Mauro Carlesse disse que não esperava que a cassação ocorresse e afirmou que escalará a própria equipe de governo: “não deixará o Estado como está”.

Surpreendido com os rumos da administração do Tocantins, que teve o governador e vice cassados pelo TSE ontem, 22, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual e pré-candidato ao governo Mauro Carlesse (PHS) alterou os compromissos políticos que tinha para este fim de semana e desembarcou no Aeroporto de Palmas na manhã desta sexta-feira, 23, para se inteirar da situação.

Na ocasião Carlesse concedeu entrevista coletiva à imprensa que o aguardava no local e afirmou que está esperando ser notificado para poder assumir a cadeira no Palácio Araguaia. “Eu estava acompanhando o processo, mas não esperava. Como ele (Marcelo Miranda) já havia sido absolvido outras vezes, achei que ele seria absolvido novamente. De qualquer maneira aconteceu, estou aguardando ser comunicado para assumir o governo”, esclareceu o deputado.

Cauteloso, Carlesse não deu muitos detalhes, mas já adiantou que deverá administrar o Estado com um time escalado por ele. “Com certeza vou montar minha equipe. Mas estou esperando notificação e a partir daí estaremos preparando a equipe que vai me ajudar a governar esse Estado. Depois de notificado comunicarei os planos de gestão. Gostaria de falar só depois porque primeiro vamos aguardar a notificação, vamos comunicar a imprensa e estar colocando as pretensões que temos para o Estado”, disse, durante coletiva. 

Carlesse, que segue para reuniões na Assembleia Legislativa nesta tarde, reforçou que prefere respeitar o andamento dos fatos, mas adiantou que pretende recuperar a situação econômica do Tocantins.

“Hoje vou para a Assembleia continuar meu trabalho como deputado da Casa. Até por respeito ao governo. De todo modo ele ainda é o governador. Assim que assumir, em uma semana quero saber a situação do Estado, aí sim estarei colocando para a população a real situação que o Tocantins está vivendo, até porque os nossos projetos talvez terão que sofrer alguma modificação porque realmente não sabemos como estão as contas do Estado”, ponderou. 

“A sociedade pode esperar o melhor, eu sou empresário, mas entrei na política para fazer a diferença e eu tenho certeza que nós vamos mudar esse estado de forma positiva. É para isso que me proponho. Não estaria aqui para deixar como está. O estado é viável, eu acredito nesse estado e no povo também. Temos bons projetos para o Tocantins”, assegurou o parlamentar.

Na ocasião, Carlesse afirmou ainda que pretende dar continuidade aos projetos de coparticipação nos municípios. “O municipalismo é o meu sonho. Queremos que os municípios tenham voz e sejam respeitados e tenham condições de viver uma vida melhor, para que a população sinta isso muito rápido. A partir do momento que a população participa da gestão eles também estão organizando as suas situações de vida”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here