Prefeita de Palmas alega disparidade na distribuição das vacinas.

São Luís se tornou a primeira capital do país a vacinar pessoas a partir de 18 anos sem comorbidades contra a covid-19 nesta terça-feira (22). Os dados são de um levantamento do G1, feito com base em informações das 26 capitais e do Distrito Federal.

O público-alvo representa a idade mínima apta a receber as doses da vacinas contra o novo coronavírus no país, segundo orientações do Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde.

A Prefeitura de São Luís informou que a taxa de vacinação da população adulta era de 80,01%, até a tarde dessa segunda-feira (21). São 732 mil moradores com mais de 18 anos na capital maranhense, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2020.

ENQUANTO ISSO EM PALMAS (TO)

Já a capital do Tocantins, Palmas, foi a última a iniciar a vacinação da população em geral e a imunização avança lentamente. Atualmente está sendo vacinada a população na faixa etária dos 50 anos. A prefeita Cinthia Ribeiro (PSD) culpa a disparidade na distribuição de doses entre as capitais.

Segundo a gestora tocantinense, Palmas recebeu o equivalente a 33% do total de habitantes – à frente apenas de Boa Vista (RR) e Macapá (AP), com 32% cada. Por outro lado, Vitória (ES) recebeu o equivalente a 78% de sua população, seguida das capitais mineira, Belo Horizonte (71%), e gaúcha, Rio Grande do Sul (70%).

“Significa dizer que, se Palmas tivesse recebido um quantitativo de doses equivalente a 50% da sua população de 306 mil habitantes, a esta altura, ao menos 107 mil palmenses já teriam recebido a primeira dose. Um terço da nossa população!”, afirma a prefeita. Cinthia enviou ofício ao ministro da Saúde solicitando o envio de remessa extra de 50 mil doses para reparar essa distorção e equiparar Palmas ao percentual médio das outras capitais.

SÃO LUIS

Desde o início da campanha de imunização contra a Covid-19, São Luís já aplicou mais de 700 mil doses de vacinas, segundo o ‘Vacinômetro’, ferramenta divulgada diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus). Desde o início da campanha de vacinação, a cidade já recebeu 725.021 doses.

Além de São Luís, os municípios de Paço do Lumiar e São José de Ribamar, localizados na chamada ‘Grande Ilha’, na Região Metropolitana, iniciaram a vacinação de pessoas a partir de 18 anos na segunda-feira (21).

O que provocou a aceleração?

O aumento da cobertura vacinal e a consequente aceleração da vacinação da população em São Luís foi possível após o envio de 300 mil doses extras de vacinas contra a Covid-19 pelo Ministério da Saúde, em 23 de maio, aos quatro municípios da Grande Ilha (São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa).

Isso aconteceu após a confirmação seis casos da variante indiana do coronavírus (Delta) em tripulantes do navio ‘MV Shandong da Zhi’, atracado a 50 km da costa maranhense.

AF Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here