Quatro pessoas ficaram feridas no acidente e duas delas precisaram de cirurgias. Condutor tinha deixado o local para pedir socorro de ambulâncias e depois não foi mais visto.

O grupo de ciclistas que foi atropelado enquanto descansava às margens da TO-070, entre Dueré e Formoso do Araguaia, informou que foi procurado nesta segunda-feira (13) pelo motorista envolvido no acidente.

O atropelamento foi na noite do último sábado (11) e o condutor ainda não tinha se apresentado.

De acordo com o grupo, o motorista se colocou a disposição e disse que vai prestar toda a assistência necessária. As famílias das vítimas devem registrar o boletim de ocorrência ainda nesta segunda.

Duas das quatro pessoas atropeladas seguem internadas. Uma delas é a enfermeira Kalina Oliveira, de 24 anos. Ela quebrou a tíbia esquerda, deslocou o ombro e ainda aguarda cirurgia no Hospital Regional de Gurupi.

A outra é a comerciante Girlene Mota, de 37 anos, que sofreu cortes profundos nas pernas. Ela está em um hospital particular, se recuperando de uma operação.

A vítimas informaram que o grupo era composto por cinco pessoas, mas que uma delas estava mais distante e por isso não foi atingida. Eles tinham parado a aproximadamente três metros da pista para recuperar o fôlego.

Segundo os ciclistas, o carro estava desgovernado e por isso invadiu o acostamento e os atropelou.

O local onde o acidente aconteceu não tem sinal de telefone. As vítimas disseram que na hora em que tudo aconteceu o condutor do veículo disse que iria até a cidade para chamar o socorro.

Ele não tinha sido mais visto depois deste momento. Ambulâncias apareceram na estrada logo em seguida. Imagens registradas pelos ciclistas mostram as bicicletas danificadas no chão ao lado da estrada.

A Polícia Militar informou que não foi acionada e por esse motivo não registrou a ocorrência. Familiares das vítimas explicaram que todos foram levados diretamente ao hospital e que por isso ainda não registraram um boletim de ocorrência sobre o caso.

G1 Tocantins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here