quarta-feira, agosto 10, 2022

Últimas Notícias

Homem é preso ao utilizar perfil “fake” e divulgar fotos íntimas de adolescente em Anápolis

Segundo a Polícia Civil, a vítima relatou que acreditava que estaria conversando com outra adolescente e houve troca de fotos íntimas.

A Polícia Civil prendeu um homem de 29 anos investigado pelos crimes de armazenamento e divulgação de fotografias íntimas de uma adolescente de 13 anos em Anápolis. De acordo com as investigações, o suposto autor com um perfil “fake” em aplicativo de mensagens trocava conteúdos pornográficos se passando por uma adolescente em conversas com a vítima. O mandado de prisão preventiva e de busca e apreensão foi cumprido na quarta-feira (27).

“Ela relatou que acreditava que estaria conversando com uma adolescente, mas depois decidiu de deixar de bater papo e trocar fotos íntimas. Porém, a outra pessoa, no caso o autor, não gostou da situação e como represália divulgou as fotos da menor nas redes sociais”, afirma o delegado Danilo Mattos, titular da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai).

Investigação

De acordo com a Polícia Civil, as investigações foram iniciadas em meados de julho quando os familiares da vítima tomaram conhecimento sobre os fatos e procuraram a Polícia Civil. Durante os levantamentos, foi possível identificar que a pessoa que estaria conversando com a vítima se tratava de um maior de idade.

“O indivíduo é investigado por em tese ser o responsável por receber, armazenar as fotografias da vítima e depois compartilhar nas redes sociais”, comenta Danilo.

Apreensão

Conforme prevê a lei, o simples fato de armazenamento desse tipo de conteúdo, já se configura crime. No mandado busca e apreensão foram localizados dispositivos eletrônicos na residência do investigado, os quais serão submetidos à perícia.

“Foram apreendidos celulares, pen-drives, computadores e outros objetos que possam armazenar eventuais fotografias íntimas de crianças e adolescentes. Os objetos serão encaminhados à perícia para verificar se há conteúdo pornográfico”, explica o delegado.

De acordo com o delegado, o suposto autor foi encaminhado ao Presídio Municipal, permanecendo à disposição do Poder Judiciário.

“É importante que os pais e responsáveis comuniquem-se com seus filhos para que não ocorra o risco dessa exposição dos menores em redes sociais”, conclui o titular da Depai.

Mais Goiás.

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.