Os moradores continuam na estrada em protesto e pretendem ficar por tempo indeterminado, até que tenha uma resposta do Estado, ou de autoridades competentes.

Disseram que a manifestação é para evitar que mais famílias morram, “é a forma de sensibilizar as autoridades, mudar o local para não matar nossas famílias, tirar agente desta sentença de morte se não for ouvindo vamos trazer as maquina da pedreira e começar a cavar e acabar com estrada, não é uma movimentação política é o partido da vida, não queremos que isso aconteça mais com ninguém”. Disse um morador.

O único veículo que passa no local é a ambulância. Ônibus não entram nem saem, os passageiros tiveram que pegar “carona “, para chegar em casa. Já quem vai para outros estados estão parados sem poder sair. Caminhão, carregado de mercadorias, Correios sedex e outros veículos também estão parados na barreira.

Vários acidentes já aconteceram no na curva, conhecido como “Apertado da Hora”. Ontem pela manhã os dois ocupantes do veículo não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Segundo informou o IML, uma das vítimas é Rosiel da Silva Costa, de 24 anos. A outra ainda não foi identificada. Eles vieram do Pará trazer madeira para as casas da prefeitura de Palmeiropolis.

A perícia vai investigar as causas do acidente. O laudo deve ficar pronto em algumas semanas. A suspeita inicial é que o caminhão tenha apresentado problemas mecânicos, na descida da ladeira.

Conforme a PM, as marcas de freada na pista indicam que o motorista tentou parar o veículo, mas os freios falharam.

Leia mais

“Pedindo socorro” moradores de Palmeirópolis bloqueiam estrada em protesto pelos acidentes com mortes

IMG-20160518-WA0022
Manifestantes continuam ocupando a rodovia

A manifestação continua e logo voltaremos com mais informações

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here