h

33º ZE Itacajá atendimento das 11h às 18h

34ª ZE Araguaína atendimento das 8h às 18 h

35ª ZE Novo Acordo atendimento das 11h às 18h

T1noticias

Missa de sétimo dia do falecimento de Júnior Coimbra acontece nesta quarta, em Palmas

A missa reúne amigos, familiares e vários políticos, entre eles os membros da caravana do candidato às eleições suplementares, Carlos Amastha (PSB), que interromperá agenda pelo Estado para participar.

Acontece às 19h30 desta quarta-feira, 2, na Paróquia São Judas Tadeu, em Palmas, uma missa de sétimo dia em memória do ex-deputado Júnior Coimbra, de 53 anos, que faleceu em acidente de carro no último dia 26, no Sul do Tocantins. Outra missa também está prevista para acontecer nesta quarta na cidade de Itaporã, onde o ex-parlamentar foi prefeito e onde ainda residem alguns de seus familiares.

A missa reúne amigos, familiares e vários políticos, entre eles os membros da caravana do candidato às eleições suplementares, Carlos Amastha (PSB), que interromperá agenda pelo Estado para participar.

Júnior Coimbra fazia parte da caravana da campanha de Amastha e faleceu após o veículo em que estava capotar na TO-070, entre as cidades de Sandolândia e Formoso de Araguaia, para onde o grupo seguia. O ex-deputado se candidataria à disputa por uma vaga na Assembleia Legislativa nas eleições gerais deste ano.

Homenagem na Câmara de Palmas

O presidente da Câmara Municipal de Palmas, Folha Filho, deve apresentar na sessão desta quarta um pedido de realização de sessão solene em homenagem a Júnior Coimbra, que já foi vereador da Capital. Caso aprovado o pedido, a sessão deve acontecer nesta quinta-feira, 3.

t1noticias

Conta de energia elétrica: maio começa com bandeira tarifária mais cara

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mudou a bandeira tarifária de verde para amarela.

Com a entrada no mês de maio, os consumidores sentirão um aumento nas contas de luz. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mudou a bandeira tarifária de verde para amarela.

O valor cobrado com a alteração será de R$ 1 a cada 100 kilowatt hora (kWh) consumidos. Segundo a Aneel, a mudança ocorre em razão do final do período chuvoso.

Com o início do período seco, cai o volume de chuva sobre os reservatórios das principais usinas hidrelétricas geradoras do país. Com isso, há a necessidade de se fazer uso da energia produzida pelas usinas termelétricas, que têm maior custo de produção.

Composto pelas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), o sistema de bandeiras foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

Com a adoção da bandeira amarela, a Aneel aconselha os consumidores a adotar hábitos que contribuam para a economia de energia, como tomar banhos mais curtos utilizando o chuveiro elétrico, não deixar a porta da geladeira aberta e não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar-condicionado.

Imposto de renda: começa nesta quarta-feira prazo para entrega atrasada

O desconto no bolso para aqueles que não têm imposto a pagar será de R$ 165,74. O valor será debitado da restituição. Já para o contribuinte que tem que pagar IR, a multa é de 1% ao mês.

Quem não declarou o Imposto de Renda 2018, a Receita Federal dará mais uma chance, nesta quarta-feira (2), a partir das 8h, vai liberar o sistema para o envio tardio da documentação. No entanto, os atrasados terão que pagar uma multa. No total, foram entregues 29.269.987 declarações até 23h59 do dia 30 de abril.

De acordo com informações do G1, o desconto no bolso para aqueles que não têm imposto a pagar será de R$ 165,74. O valor será debitado da restituição. Já para o contribuinte que tem que pagar IR, a multa é de 1% ao mês, começando em maio. O teto é de 20% do imposto devido.

Quando feita a declaração atrasada, o contribuinte será notificado com um lançamento de multa, além da Darf da multa. O período para pagamento do débito é de até 30 dias. Outro prejuízo para que não acertar as contas com a receita é ficar com o CPF “sujo”.

Noticias aao Minuto

Cartórios fazem plantão no feriado e fim de semana para regularizar situação de eleitores

Eleitores que estão com alguma pendência devem comparecer a um cartório até o dia 9 deste mês. Prazo vale também para quem quer alterar o local de votação ou incluir o nome social no título.

Todas as zonas eleitorais do Tocantins estão de plantão nesse feriado do Dia do Trabalhador e no próximo fim de semana. Apenas o cartório em Taguatinga não atenderá no domingo. O objetivo é atender o eleitor que está com alguma pendência para que ele esteja apto a votar na eleição de 7 de outubro. O prazo para fazer a regularização termina no dia 9 de maio.

Há eleitores que estão em situação irregular. Isso significa que eles ficaram mais de três eleições sem votar ou justificar a ausência nas urnas. Cada turno de um pleito representa uma eleição para efeito da contagem. Também há os casos dos eleitores que perderam alguma revisão eleitoral e tiveram os títulos cancelados.

O prazo vale também para o eleitor que mudou de cidade e precisa alterar o local de votação. Para isso, ele precisa comparecer ao cartório eleitoral com um documento oficial com foto e o novo comprovante de residência. A pessoa com deficiência também pode pedir mudança do local de votação para seções especiais.

O eleitor que tem 15 anos, mas vai completar 16 até a data da eleição e pretende votar, também pode requerer o título de eleitor até o dia 9 de maio. O voto é obrigatório para maiores de 18 anos, mas brasileiros que têm 16 e 17 anos também podem tirar o título de eleitor.

Travestis e transexuais que queiram incluir no título de eleitor o nome social também deve comparecer ao cartório. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral, a mudança é simples e exige apenas a autodeclaração do nome com o qual deseja ser identificado. O nome civil e o nome social ficarão registrados nos bancos de dados de eleitores.

Confira o horário de atendimento nas Zonas Eleitorais durante os plantões:

  • Araguaína – atendimento das 8h às 18h
  • Gurupi – atendimento das 8h às 18h
  • Porto Nacional – atendimento das 11h às 18h
  • Colinas – atendimento das 11h às 18h
  • Miracema do Tocantins – atendimento das 12h às 18h
  • Guaraí – atendimento das 11h às 18h
  • Paraiso do Tocantins – atendimento das 11h às 18h
  • Filadélfia – atendimento das 8h às 15h
  • Tocantinópolis – atendimentodas 12h às 18h
  • Araguatins – atendimento das 8h às 15h
  • Itaguatins – atendimento das 11h às 18h
  • Xambioá – atendimento das 11h às 18h
  • Cristalândia – atendimento das 11h às 18h
  • Alvorada – atendimento das 14h às 18h
  • Formoso do Araguaia – atendimento das 11h às 18h
  • Colmeia – atendimento das 11h às 18h
  • Taguatinga – atendimento das 11h às 18h
  • Paranã – atendimento das 8h às 15h
  • Natividade – atendimento das 8h às 18h
  • Peixe – atendimento das 8h às 18h
  • Augustinópolis – atendimento das 9h às 17h
  • Arraias atendimento das 11h às 18h
  • Pedro Afonso – atendimento das 8h às 18h
  • Araguacema – atendimento das 8h às 15h
  • Dianópolis – atendimento das 11h às 18h
  • Ponte Alta do Tocantins – atendimento das 11h às 18h
  • Wanderlândia atendimento das 8h às 15h.
  • Miranorte atendimento das 8h às 15h.
  • Palmas – atendimento das 12h às 18h
  • Araguaçu – atendimento das 14h às 18h
  • Arapoema – atendimento das 11h às 18h
  • Goiatins – atendimento das 11h às 18h
  • Itacajá – atendimento das 11h às 18h
  • Novo Acordo – atendimento das 11h às 18
  • G1 Tocantins

Menino de 3 anos fica em estado grave após cair em piscina de clube e se afogar

Acidente ocorreu em um clube de Araguaína, norte do Tocantins. Menino está internado em UTI de hospital, em estado grave.

Uma criança de três anos foi socorrida em um parque aquático de Araguaína, norte do Tocantins, após se afogar em uma piscina. O menino de 3 anos foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado em estado grave para o Hospital Municipal de Araguaína Eduardo Medrado.

Testemunhas contaram que a criança foi encontrada dentro da piscina dos adultos, após um descuido dos responsáveis.

O Samu informou que ao chegar no local encontrou o menino em parada cardiorrespiratória. Após 67 minutos, os socorristas conseguiram fazer ele voltar a respirar sozinho.

O acidente aconteceu no parque aquático 3J, na zona rural de Araguaína. A gerência do clube informou que os salva-vidas do local prestaram os primeiros socorros ao menino até a chegada da equipe do Samu.

A criança continua em estado grave e está internada na UTI do hospital.

G1 Tocantins

No Tocantins agricultor é morto a tiros após discussão em fazenda

Martiliano Avelino Dias teria reclamado sobre uma plantação de feijão. O crime aconteceu a 14 km de Porto Nacional, às margens da TO-255.

O agricultor Martiliano Avelino Dias, de 57 anos, conhecido como Martin da Garapa, foi assassinado neste domingo (29), a 14 km de Porto Nacional, sentido a Monte do Carmo, às margens da TO-255. Testemunhas disseram à Polícia Militar que o crime ocorreu após uma discussão envolvendo algumas pessoas que seriam integrantes do Movimento Sem-Terra.

Segundo testemunhas, o agricultor havia plantado feijão numa chácara e um grupo do movimento teria invadido a área e estaria destruindo a plantação.

A PM informou que, por volta das 17h, Dias foi ao local e procurou a líder do movimento. Ele estaria armado com um facão. Após uma discussão, um membro do MST teria disparado três vezes contra a vítima.

Mesmo ferido, Dias voltou para o carro na tentativa de sair do local, mas não resistiu. Os Bombeiros foram chamados, porém a vítima já estava sem vida. A PM disse que fez buscas no local, mas não encontrou nenhum suspeito.

Martin da Garapa era conhecido na cidade. Nos fins de semana, vendia os produtos agrícolas no mercado municipal.

G1 Tocantins

Corpo de bebê trocado em necrotério chegou a ser enterrado pelos pais de menina

Lázaro Alves foi enterrado no lugar de Maria Valentina, em Porto Nacional. Funerária nega que tenha culpa na troca dos bebês.

O corpo do bebê Lázaro Alves, que foi trocado no necrotério da maternidade Dona Regina, chegou a ser enterrado pelos pais da menina Maria Valentina, em Porto Nacional. Os dois bebês morreram neste sábado (28) e a troca só foi percebida pela mãe do menino, no momento em que ela foi vesti-lo para o enterro.

A mãe de Valentina conta que a funerária não deixou que ela visse o corpo no caixão, que foi levado direto para o cemitério em Porto Nacional. Cerca de duas horas depois do enterro, Marciana Borges da Conceição recebeu a ligação de uma assistente social dizendo que o bebê errado tinha sido levado.

O corpo que tinha sido enterrado era de Lázaro Alves. “Culparam a funerária. Fiquei desesperada, achei que tinha enterrado a minha filha e não era minha filha. Teve que abrir a covinha e enterra de novo. Quando ligaram, disseram que estava arrumando ela ainda. Então, o corpo da minha filha não estava pronto quando trouxeram o outro”, disse.

“Eles falaram que tinham trazido o corpo errado, aí eu falei pra eles que já tinha enterrado. Teve que tirar a criança de novo para levar para Palmas, trazer o da minha filha e levar o dele para os pais”, lamentou Jamesson Passos, pai de Maria Valentina.

Mãe de Maria Valentina enterrou bebê errado (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde disse que a troca dos corpos foi feita pela funerária, “que não observou a identificação com a etiqueta do nome do bebê”.

Porém, segundo Sidney Rodrigues, funcionário da Funerária Santo Antônio e responsável pelo transporte da criança, não houve erro por parte dele.

“Quando cheguei lá os parentes estavam na sala. Depois o serviço social liberou e ninguém acompanhou até o necrotério. Me entregaram a chave e fui procurar com um tio da bebê. Quando encontramos o necrotério só tinha um bebezinho na sala. Peguei, coloquei na urna e levamos para Porto”, afirmou.

Entenda

Os corpos de dois bebês que morreram neste sábado (28) foram trocados no necrotério do Hospital Dona Regina em Palmas. A dona de casa Maria Aparecida Alves percebeu o erro quando foi vestir o filho e prepará-lo para o enterro, por volta das 14h. O corpo do bebê Lázaro Alves tinha sido levado momentos antes para Porto Nacional, onde seria enterrado por outra família.

“Fui ao necrotério vestir o bebê e prepará-lo para o enterro e quando cheguei ao local vi que não era ele. Tinha uma placa com o nome de uma menina. Eu também olhei e vi que não era ele. Eu disse: ‘Meu bebê não é esse'”, contou.

 G1 Tocantins

Márlon Reis protocola pedido de impugnação das chapas de Kátia e Amastha

O TRE vai agora analisar o pedido bem como o registro de todos os candidatos.

O candidato Marlon Reis protocolou ação pedindo impugnação das candidaturas de Kátia Abreu do PDT e ainda Carlos Amastha do PSB. Ele alega que Amastha não se desincompatibilizou no período que prevê a lei e no caso da senadora questiona o tempo de filiação. O protocolo foi na noite do sábado, 28.

O advogado da coligação de Marlon, Edmilson Domingos de Sousa Júnior foi quem confirmou a informação na manhã de hoje. “As impugnações foram propostas com fundamento no prazo de filiação e desincompatibilização dos candidatos que não foram respeitados. Aguardamos agora a tramitação do processo e o respectivo julgamento pelo TRE nos prazos estipulados pela resolução”, disse o assessor jurídico.

Amastha e Kátia

Tanto Amastha como Kátia afirmam estar seguros com relação á segurança jurídica para a disputa. Ao registrar sua candidatura, Kátia Abreu disse estar confiante que poderá disputar e disse que vai obedecer a justiça.

Já a assessoria jurídica de Amastha se apega a jurisprudências anteriores. Outra questão ainda é que, conforme a Gazeta do Cerrado mostrou, as duas últimas eleições suplementares realizadas no Estado ano passado, em Itacajá e Taguatinga, o prazo especificado de desimcompatibilização foi de 24 horas.

O TRE não especificou na resolução das eleições e disse que vai se apegar ao que diz a constituição. A eleição com certeza será judicializada e os dois podem recorrer ao TSE.

Amastha chegou a defender que o TRE liberasse todos de participar do pleito em razão de que não havia como prever que haveria novas eleições em razão da decisão de cassação.

Campanhas

Kátia Abreu está neste domingo em agenda no Bico do Papagaio e Carlos Amastha se encontra de luto e com atividades de campanha suspensas em razão da morte do aliado e articulador político, Júnior Coimbra.

Maria José Cotrim – Gazeta do Cerrado

Veja o pedido: