terça-feira, agosto 16, 2022

Últimas Notícias

Chuvas em junho surpreendem moradores de várias cidades do Tocantins

Segundo meteorologista, enfraquecimento da massa de ar quente e entrada de umidade de outros estados no Tocantins causam as pancadas de chuva.

O período de estiagem do Tocantins já começou, mas em alguns municípios das regiões norte e extremo-norte do estado, houve o registro de chuvas durante o fim de semana e também nesta segunda-feira (13).

Moradores de Araguaína, Itapiratins, Miracema, Goiatins e outras cidades fizeram imagens de temporais, que de acordo com o meteorologista e professor da Unitins, José Luiz Cabral, são normais para o mês de junho.

Elas são causadas por massas de umidade que deixaram os estados do Pará e Maranhão e devem percorrer as regiões do Tocantins neste mês.

“O que está acontecendo hoje é que temos muita zona de instabilidade no sudeste do Pará e com chuvas, principalmente no final de semana, no centro-sul do Maranhão, e essa umidade entra. Então, o que é característico da nossa região é que uma massa de ar seca predomine sobre todo o Tocantins e a partir do momento em que ela está estabelecida, fica modulando. Nesse momento temos o enfraquecimento dessa massa de ar quente seca, que está permitindo a entrada de umidade, e essa umidade, associada ao calor destes últimos dias pode produzir chuva, como está produzindo na região de Campos Lindos. Nesse momento já deve estar chovendo na região do Jalapão e tem muita nebulosidade aqui no município”, explica Cabral.

O meteorologista também ressalta que há possibilidade de pancadas de chuva na capital para os próximos dias.

“Até temos quinta-feira (16) devemos ter muita variação na nebulosidade na região centro-norte do estado e, inclusive, aqui em Palmas podemos ter chuva rápida devido ao forte calor e umidade”, completa.

Alerta do Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou um aviso de chuvas para a região do Bico do Papagaio, com alerta de perigo em potencial, que começou às 11 horas desta segunda-feira (13) e termina às 10h de terça-feira (14).

Conforme o órgão, podem ocorrer chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia e ventos intensos, de 40 a 60 km/h. O alerta também inclui chuvas nos estados do Pará e Maranhão, em regiões que fazem fronteira com o Tocantins.

O Inmet ainda dá orientações em caso de temporais, em que não se deve procurar abrigo debaixo de árvores ou estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Também é importante evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada e em qualquer ocorrência, acionar a Defesa Civil (199) ou Corpo de Bombeiros (193).

g1 Tocantins.

Últimas Notícias

spot_imgspot_img

Não deixe de ler

RECEBA NOSSAS NEWSLETTERS

Quer ficar informado em primeira mão? Se cadastre na nossa Newsletter e receba o Mapa da Notícia no seu e-mail.