HGP está realizando pesquisa com os servidores que apresentaram sintomas prolongados ou sequelas pós-covid-19 .

O Hospital Geral de Palmas (HGP), através do Núcleo de Atenção à Saúde e Segurança do Trabalhador – NASST, está realizando uma pesquisa com os servidores do HGP que apresentaram sintomas prolongados ou sequelas pós-covid-19. A pesquisa é feita por meio de um link disponibilizado para os trabalhadores e tem o objetivo de padronizar o rastreamento, tratamento e reabilitação dos casos de Síndrome Pós-Covid-19.

A Síndrome Pós-Covid trata-se de um termo utilizado para descrever os casos em que a pessoa foi considerada curada do quadro agudo da doença, mas continua apresentando alguns sintomas da infecção de forma crônica, por isso a síndrome está sendo classificada como uma possível sequela da Covid-19.

Segundo a enfermeira do Trabalho do NASST do HGP, Maria Vilma Zuzzi Sanches, apesar de inicialmente ter sido considerada uma infecção aguda do sistema respiratório, atualmente sabe-se do comprometimento multissistêmico e prolongado da Covid-19 em alguns indivíduos. “Segundo dados preliminares de estudos observacionais, estima-se que aproximadamente 10% dos pacientes com quadros leves e moderados de COVID-19 apresentam sintomas prolongados, que duram três semanas ou mais”, pontuou a profissional.

Ela explica ainda, que a partir das respostas da pesquisa é realizado atendimento com a médica do Trabalho do NASST e, posteriormente, se necessário, esse servidor será encaminhado para tratamento e reabilitação junto aos médicos especialistas do ambulatório do HGP, como também a realização de exames médicos.

Segundo a médica do trabalho Daiana Márcia de Melo Cruz, os sintomas mais comuns no pós-covid-19 são fadiga, dispneia, dor articular, desconforto torácico e tosse seca. “No entanto, há relatos de ampla variação de complicações e sintomas, incluindo múltiplos sistemas.”

O atendimento acontece nas terças-feiras no Ambulatório de Especialidades do HGP, conforme agendamento. E o link ficará disponível até o dia 31 de maio na plataforma do Google forms.

Secretária da saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here