Rozineide Gonçalves

Câmara Municipal de Montividiu do Norte Goiás, entregou certificado de Honra ao Mérito à quatro pessoas

O Poder Legislativo e a sociedade sentem-se orgulhosos em homenagear estas pessoas que muito fez pelo município durante toda sua trajetória.

A sessão solene aconteceu na manhã desta sexta-feira (08), no plenário da Câmara Municipal Thalmires Carneiro Cardoso no Centro da cidade.

Com o recinto lotado, a Câmara Municipal de Montividiu entregou quatro (4) diplomas de Honra ao Mérito, para personalidades que vêm contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico do município.

Geraldo Leite Pimentel, prefeita Cirinha da Farmácia, deputado Júlio da Retífica e Luiz Raimundo de Souza.

 

Nesse sentido, foram homenageados: Geraldo Leite Pimentel (Geraldo Furtado), Luiz Raimundo de Souza, a prefeita Jacira Martins Fernandes Paiva (Cirinha da farmácia) e o deputado Júlio Sergio de Melo (Júlio da Retífica).

O presidente da Câmara Neurivan Barbosa do Vale (Dêga), disse que o projeto partiu em comum acordo com os colegas ao decidir homenagear os convidados.

Como é seu último mês como presidente, quer deixar a Casa organizada e com todas as contas pagas. Agradeceu todos seus colegas vereadores e os convidados confiante de dever cumprido.

O presidente da Câmara Neurivan Barbosa (Dêga), ao lado da prefeita Cirinha.

Na ocasião, o presidente do Legislativo Dêga, afirmou que foi um ano de muita luta, trabalho, conquistas, debates, reuniões e audiências, em que buscou o melhor para a comunidade de Montivididu. “Encerramos o nosso mandato com um balanço altamente positivo. Os números falam por sí só, foi um ano muito produtivo, baseado no volume de projetos indicados e votados e no número de proposituras dos vereadores, uma pena que a verba foi pouca para ter feito um trabalho melhor”, concluiu.

Prefeita homenageda Cirinha da Farmácia, vice-prefeito Vanderlei da Nogueira e vereador Dêga

Um dos homenageados com o diploma de Honra ao Mérito, foi o deputado Júlio da Retifica, por ser o representante da região norte na Assembléia Legislativa, e sempre lembrar de Montividiu. Recebeu o apelido de “Leão do Norte”, pelos moradores, por cuidar desta região. “É com muita satisfação que recebo na Câmara Municipal de Montividiu do Norte uma homenagem de Honra ao Mérito, uma das mais alta condecoração oferecida pelo Legislativo Municipal, como forma de reconhecer pessoas e entidades que contribuem com o avanço da sociedade e a melhoria das condições de vida da população deste município”, pontuou.

Prefeita Cirinha e o deputado Júlio da Retífica Bandeirantes.

A entrega do título foi feita pelo vereador José Antônio dos Santos(PSDB), durante sessão presidida pelo presidente da câmara, Neurivan Barbosa do Vale ( PPS) e no plenário, estavam amigos e autoridades como a prefeita Cirinha da farmácia (PTB), vereadores, e demais lideranças da região.

Continuou o deputado: “Quero agradecer a todos que colaboraram com nosso mandato, sem o companheirismo e dedicação de todos em especial a prefeita Cirinha que sempre vai em busca de recursos para o município, parte de nossas conquistas não seriam possíveis. É preciso batalhar a cada dia para garantir à população mais segurança, educação e serviços de saúde com qualidade, pois, o papel do político é atuar em defesa de todos”, disse Júlio da Retífica em seu discurso.

Deputado Júlio recebendo os parabéns da prefeita Cirinha.

A prefeita Cirinha da Farmácia, como é conhecida, é filha de Montividiu do Norte, pois sempre morou no local com seus pais e constituiu sua família.

Ao lado do seu esposo, tem uma história de uma cidadã que sempre colocou à disposição de servir ao próximo.

Ela foi homenageada, por ser a primeira mulher a ter o cargo como prefeita no município. “Me sinto muito feliz e honrada por estar recebendo este Diploma de Honra ao mérito, confesso que não esperava. Graças a Deus estamos indo bem na nossa administração, mesmo com muitas dívidas e dificuldades, conseguimos fazer um poço artesiano no Assentamento Santa Júlia, com dinheiro próprio, lá não tinha água e precisávamos atender aquela comunidade. Enfim, fizemos várias outras obras, e vamos fechar o ano com a folha de pagamento em dia”, finalizou.

 

Os outros homenageados também expressaram a alegria de serem lembrados pela Câmara de Montividiu e agradeceram seus familiares.

Além dos homenageados e suas famílias, estiveram presentes no evento os vereadores da Casa, o vice-prefeito Vanderlei da Nogueira, o vereador de Palmeiropolis Fábio Gonçalves, a comunidade e autoridades civis e eclesiásticas.

Os pais e a filha da  prefeita Cirinha, Jacilene Martins, dona Antônoia Martins Fenandes e seu Jaci Fernandes.

O presidente encerrou o evento e em seguida ofereceu um delicioso café da manhã.

VEJA MAIS FOTOS

Da redação

Homem é condenado em Palmeirópolis por matar esposa com um facão

Justiça condena homem pelo crime de feminicídio.

O Ministério Público Estadual (MPE) obteve na quarta-feira, 05, a condenação de Romilton Ferreira Lima, a 17 anos e nove meses de prisão pelo crime de feminicídio.

Romildo, de 45 anos, foi levado a Júri Popular pelo assassinato da sua companheira, Maria Valda Costa da Gama Alves, cometido em agosto de 2016.

De acordo com a denúncia criminal apresentada pela Promotoria de Justiça, a vítima foi morta com golpes de facão, na residência do casal, localizada no reassentamento Piabanha II, em São Salvador do Tocantins, após uma briga do casal, em virtude de Maria Valda ter decidido ir embora para Porangatu (GO) a fim de realizar tratamento médico.

No júri, a Promotora de Justiça Bartira Quinteiro manteve as alegações no termos da denúncia de que o crime aconteceu por motivo torpe, desprezível, repugnante e decorrente de ciúme.

A Promotora também reforçou que o crime ainda foi cometido por motivações de gênero, tendo em vista que a violência ocorreu no ambiente doméstico e familiar, presentes a relação íntima de afeto e a vulnerabilidade do sexo feminino.

Femicídio ou feminicídio é um termo de crime de ódio baseado no gênero, amplamente definido como o assassinato de mulheres.

Por Denise/MPE

Em Jaú do Tocantins homem morre eletrocutado dentro de igreja

Ele foi socorrido por frequentadores da igreja, mas morreu antes de chegar em Gurupi.

Um homem morreu eletrocutado dentro da igreja Assembleia de Deus, em Jaú do Tocantins, nesta sexta-feira (8).

De acordo com relatos, por volta das 7:30 da noite, Danilo Alves Varandas de 24 anos, foi organizar o som para iniciar o culto quando sofreu uma descarga elétrica.  

A suspeita é de que ele tenha sofrido uma parada cardíaca no momento do choque.

Danilo era operador de som (sonoplasta), e cantor evangélico, morava em São Valério do Tocantins e tinha ido a Jaú apenas para participar do Congresso de jovens que começava ontem (8) de dezembro.

Segundo informações, a igreja estava lotada para começar os trabalhos, quando de repente Danilo caiu, um senhor percebeu e tirou o fio da tomada.

Ele foi socorrido com vida e levado para o hospital de Gurupi, mas morreu antes de chegar ao local. A equipe médica de Jaú tentou reanimar, mas não obteve sucesso.

Danilo era funcionário público e de uma das famílias mais tradicionais de São Valério, (Família Varandas), era filho de Nilo Varandas. Era recém-casado com Silvia Fernandes e não tinha filhos, dedicado à igreja e muito alegre.

O pastor da Igreja Assembleia de Deus de Jaú do Tocantins, Josafá Gonçalves de Oliveira e pastora Dinalva Campos, transmitem os sentimentos a família enlutada.  O pastor cancelou o evento deste final de semana para apoiar a família.

São Valério e Jaú do Tocantins estão de luto pela tragédia.

O vereador de Jaú do Tocantins, Osvaldo Mendes dos Santos (Osvaldinho), também transmite nota de pesar à toda família e a cidade de São Valério.

Da redação

Corpo de vereador é encontrado com tiro na cabeça em Goiás

Wilson Portilho estava desaparecido desde segunda-feira (4).

O corpo do vereador licenciado e atual secretário de Desenvolvimento Econômico e Social de Goianésia, Wilson Portilho, 48 anos, foi encontrado com um tiro na cabeça nesta quarta-feira (6) no Distrito de Cirilândia, que pertence a Santa Isabel. 

Wilson estava desaparesido desde segunda-feira (4), quando teria passado pela prefeitura e saiu do local com um funcionário.

Segundo informações preliminares, Wilson teria deixado esse funcionário na casa dele e depois não foi mais visto. Ele estava usando um carro oficial da prefeitura.

As investigações sobre a morte do vereador estão a cargo do delegado regional Marco Antônio Maia, que não deu detalhes da investigação, mas ele já teria conversado com a esposa do vereador, que deixa, além da mulher, dois filhos. 

Eleito vereador em Goianésa nas eleições de 2016, Wilson Portilho é de família tradicional no município e já foi presidente do Sindicato Rural. 

Diário do Norte

Câmara realiza Sessão Solene para entrega de Títulos de Cidadão Palmeiropolense

A sessão aconteceu nesta quinta-feira (07), a partir das 19:00 horas no Plenário da Câmara Municipal José de Ribamar da Rocha Coelho em Palmeirópolis. 

Com o plenário lotado, o Poder Legislativo realizou sessão solene, para entrega de títulos de Cidadãos Palmeiropolense.A solenidade foi conduzida pelo presidente da Câmara em exercício, vereador Nilson Rodrigues, que também foi homenageado com o título de cidadão Palmeiropolense, juntamente com Iderci Soares de Souza.

Além dos homenageados, compuseram a mesa, o prefeito municipal Fábio Vaz e a vice Josemir Bastos, o primeiro prefeito de Palmeirópolis e ex-prefeito da cidade de São Salvador, Osvaldo de Souza Lima, (Osvaldo Lapeiro), ex-prefeito de Palmeirópolis Enoque Souza Alves, os ex-vereadores de Palmeirópolis Josafá Rodrigues e Alex Martins, pastor Belto Barros e o presidente do PMDB Ulisses Barros.A solenidade contou com a presença dos vereadores, Fábio Gonçalves, Jamilton Guedes, Divino da patrol, Nonato Barros, Hildene Tóquio e Nilson Rodrigues (na oportunidade atuando como presidente em exercício), e também a presença dos familiares.

Todos os vereadores presentes falaram na tribuna parabenizando a ação dos vereadores e os homenageados.A solenidade de “Título ao Cidadão”, tem como objetivo homenagear pessoas que se destacaram nas inúmeras áreas da atividade humana, com trabalhos reconhecidos nos setores cultural, artístico, econômico-empresarial, profissional, esportivo e filantrópico, que enalteceram a comunidade e contribuíram com a transformação do município.Depois de aberta a sessão, foi entoado o hino nacional e em seguida pastor Belto Barros fez uma leitura de reflexão na bíblia.A vereadora Hildene Tóquio primeira secretaria, leu os ofícios falando do projeto do vereador Raimundo Nonato para homenagear Iderci e também de Alex Martins em fazer homenagem ao vereador Nilson Rodrigues.

Raimundo Nonato expressou que homenagear seu Iderci foi mais que merecido, pois ele ajudou muito na administração pública do município, foi importante na construção de Palmeirópolis.“São poucos que conhecem o trabalho do seu Iderci Soares aqui em Palmeirópolis, trabalhou muito na lavoura, pouca gente tinha trator naquela época e ele ajudava a todos. Também mandava os tratores para serra para tirar os carros atolados. Os mantimentos perdiam por falta de transportes e o trecho era de terra, não tinha asfalto. A sociedade tem orgulho de ter uma pessoa como Iderci no município, por isso fiz este requerimento e meus colegas vereadores votaram, me sinto realizado”, disse o vereador Nonato Barros.Em seguida foi lido um relato sobre a vida de seu Iderci Soares dizendo que fica concedido o título de Cidadão Palmeiropolense ao ilustre Iderci Soares de Souza, fazendeiro e agricultor que em (09) de setembro 1979 passou a ter uma enorme importância no município com lavouras, ajudou na construção da Casetins, (Casegue), foi ele quem comprou o terreno e doou ao estado na época, ou seja, atendeu agricultores do município acreditando que ia crescer em meio as dificuldades na época do prefeito Osvaldo de Souza Lima. Hoje seu Iderci tem 80 anos.

Também ajudou na construção da igreja Evangélica Assembleia de Deus Madureira, e em vários outros órgãos.Iderci Soares recebendo das mãos do vereador Raimundo Nonato o título de Cidadão.

Seu Iderci é filho do senhor Cândido Soares e dona Aurea Francisca, nasceu dia 29 de julho na cidade de Goiatuba-Goiás, casou-se com Sebastiana Divina de Souza no dia (11) de outubro 1962 e dessa união tiveram seis (6). Arrojado e destemido o homenageado sempre foi considerado exemplo.

O ex-vereador Josafá Rodrigues lembrou do passado de Iderci. Sorrindo, falou do carro fiat (147) que ele andava, de uma botina suja de barro e era dono de um chapéu empoeirado que sempre usava, do sol caloroso das campinas, mostrando a força do trabalho no campo. “É um título mais que merecido”, disse.

O ex-prefeito Osvaldo de Souza Lima, explicou que o Iderci Soares o ajudou muito na época da sua administração e relata que tirou dinheiro no banco para emprestar, na tentativa de ajudar a prefeitura. “Naquela época era muito difícil, ele ariscou, mesmo correndo risco de não receber, comprou a patrol para prefeitura trabalhar, depois emprestou o caminhão pipa para acabar a poeira da cidade, porque na época não tinha asfalto. Teve uma vez que foram comigo (11) fazendeiros cobrar do governo em Brasília, o Iderci era o cabeça da turma”, concluiu Osvaldo.Ex-prefeito Enoque Souza disse que é um grande admirador dos homenageados por acreditar numa Palmeirópolis melhor, revelou que animou para colocar Iderci como seu vice, mais ele não aceitou. “Palmeirópolis deve muito a você Iderci, conheço a sua história”, disse.O homenageado Iderci Soares radiante disse que, quando recebeu o convite logo perguntou se era em comum acordo com os demais vereadores. “Quando soube que foi por unanimidade aceitei e por onde tenho passado, o povo faz elogios, e diz o quanto nosso município é rico, um dia eu bati na mesa e pedi a rede de energia para Palmeirópolis e o prefeito Osvaldo conseguiu, na época usava motor.  Aqui é uma cidade que compensa morar, estou muito feliz e finalizou dizendo, “a maior riqueza que eu tenho é a minha família”.

Pastor Belto como genro representando a família elogiou e disse que seu Iderci é um exemplo de homem, sempre com a casa cheia, “estou emocionado por este momento de falar desta pessoa digna. Ele é daqueles que os netos deitam no colo, ele cuida, é carismático, somos gratos a Deus por esta casa de leis e a esta cidade”, explicou.

O ex-vereador Alex Martins falou da importância de homenagear Nilson Rodrigues e não poderia deixar passar sem deixar de pedir este título. “Foi um homem que fez um grande trabalho neste município, temos que reconhecer, estou feliz por meu pedido ter sido aceito mesmo não sendo vereador”, explicou.O prefeito de Palmeirópolis Fábio Vaz ao usar a tribuna falou que é importante homenagear as pessoas em vida, aquelas que fizeram muito pelo município. Os prédios públicos não podem fazer isso, mais a Câmara pode dar o título de cidadão a pessoas em vida. “Seu Iderci vem escrevendo uma página importante na história desta cidade, é merecedor, o nome dele faz parte da galeria de nomes aqui da Câmara, isso nos honra muito”.Em seguida elogiou o vereador Nilson Rodrigues, “um desbravador de Palmeirópolis, qualquer canto desta cidade sabe dos esforços do seu Nilson no município. Foi dono de lavouras de melão quando ninguém acreditava que melão produzia no calor, depois abobora, maracujá em seguida bananas. A honraria é muito justa, em momento difíceis da cidade seu Nilson esteve lutando”, concluiu o prefeito.Ex-vereador Alex Martins entregando o título de cidadão Palmeiropolense à Nilson Rodrigues.

Ficou consedido o título de cidadão Palmeiropolense ao vereador Nilson Rodrigues do Nascimento, empresário, vereador por 3 mandatos, residente no município a mais de 25 anos. Ele teve um trabalho prestado a população no âmbito empresarial, levando o nome de Palmeirópolis e dando o título de “A princezinha do Sul”. Nilson Rodrigues ajudou no crescimento do município.Vereador Nilson Rodrigues acompanhado do prefeito Fábio Vaz, da sua esposa Maria de Fatima Alves, da enteada Joneide Alves, na qual também fez uma homenagem, e da vice-prefeita Josemir Bastos.

O vereador Nilson Rodrigues, ficou muito emocionado e chorou quando sua enteada Joneide Alves Vieira, lhe fez uma linda homenagem surpresa. Ela fez elogios e confessou que sempre foi fã da pessoa do vereador e depois por considência ele se tornou seu padrasto,”sou grata a Deus por isso”, disse emocionada.Vereador homenageado Nilson Rodrigues e sua enteada Joneide Alves

No final do evento a Câmara ofereceu um delicioso lanche aos convidados.

Da redação

Comissão de defesa do consumidor debaterá taxas de água e esgoto cobradas pela BRK

A BRK vem desobedecendo as determinações da legislação estadual.

A Comissão de Administração, Trabalho, Defesa do Consumidor, Transporte, Desenvolvimento Urbano e Serviço Público, a pedido do deputado Osires Damaso (PSC), vai realizar no Plenarinho, no próximo dia 12, às 9 horas, audiência pública para debater possíveis cobranças abusivas por parte da BRK Ambiental.

Damaso lembra que durante seis meses da administração da BRK no Tocantins, na maioria das cidades do Estado, a empresa tem sido alvo de reclamações sobre o tipo de atendimento, valores exorbitantes da taxa de água e esgoto, entre outros pontos.

Na audiência será discutido também o percentual de 80% da taxa de esgoto cobrada sobre o valor da água por unidade consumidora. O percentual acima é cobrado pela empresa mesmo após a aprovação de um projeto do deputado José Bonifácio (PR) que dá autonomia aos municípios para regulamentar o serviço de água e determinar que a taxa de esgoto não ultrapasse 50% da tarifa de água. Mesmo após a lei ser sancionado pelo governador Marcelo Miranda (PMDB) no início de agosto a BRK vem desobedecendo as determinações da legislação estadual.

A Comissão de Defesa do Consumidor convidou para o debate o superintendente do Procon, Nelito Vieira; o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins, desembargador Eurípedes Lamounier; o presidente da OAB-TO, Walter Ohofugi; o presidente da Associação Brasileira de Supermercados, João Sanzovo Neto; a secretária estadual de Meio Ambiente, Luzimeire Carreira, entre outros.

Elpídio Lopes
Foto: Clayton Cristus

Prefeitos devem retornar à Brasília em busca de benefícios aos Municípios; Mobilização ocorre dias 12 e 13 de dezembro

Gestores se mobilizam para garantir auxílio financeiro concedido pela Presidência da República e votações favoráveis às matérias municipalistas em tramitação no Congresso Nacional.

Prefeitos e prefeitas de Tocantins deverão se juntar aos milhares de gestores municipais de todo o Brasil para mais uma mobilização em Brasília, prevista para ocorrer dias 12 e 13 de dezembro.

Mobilizados pela Associação Tocantinense de Municípios (ATM), os chefes do executivo municipal buscarão garantir o Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) no valor de R$ 2 bilhões a ser distribuído às prefeituras brasileiras neste fim de ano, além de articular com deputados federais e senadores a aprovação de matérias de interesse municipalista em tramitação no Congresso Nacional, como o aumento de 1% no Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Reforma da Previdência, Precatórios, entre outras proposituras prioritárias do movimento.

Desde o início do ano, tem sido recorrente a presença massiva dos prefeitos de todo o Brasil na capital federal, cujo ápice maior dos encontros se concentra na Marcha a Brasília.

O evento é organizado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), com o intuito de apresentar as demandas municipalistas e sensibilizar os poderes em Brasília sobre o desequilíbrio financeiro que assola boa parte das prefeituras, motivado principalmente por decisões e medidas tomadas no centro do poder brasileiro.

União

“A união dos prefeitos de todo o país em Brasília, motivada pela defesa de interesses dos Municípios, tem conseguido alcançar bons resultados. Os representantes do executivo, legislativo e judiciário federal tem se sensibilizado cada vez mais com a triste realidade que enfrentam as cidades brasileiras, cada vez mais sobrecarregadas de demandas e obrigações, enquanto os recursos destinados às prefeituras sofrem constantes quedas”, afirma o presidente da ATM, prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, que convoca os gestores municipais de Tocantins a estarem presentes e unidos na capital federal.

Pautas

Segundo a CNM, organizadora da mobilização, as pautas que serão defendidas em Brasília referem-se ao auxílio financeiro garantido pelo presidente Michel Temer na última mobilização de prefeitos ocorrida em novembro deste ano.

A presidência da República se comprometeu em repassar o auxílio no valor de R$ 2 bilhões, a ser distribuído a todos os Municípios. “Mais do que a garantia, queremos de fato o auxílio nos cofres municipais, ainda este ano, pois há compromissos pendentes em muitas prefeituras”, frisa Mariano.

Além disso, os municipalistas pedem aprovações favoráveis às matérias municipalistas em tramitação no Congresso Nacional, como a Proposta de Emenda à Constituição que aumentará em 1% o FPM de setembro, a dilatação do prazo de pagamento dos Precatórios, que tem sequestrado recursos dos cofres municipais nos últimos anos, entre outras demandas.

Programação

A ATM destaca que no dia 12 de dezembro é o dia “D” da mobilização de prefeitos em Brasília, quando serão realizadas audiências na Presidência da República, no Congresso Nacional e Tribunal de Contas da União (TCU). O dia 13 de dezembro é reservado reunião do Conselho Político da CNM, quando participarão apenas presidentes das entidades municipalistas dos Estados, na sede da Confederação.

Anote

Quê: Mobilização de Prefeitos em Brasília

Quando: 12 e 13 de dezembro

Onde: Palácio do Planalto, Congresso Nacional, TCU e sede da CNM, em Brasília – DF.

Público-alvo: prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais e servidores — 

Associação Tocantinense de Municípios – ATM
 
 

Padrasto é preso suspeito de estuprar e engravidar enteada de 12 anos em Goiás

Segundo a PM, crime foi descoberto pela mãe da vítima devido às mudanças no corpo da menina.

Um homem de 30 anos foi preso suspeito de estuprar a enteada, de 12 anos, em Senador Canedo. Segundo a polícia, a adolescente está grávida dele. A hipótese é que os abusos aconteciam há mais de um ano.

A Polícia Militar informou que o homem morava com a mãe da vítima na Região Metropolitana de Goiânia. O crime só foi descoberto após a mãe perceber as mudanças no corpo da menina devido à gestação.

Pressionada, ela relatou os abusos que aconteciam dentro da casa. “Ela contou que foi seduzida por ele e ficou mantendo esse relacionamento durante esse período, mas como é criança, não tem como se posicionar”, disse o tenente Daniel Resende.

De acordo com a PM, quando a mãe da vítima descobriu o crime, expulsou o suspeito de casa. Porém, o homem ainda a ameaçava. A polícia, então, foi acionada. O suspeito foi encontrado próximo à residência da adolescente e disse que estava tentando uma reconciliação com a mãe.

A corporação disse que o suspeito confessou o crime. “Ele disse que morava com a mãe, mas que com o tempo, começou a se envolver com a filha, se sentir atraído por ela. Ele fala com uma certa naturalidade, como se fosse algo normal”, disse o tenente da PM.

Ele foi levado para a Delegacia da Mulher de Goiânia e autuado por estupro de vulnerável.

 G1 Goiás

Investigação aponta que jovem encontrada perto de lixão no Tocantins foi morta por vizinho

Suspeito passou cerca de 40 vezes na frente da casa da vítima um dia antes do crime. Após quebra de sigilo telefônico, delegada verificou que rapaz tinha paixão não correspondida pela mulher.

A polícia identificou o suspeito de ter matado a jovem Taísa Ribeiro, 24 anos, em Paraíso do Tocantins. Ela desapareceu em novembro e foi encontrada quatro dias depois perto de um lixão. Conforme a delegada Raimunda Bezerra, o suspeito é o mesmo que aparece pulando o muro da vítima na noite em que ela desapareceu.

O crime foi supostamente cometido por um vizinho que tinha uma paixão não correspondida pela vítima há pouco mais de um mês. “Um dia antes de ela desaparecer, ele passou de 30 a 40 vezes na frente da casa dela, indo e voltando”, afirmou a delegada. A vítima pode ter sido morta por asfixia, pois não foram encontradas marcas de violência no corpo.

A delegada revelou que as imagens não mostram o suspeito entrando na casa de Taísa, o que sugere que ele entrou por outro local. “O exame pericial constatou que ele só pulou para sair, ou seja, estava no local e possivelmente entrou pelo fundo.

Mas o muro na parte de trás e bem alto e tem apenas uma brecha que dá na casa em que o suspeito morava. Segundo testemunhas, era comum ele pular e ficar vigiando ela.” 

Inicialmente, a polícia investigava dois ex-companheiros da mulher e um terceiro sujeito com quem ela tinha marcado um encontro no dia que desapareceu.

Porém, as suspeitas foram descartadas depois que a delegada conseguiu quebrar o sigilo do telefone da vítima. “De toda forma foi um crime passional, um feminicídio”, comentou.

As investigações foram feitas pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Paraíso do Tocantins.

A delegada Raimunda Bezerra pediu a prisão do suspeito, que tem 24 anos, e diz que ele possuía histórico de violência doméstica.

“Ele tem um problema, ficou vários dias na UTI após um acidente e devido a esse amor não correspondido ficou mais introspectivo e depressivo. É uma pessoa sem residência fixa, rejeitado pela família.”

Entenda

Câmeras de segurança de um comércio registraram os últimos momentos de Taísa Ribeiro, 24 anos, antes de desaparecer. O corpo dela foi encontrado no dia 23 de novembro próximo de um lixão, após a jovem ficar quatro dias desaparecida em Paraíso do Tocantins.

As imagens são da madrugada de domingo (19) e mostram a mulher saindo de casa e sendo seguida por um homem. Conforme a Polícia Civil, a vítima sumiu depois de marcar um encontro por meio de um aplicativo de celular. 

A mulher deixou três filhos de 5, 7 e 11 anos. 

G1 Tocantins

Bombeiros arrombam apartamento para combater fogo causado por ferro de passar

Princípio de incêndio foi em um residencial no centro de Palmas. Além do equipamento, fogo destruiu tábua usada para passar e algumas roupas.

Um ferro de passar esquecido na tomada causou um incêndio em um apartamento na tarde desta quarta-feira (6) na quadra 304 Sul, em Palmas.

A fumaça provocada mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros e eles precisaram arrombar o apartamento, no 7º andar de um residencial, para combater as chamas. Ninguém ficou ferido.

Segundo os bombeiros, a hipótese é de que o equipamento tenha sido esquecido ligado na tomada.

Além do ferro, o fogo queimou a tábua de passar, que era de madeira, e algumas peças de roupa. Por medida de segurança, os elevadores do prédio foram isolados.

O Corpo de Bombeiros alertou para os cuidados com acidentes domésticos. A recomendação é para que o aparelho seja desligado se surgir algum imprevisto enquanto o morador estiver passando roupas.

“Geralmente quando a pessoa está passando roupa e algo faz que com ela desvie a atenção, o ferro fica ligado em cima da tábua. Desta vez foi apenas um susto, mas se não tivéssemos sido acionados a tempo o prejuízo poderia ser maior”, explicou o capitão Douglas Brito.

G1/Tocantins