Vendaval destrói casas, órgãos públicos e comércio em Porangatu nesta sexta (8)

Um vendaval de grande proporção atingiu a cidade de Porangatu na noite desta sexta-feira, 08. O terminal rodoviário da cidade ficou parte destruído, assim como diversos comércios, casas  e postos de combustíveis. Moradores relatam momentos em que houve chuva de granizo.

Com a rodoviária interditada pelo Corpo de Bombeiros, o embarque e desembarque de passageiros está ocorrendo no Posto Presidente, na rua 2, ao lado da BR-153.

A tempestade que durou mais de 2 horas também derrubou uma torre de rádio, no centro de Porangatu, e atingiu casas próximas à emissora. As  famílias atingidas pela queda da torre foram abrigadas em um hotel pela Rádio Tropical.

Abrigos

Para abrigar pessoas que foram diretamente impactadas pelo temporal, a Prefeitura disponibilizou a Escola Municipal Jesuíno Gonçalves, (antigo Maria das Graças), na Vila Barros.

Impactos no fornecimento de água e luz

De acordo com a ENEL, o temporal causou danos na rede elétrica do município, devido à queda de árvores. Uma equipe foi acionada para realizar os reparos de forma imediata.

A interrupção de energia também afetou o serviço da Saneago. “O abastecimento público será normalizado gradualmente após o restabelecimento do sistema elétrico pela concessionária de energia”, afirmou em nota a empresa.

NOTA DA RÁDIO TROPICAL FM

A direção da Rádio Tropical FM de Porangatu vem a público se solidarizar com as famílias e empresas atingidas pelo temporal acompanhado do forte vendaval na noite desta sexta-feira (08). Várias casas e estabelecimentos comerciais, incluindo a emissora foram afetados.

A torre da emissora sofreu danos durante a ventania, indo a solo e atingido casas próximas. Diante disso, a direção acionou os bombeiros militares para fazer o levantamento e, pela Graça de Deus, ninguém se feriu.

De imediato, a direção se colocou à disposição das famílias disponibilizando todo o suporte e hotel para alojá-los. Será feito os devidos levantamentos dos danos físicos para também ressarcir os prejuízos arcando com as devidas despesas.

O momento é de muita preocupação, mas também é de muita gratidão a Deus porque ninguém se feriu e os danos materiais serão ressarcidos com muito trabalho e solidariedade ao povo porangatuense que há mais de 40 anos abraçou a Rádio Tropical.

Fonte: onortedegoias

Deixe um comentário