terça-feira, janeiro 18, 2022

Últimas Notícias

Tocantins confirma três casos da variante H3N2 e teme lotação nas unidades de saúde

A nova variante já ocasiona surto em vários estados do Brasil.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-TO) informou que três casos de H3N2, variante da influenza A, foram registrados em Palmas e emitiu alerta aos demais municípios para aumentarem as medidas de prevenção e vigilância da doença.

Em documento encaminhado aos 139 municípios, a SES relata a ocorrência de casos de influenza sazonal no Estado e chama atenção dos gestores para a maior incidência no período chuvoso.

O alerta é devido a casos de surtos que estão ocorrendo em outros Estados que podem ocasionar lotação nas unidades de Saúde.

Os técnicos da SES-TO reforçam as medidas de prevenção para os grupos mais vulneráveis como idosos, crianças, gestantes e pessoas com alguma comorbidades, que podem apresentar um risco maior de desenvolver complicações devido à doença. A melhor maneira de se prevenir é com a vacinação anual.

Os casos

O cenário epidemiológico da Influenza no Estado do Tocantins não apresentava casos confirmados até o final de dezembro de 2021. No entanto, na semana epidemiológica 51 houve a confirmação de três casos de influenza A (H3N2), de residentes do município de Palmas: 01 caso com histórico de viagem ao Estado de São Paulo, 01 caso de vínculo familiar ao caso anterior e 01 caso sob investigação de contato.

O gerente das Doenças Transmissíveis da SES-TO, Rhonner Uchôa, reitera o alerta aos profissionais atuantes nos serviços de saúde para que fiquem atentos ao monitoramento dos prováveis casos de gripe/Influenza nas pessoas de todas as idades, especialmente naquelas que apresentem sinais de agravamento.

“Todos os pacientes com Síndrome Gripal (SG) e com condições/fatores de risco devem ser orientados a retornar ao serviço de saúde para revisão do quadro clínico, quando deverão ser reavaliados quanto aos critérios de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou outros sinais de agravamento”, disse.

A diretora do Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen/TO), Jucimária Dantas, explica que, de acordo com recomendações do Ministério da Saúde (MS), a investigação para Influenza é realizada por meio do teste de RT-PCR – painel para vírus respiratórios, exclusivamente em amostras de pacientes com SRAG hospitalizados (Síndrome Respiratória Aguda Grave).

“Outra forma de monitoramento da circulação viral é a seleção/coleta de cinco amostras semanais de casos de SG (Síndrome Gripal) atendidos nas duas unidades sentinelas no Estado do Tocantins – UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Norte e Sul, do município de Palmas”, disse.

Rhonner Uchôa ainda informa que não há indicação do uso da vacina como bloqueio vacinal de contatos de casos de Influenza, e que a mesma foi liberada para população geral desde julho de 2021, estando disponível nas Unidades Básicas de Saúde.

Dados de Influenza no Tocantins

Em 2020, o Tocantins registrou 22 casos de H1N1, 01 caso de H3N2 e 25 casos de Influenza B. Já em 2021 foram confirmados 03 casos de H3N2 no município de Palmas e outros casos continuam em investigação.

Medidas de prevenção

• Higienização frequente das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento;

• Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

• Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;

• Higienizar as mãos após tossir ou espirrar. No caso de não haver água e sabão, usar álcool gel;

• Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

• Não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

• Adotar sempre a etiqueta respiratória;

• Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de Influenza;

• Manter os ambientes bem ventilados;

• Evitar sair de casa em período de transmissão da doença;

• Evitar aglomerações e ambientes fechados (procurar manter os ambientes ventilados);

• Intensificar ingestão de líquidos;

• Usar máscaras.

AF Notícias.

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.