Rozineide Gonçalves

Polícia cumpre mandados no Tocantins contra integrante de facção criminosa

Operação está sendo realizada em 14 estados. Os alvos são suspeitos de integrar célula de facção criminosa que age dentro e fora de presídios.

Polícia Civil cumpriu na manhã desta quinta-feira (14), em Palmas, um mandado de busca e outro de prisão contra um suspeito de integrar uma célula da facção criminosa PCC, que age dentro e fora de presídios. A operação é nacional e está sendo realizada em 14 estados.

A operação Echelon é coordenada pela Polícia Civil de São Paulo, em parceria com o Ministério Público e a Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo. Policiais do Tocantins auxiliaram no cumprimento dos mandados.

Ao todo, são 75 mandados de prisão e 59 de busca e apreensão em 14 estados. O grupo investigado é responsável por acirrar disputa entre facções no país, elevando o número de assassinatos.

Os mandados em Palmas foram cumpridos com apoio de agentes da Delegacia de Investigação Criminal. No início da manhã, os policiais fizeram busca em uma casa no Aureny III. No local foram apreendidos diversos aparelhos celulares.

Depois, cumprido mandado de prisão preventiva contra Leandro Bonfim Albuquerque Souza, de 26 anos, que está preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas. Ele é apontado como contato da organização criminosa no Tocantins.

Bombeiros retomam buscas por jovem desaparecido no rio Tocantins

As buscas pelo jovem Danilo Salviano Nunes, de 27 anos, foram retomadas no início da manhã desta quinta-feira (14) pelo Corpo de Bombeiros. Ele desapareceu no rio Tocantins em Praia Norte, na região norte do estado.

Testemunhas contaram aos bombeiros que o jovem teria sofrido uma crise convulsiva durante uma pescaria e submergiu no rio. O acidente ocorreu na tarde desta quarta-feira (13).

Mergulhadores do Corpo de Bombeiros começaram a procurar pela vítima horas após o desaparecimento, mas as buscas foram interrompidas durante a noite. Os mergulhadores fizeram buscas por cerca de 1 quilômetros em pontos que atingem até 10 metros de profundidade.

Prefeitura de Palmeirópolis promove Semana do Meio Ambiente com programação voltada à estudantes

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado dia 5 de junho.

A Prefeitura Municipal de Palmeirópolis, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento, em parceria com a Engie Energia Brasil, promoveu várias ações em celebração à Semana do Meio Ambiente, comemorada no dia 5 de junho.

Com o tema “Conservar o Meio Ambiente é Celebrar a Vida”, cuja finalidade deste evento é movimentar a cidade acerca do tema e recomendar a comunidade sobre a necessidade da conservação e preservação ambiental.

O principal objetivo da Semana do Meio Ambiente é conscientizar a comunidade sobre a importância de preservar os recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.

Esta iniciativa visa refletir sobre a importância desta data, não só como ferramenta de compreensão e reflexão sobre os problemas ambientais, mas, acima de tudo, vê como conscientização de uma forma crítica comunitária em que a qualidade de vida e a harmonia entre os seres humanos e o meio ambiente, sejam sempre uma meta a ser alcançada.

A programação do evento contou com diversas ações, que teve início no dia 04 de junho com uma visita técnica a uma nascente recém recuperada na propriedade rural do empresário Uadas Xavier, com os alunos do Colégio Estadual Professora Oneides Rosa de Moura.

No dia cinco de junho terça-feira, aconteceu uma visita técnica a Usina Hidrelétrica São Salvador, juntamente com os alunos da Escola Municipal Elda Silva Barros.

Na quarta-feira seis (6), ocorreu a Gincana Ambiental com premiações na Escola Municipal Bom Tempo, uma tarde de muita diversão e aprendizado com foco em atitudes diárias ambientalmente corretas. 

No dia sete (7) foi a vez do CMEI com piquenique ecológico no Parque Natural Municipal de Palmeirópolis.

E no último dia, (8) de junho, aconteceu uma Blitz Educativa na praça central da cidade em prol da Campanha: “Palmeirópolis Sem Fogo”, com a turmas dos 5º anos da Escola Municipal Elda Silva Barros. Houve apresentações no pátio da escola de todas as turmas, como danças, recitação de poemas, músicas, com o tema voltado ao Combate e Prevenção de Queimadas e Incêndios Florestais.

Concluindo a programação, palestra sobre “Preservação da Fauna para Equilíbrio Ambiental” ministrado pelo 3º Sargento do Destacamento de Polícia Militar Ambiental de São Salvador, Judaique Aires França, onde o público alvo foi a comunidade escolar da zona rural.

Com informações da Sema Palmeirópolis/Jéssica Cangussú

 

 

Polícia apreende 23 kg de maconha dentro de mala em ônibus

Apreensão foi realizada em Palmeiras do Tocantins. A droga estava distribuída em tabletes dentro de duas malas de viagem.

Polícia Rodoviária Federal apreendeu 23,87 kg de maconha, no km 7 de Palmeiras do Tocantins. A apreensão foi realizada nesta terça-feira (12), durante uma fiscalização que abordou um ônibus. A droga estava distribuída em tabletes dentro de duas malas de viagem.

O ônibus fazia o trajeto de Goiânia (GO) para São Luis (MA). Após fiscalização de todos os compartimentos do veículo foram encontradas as malas que estavam na parte inferior de bagagem que apresentavam forte cheiro de maconha.

A polícia descobriu que as duas bagagens pertenciam a uma jovem de 18 anos. Ao ser questionada sobre a droga, ela informou que pegou com uma mulher desconhecida na rodoviária de Goiânia e deixaria a droga na rodoviária de São Luis com outra pessoa também desconhecida. Ela recebeu R$ 1.000 para realizar o translado da droga.

Tocantins é o terceiro Estado que mais extrapolou gastos com pessoal em 2017

Uma das restrições que o Executivo sofreu por descumprimento da LRF foi a negativa de aval da União para liberação dos empréstimos da Caixa e do Banco do Brasil.

O Tocantins está entre os três Estados que mais extrapolaram o limite de gastos com pessoal em 2017, ainda sob o comando do ex-governador Marcelo Miranda (MDB). De acordo com reportagem do Portal G1, o percentual de despesa com o funcionalismo chegou a 55%, em relação a receita corrente líquida, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro, com 57% e Roraima, com 65%. Esses índices representam desenquadramento na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Uma das restrições que o Executivo sofreu por descumprir a normativa foi a negativa de aval da União para liberação dos empréstimos da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, no início deste ano.

A LRF foi sancionada em maio de 2.000 e regulamenta o artigo 163 da Constituição, que trata das contas públicas. Entre as regras impostas por ela, estão limites para as despesas e o endividamento em todas as esferas de governo (municípios, estados e governo federal; Legislativo, tribunais de contas e Judiciário; além de Ministério Público), além do teto para as despesas com funcionários.

Conforme o levantamento, 18 unidades da federação superaram o chamado “limite de alerta” de 44,1% de gastos com pessoal. Destas unidades da federação em “alerta”, 15 ultrapassaram o “limite prudencial” de 46,55% da receita corrente líquida em gastos com pessoal e seis delas superaram o teto permitido de 49%.

Gastos da União
Na União, por sua vez, os gastos com pessoal cresceram em 2017, atingindo 41,8% da receita corrente líquida, o maior patamar desde a criação da LRF, mas não superaram o limite, de acordo com dados do Ministério do Planejamento.

Obediência à lei
Em entrevista ao G1, o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, que também participou da equipe que fez a Lei de Responsabilidade Fiscal, avaliou que a lei é “boa”, mas ele também observou que ela foi descumprida pelos estados – pois alguns deles já ultrapassaram os limites estabelecidos por gastos com pessoal.

“A LRF é uma boa lei, como tudo na vida pode melhorar, pode aprimorar. Mas não é esse o problema. O problema é que não cumpriram a lei. Tão simples quanto isso. E aí os estados que estão em uma situação mais crítica, a gente criou a lei de recuperação fiscal dos estados”, afirmou o ministro.

Guardia avalia que a LRF tem dispositivos para que os estados não chegassem nessa situação, o que “funcionou durante muito tempo”, mas depois alguns deles começaram a descumpri-la.

Também em entrevista ao G1, o pesquisador e professor do Instituto de Direito Público (IDP), José Roberto Afonso, que participou da criação da LRF, disse que apesar de o limite ter sido superado em seis estados no ano passado, a lei não falhou.

“Entendo que evitou que fosse pior. O país enfrentou pior recessão de sua história e isso reduziu em muito a receita dos estados, contribuindo para estourar o limite, mesmo que a folha salarial não crescesse. É bom atentar que, enquanto o PIB crescer abaixo de 1% em doze meses, não há governo desenquadrado porque a LRF suspende os limites”, afirmou ele.

Máquina pública
A procuradora do Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo, Élida Graziane Pinto, avaliou que há inchaço na máquina pública dos estados e municípios brasileiros, e disse que há “má fé associada à preguiça” por parte dos gestores em não fazer uma análise detida da produtividade do seu quadro de pessoal e de avaliação das necessidades reais por servidores.

Ela avaliou que a LRF é essencial para o país e representa um avanço em relação ao cenário anterior, mas acrescentou os limites estabelecidos para gastos com pessoal, por exemplo, acabam sendo um “ponto de chegada” para os gestores públicos, ou seja, um valor a ser alcançado. “É um ‘check list’ formal que acaba empurrando a preguiça do gestor para bater no teto”, afirmou.

De acordo com a procuradora, os governos continuam “inchando o Estado, virando um cabide de empregos”. “Os comissionados são para fazer caixa para os partidos de quem os indicou. A gente tem de começar a enfrentar as causas e não os sintomas. É mais ou menos querer emagrecer tomando comprimido ao invés de fechar a boca e fazer exercício físico”, declarou ao G1.

Restrições da LRF
A partir do descumprimento do “limite prudencial” de 46,55% da receita corrente líquida para gastos com servidores, conforme o Tesouro Nacional, a LRF determina que já comecem a vigorar restrições aos estados. Ficam proibido, neste caso: concessão de vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração, salvo por sentença judicial ou de determinação legal ou contratual; criação de cargo, emprego ou função; alteração de estrutura de carreira que implique aumento de despesa; provimento de cargo público, admissão ou contratação de pessoal, a não ser em caso de aposentadoria ou morte de servidores das áreas de educação, saúde e segurança; contratação de hora extra, exceto em caso de urgência.

Se a despesa total com pessoal ultrapassar o limite máximo de 49% das receitas correntes líquidas, por sua vez, a LRF determina que o percentual excedente terá de ser eliminado nos dois quadrimestres seguintes, sendo pelo menos um terço no primeiro.

Mesmo assim, se não for alcançada a redução dos gastos com pessoal no prazo estabelecido, e enquanto perdurar o excesso, o estado, ou Distrito Federal, não poderá: receber transferências voluntárias; obter garantia, direta ou indireta, de outro ente; contratar operações de crédito, ressalvadas as destinadas ao refinanciamento da dívida mobiliária e as que visem à redução das despesas com pessoal.

De acordo com o governo, as restrições, cuja aplicação são de responsabilidade do Tesouro, estão todas elas relacionadas apenas com transferências e aval para operações de crédito.

O Tocantins também foi um dos Estados que esbarrou no momento da liberação dos empréstimos da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, no início do ano, justamente porque estava desenquadrado na LRF e não conseguiu aval da União. Sem o aval do governo federal, o Estado até tentou contratar diretamente com o agente financeiro dando como garantia a utilização da receita de impostos, inclusive do Fundo de Participação do Estado, como garantia, mas o Ministério Público Federal ingressou com uma ação e a operação foi barrada pela Justiça.

Situação atual
O site solicitou ao governo do Estado informações sobre o atual percentual dos gastos com pessoal, em relação a receita corrente líquida, e aguarda retorno. (Com informações do G1 e Cleber Toledo)

Homem é condenado a 13 anos de prisão por matar amigo por causa de cachorro

Segundo a Justiça, Edmar Lima de Melo não queria que o cachorro da vítima ficasse num acampamento onde eles moravam. Crime aconteceu em outubro de 2016.

Sebrae aproxima público do artesanato tocantinense na Expoara 2018

Durante o evento, mais de 20 artesãos irão apresentar seus trabalhos para o público no Espaço Artesanato, no Shopping da Tecnologia da Expoara.

Até o próximo domingo, 17, o Sebrae estará presente na 50ª Exposição Agropecuária de Araguaína (Expoara 2018), com o Espaço Artesanato no Shopping da Tecnologia. Mais de 20 expositores irão participar com vários segmentos do artesanato regional como fibras do capim dourado, babaçu, buriti, sementes, bonecos de jatobá, bonecas de feltro, aromas e móveis em madeira. O ambiente é uma oportunidade dos artesãos apresentarem e comercializarem artesanatos fabricados no Tocantins.

Para o superintendente do Sebrae no Tocantins, Omar Hennemann, a Expoara é uma oportunidade de aproximar o público e lojistas de todo o Brasil do artesanato tocantinense. “A Expoara é um ambiente para incentivar a comercialização dessas peças. Por isso, promovemos essa grande vitrine para o artesão. Além de apresentar seu trabalho e vender seus produtos, terá a oportunidade de fazer contatos com lojistas de vários estados do Brasil”, explicou.

Antônio Marinho é artesão há 15 anos no segmento de bonecos de sementes de jatobá e vê com otimismo sua terceira participação na Expoara. “Araguaína é um grande polo comercial para os artesãos do Tocantins. Essa é uma oportunidade de fazer negócios e apresentar nosso trabalho, que inclusive segue a temática da exposição” afirmou.

Feito no Tocantins

Junto à exposição, o ambiente também proporciona aos visitantes conhecerem a proposta do site “Feito no Tocantins”. A ferramenta é uma vitrine virtual do que é fabricado no estado e tem o objetivo de aproximar quem faz a quem quer comprar. 

https://goo.gl/nQPWRF

Ascom SEBRAE

Motociclista fica ferida após ser atingida por carro em avenida de Palmas

O acidente foi registrado na avenida Juscelino Kubitschek. Segundo a Prefeitura, o carro transitava na faixa do meio e ao fazer uma conversão, bateu na motocicleta que trafegava na terceira faixa.

Uma mulher de 45 anos, que pilotava uma motocicleta, ficou ferida após ser atingida por um carro. O acidente foi registrado na manhã desta quarta-feira (13), por volta das 8h15, na avenida Juscelino Kubitschek, em Palmas.

Segundo a Prefeitura de Palmas, o carro transitava na faixa do meio e ao fazer uma conversão, bateu na motocicleta que trafegava na terceira faixa. Com o impacto da batida, o carro foi parar em cima do canteiro.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a mulher teve escoriações e foi levada para Unidade de Pronto Atendimento da região norte (UPA Norte).

G1 Tocantins

O 3º Torneio Leiteiro da VI Expo-Palmeirópolis teve premiações e foi um sucesso

Este ano teve premiação até o quinto lugar no torneio.

O Torneio Leiteiro que aconteceu de quinta-feira à sábado foi organizado por Fernando Coelho, técnico Agropecuária do SEBRAE, e Lual Junqueira, secretário do Sindicato Rural e Veterinário da prefeitura de Palmeirópolis. Em parceria com Sindicato Rural, SENAR, FAET e Prefeitura. 

O Veterinário Lual Junqueira, disse que viu uma evolução muito grande da primeira à terceira edição do torneio leiteiro, tanto na área tecnológica quanto na genética dos animais dos produtores de leite. “Tem sido bom para eles trabalhar com leite, antes era um martírio, hoje agente vê que eles estão desenvolvendo muito bem, tanto economicamente, como socialmente. Foi uma disputa bem acirrada a partir do segundo lugar. Porque o Claudio já faz este trabalho há mais tempo, está bem evoluído.  Já estamos pensando ano que vem abrir para produtores de outras regiões participarem”, concluiu.

O Torneio aconteceu nos dias 07 a 09 de junho e a competição foi para quem tirasse a maior quantidade de leite. As premiações aos donos das vacas foram até o quinto lugar.

Os animais e participantes estiveram em exposição no Pavilhão Leiteiro do Parque de Exposições durante toda a competição.

Deputado Ricardo Ayres entregando o prêmio para Wander Luiz Correia, segundo lugar.

O Zootecnista Eurizan Barbosa Junior, que participou do torneio como patrocinador do Wandinho, falou da emoção e adrenalina em competir junto com a equipe. “Para nós, é uma enorme satisfação alcançar o segundo lugar, pelo 3º ano consecutivo. No próximo ano queremos ganhar em primeiro lugar”, disse sorrindo ao comentar que conhece o esforço do Wander.

Zootecnista Eurizan Barbosa Junior

O prefeito Fábio Vaz, explicou que todo o leite foi doado à comunidade carente da região. “Em parceria com os laticínios, grande parte do leite foi doado a essas comunidades”. Segundo ele, todo o produto teve um longo processo de resfriamento e armazenamento para serem entregues.

Os troféus para os participantes do Torneio foram entregues pelas mãos das lideranças no evento a noite. “É gratificante prestigiar estes participantes em um dia importante dedicado a cada produtor de leite. Foi um evento muito bem organizado, todos estão de parabéns, isso concretiza o trabalho que vem sendo realizado por eles”, comentou o prefeito.

Prefeito Fábio Vaz entregando o prêmio para o 1º lugar, Claudio Rodrigues.

O vencedor dos três torneios consecutivos Claudio Rodrigues das Neves, falou a nossa equipe de reportagem que tudo foi fruto de um trabalho de nove (9) anos que ele está na atividade leiteira e sempre melhorando o rebanho.

“Estes animais é produção da nossa propriedade, e graças a Deus estamos colhendo resultado de um trabalho de algum tempo. É um torneio diferenciado porque só entra quem realmente é produtor de leite. Não são pessoas que vendem genéticas, ou compram animais para ganhar torneio leiteiro, são pessoas que estão nas atividades e isso para mim é gratificante obter resultado. Meu rebanho é bem cuidado na parte genética e alimentação, bem avaliados por  toda equipe que trabalha comigo, ganhamos novamente em primeiro lugar, devo isso a todos os meus parceiros”, finalizou entusiasmado.    

Premiações:

1º 2000.00 reais

2º1000.00 reais

3º800.00 reais

4º600.00 reais

5º 400.00 reais

Posições

1-Claudio Rodrigues das Neves:/média de 31,2 kg por dia

2-Wander Luiz Correia (Wandinho):/média de 25,11 kg por dia

3-Alaíde:/média de 25,02 kg por dia

4-Deosdete Tochio(Galego):/média de 22,03 kg por dia

5-Joaquim Donizete (Zetti):/média de 21,35 kg por dia.

Presidente do Sindicato Rural João Parrião e Alaíde, terceiro lugar no torneio.

Por: Alexandre Machado

Edson e Hudson animaram público no penúltimo dia da Expo Palmeirópolis

De acordo com dados, cerca de 10 mil pessoas comparecem no sábado para o show.

Música eletrônica, forró e sertanejo, essa foi a mistura musical que rendeu um final de semana inesquecível no encerramento da VI Expo-Palmeirópolis e aniversario de 38 anos da cidade.

A principal atração musical da noite Edson e Hudson, esbanjaram carisma e talento na voz e viola, os dois encantaram o público com sucessos e “modas” apaixonantes.

Com um show irreverente, Edson e Hudson abriram penúltima noite e fizeram todo o público cantar e dançar ao som de seus sucessos como: “E aqui foi bom demais, todo mundo no embalo”! O show se estendeu até madrugada de domingo e todos puderam se divertir.

“Alegria e diversão”. É com essas duas palavras que é possível resumir como foi a Festa do Rodeio organizada pela Prefeitura no último fim de semana. Cerca de 10 mil pessoas relembraram ou sentaram para ver a magia dos peões de rodeio.

Na quinta-feira (07), já era possível sentir a emoção que estava por vir. As arquibancadas estavam lotadas de pessoas ansiosas pelo duelo entre cowboy. No sábado, o rodeio segurou a adrenalina da plateia, que novamente encheu as arquibancadas.

 

O prefeito Fábio Vaz, falou emocionado de que tudo que aconteceu provou que a festa já era mais do que esperada. “Foi dentro da nossa expectativa. O povo mostrou que estava mesmo esperando. Tivemos um público constante nos cinco dias, até no domingo. Tudo com entrada franca, ônibus totalmente gratuitos, sem ocorrências policiais. Foi muito bom, graças a Deus!”, comentou.

O prefeito ainda acrescentou que o rodeio foi um ponto forte do evento: “O rodeio tem essa tradição, pois o povo de Palmeirópolis gosta dele, foi fantástico” concluiu.

No domingo, todos os brinquedos foram liberados para criançada que puderam se divertir com sua família.

Lideranças políticas estiveram prestigiando o evento, dentre elas: O deputado estadual Ricardo Ayres, os prefeitos Fabrício Viana de Paranã, e São Salvador André Borba e suas esposas, ex-deputado estadual Dr. José Viana, os assessores do governador Carlesse, Gleydson Nato e Sérgio Pereira Soró de . Além do prefeito Fábio Vaz, sua vice Josemir Bastos, primeira dama Ana Paula Vaz e vereadores. 

A equipe da saúde esteve de prontidão com profissionais e ambulâncias a todo tempo no local. O hospital na cidade com médicos de plantão para qualquer eventualmente.

A Polícia Militar na pessoa do comandante, o tenente Rosa Neto e demais PMs cuidaram da segurança da população atenciosamente.

O prefeito Fábio Vaz, sua vice Josemir Bastos, primeira dama Ana Paula, Câmara Municipal, secretários, equipe de Apoio, colaboradores, agradecem todos que participaram desta linda festa e também o governo do estado pelo Apoio.    

Reportagem e fotos: Alexandre Machado