quinta-feira, agosto 18, 2022

Últimas Notícias

Por votos, aliados de Dilma propõem plebiscito e novas eleições

Articuladores da presidente afastada começaram a fazer sondagens na quinta-feira (2), diz jornal

Os aliados da presidente afastada DIlma Rousseff têm proposto plebiscito e novas eleições na tentantiva de reverter votos do processo de impeachment no Senado. De acordo com o jornal O Globo, a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) e o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), têm feito as propostas em conversas com senadores.

O plebiscito sobre a interrupção do mandato de Dilma seria realizado em outubro desde ano, junto às eleições municipais. Depois, seriam realizadas eleições em 90 dias, com mandato tampão de dois anos, sem possibilidade de reeleição, além de uma Constituinte exclusiva.

“Com essa proposta poderemos ter muitos votos e a presidente Dilma ter uma saída como ela merece. Com esse Congresso ninguém pode fazer qualquer reforma, nem Jesus Cristo. A Constituição de 88 engessa tudo e inviabiliza o País. Com pequenas, mas profundas mudanças tudo pode ser resolvido. Os deputados não querem votar nada com medo das urnas, por isso a Constituinte exclusiva seria a solução”, afirmou Kátia Abreu, que tem promovido reuniões entre Dilma e senadores.

Para os governistas, as propostas são uma tentativa “desesperada” para que senadores que querem votar contra o impeachment ganhem argumentação para justificar a posição. “Constitucionalmente só o Tribunal Superior Eleitoral pode decidir sobre novas eleições. Isso não depende de Dilma. Plebiscito foi um discurso criado pela Rede para dar discurso aos senadores que estavam acanhados de votar contra a presidente Dilma. Tentaram alavancar uma ideia de antecipar eleições, mas nada disso tem amparo legal, só discurso”, afirmou o senador Ronaldo Caiado.(fonte:notícias ao minuto)

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.